Portugal conquista medalha de bronze no futebol de praia em Baku

Srdjan Suki / EPA

O português Bernardo Santos e o suíço Moritz Jaeggy na partida pela medalha de bronze do futebol de praia nos Jogos Europeus de Baku 2015

O português Bernardo Santos e o suíço Moritz Jaeggy na partida pela medalha de bronze do futebol de praia nos Jogos Europeus de Baku 2015

A seleção portuguesa de futebol de praia conquistou este domingo a medalha de bronze nos I Jogos Europeus, em Baku, após triunfo suado sobre a Suíça, com sustos e por tangencial 6-5.

Depois de uma fase de grupos em que a equipa de Mário Narciso recuperou de desvantagens de dois/três golos para vencer sempre (deu a volta a 2-4 com esta mesma Suíça para ganhar por 6-5), a equipa das quinas parecia que ia desperdiçar uma vantagem de 4-1, mas, quando se encontrou em desvantagem 5-4, Nuno Belchior teve arte para dar a volta e dar um merecido pódio a Portugal.

Recuperar animicamente do jogo da véspera – derrota imerecida, por 2-1, frente à campeã do mundo, a Rússia – foi um dos desafios da equipa que, quando parecia perder-se, soube unir-se no momento decisivo.

Portugal entrou empenhado em mostrar que a final de consolação era um erro – merecia lutar pelo ouro – e no primeiro período dispôs de várias oportunidades para alicerçar vantagem, porém cometeu os mesmos pecados de finalização da meia-final com a Rússia.

O desperdício apenas não apanhou Belchior que, deixado sem marcação, apontou o único golo do primeiro período (07 minutos).

No segundo tempo, a situação inverteu-se, já que a eficácia foi superior ao caudal de futebol apresentado, embora as distrações de marcação tivessem permitido dois golos na imediata resposta aos tentos lusos.

Bruno Torres (13), de cabeça, e Jordan Santos (21) e Alan (22), com remates defensáveis, levaram Portugal até aos quatro golos, mas com respostas intercaladas de Philipp Borer (13) e Sandro Spaccarotella (22), cujos fortes remates deixaram o resultado em 4-2 no final do segundo período.

A nove minutos do fim, com Portugal a pausar o ritmo de jogo, aparentemente controlado, o capitão Madjer facilitou na defesa e o seu alívio foi contra Moritz Jaeggy, com a bola a fazer chapéu perfeito a Elinton, adiantado.

Segundos depois, Bruno Novo cometeu falta para grande penalidade e Philipp Borer empatou, antes de Noel Ott, no minuto seguinte, colocar os helvéticos pela primeira vez em vantagem (5-4).

Quando as expressões dos lusos perdiam vigor, Belchior (31), de livre, empatou e segundos depois, de bicicleta, recolocou a equipa em definitivo na frente e colocou Portugal na rota da sua décima medalha nos Jogos Europeus, terceira de bronze.

Futebol365 / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …