Portugal com 76 novas mortes e 1.570 novos casos confirmados

Minsa

Portugal regista hoje 76 novas mortes atribuídas à covid-19 e mais 1.570 novos casos confirmados de contágios pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral de Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da DGS indica que estão internadas 3.284 pessoas, menos 300 do que na sexta-feira, dos quais 656 em unidades de cuidados intensivos, de onde saíram 13 doentes nas últimas 24 horas.

Desde 6 de janeiro, altura em estavam 3.293 pessoas no hospital com covid-19, que o número de internamentos não era tão baixo, e desde 17 de janeiro que não havia um número tão baixo de doentes em cuidados intensos. Nessa data, havia 647 doentes graves.

A tendência decrescente da pandemia continua a registar-se em todo o país. Comparando com os dados de há uma semana, Portugal tem este sábado menos 1 286 casos ativos, menos 1 566 internamentos, menos 147 doentes em Cuidados Intensivos e morreram menos 73 pessoas do que no passado sábado.

Por regiões, Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a zona mais atingida do País, com 776 novos casos, que representam 49% dos números globais. É ainda a zona com um maior numero de mortes (36).  Segue-se a região Norte com 369 novos infetados e 18 mortos e o Centro, com 214 novos casos e 13 mortos.

A Região da Madeira registou, este sábado, 99 novos infetados, sem nenhuma morte. No Algarve foram registados 84 novos infetados e 3 mortes. No Alentejo, há 31 infetados e 6 mortos. Nos Açores foram contabilizados 3 novos casos de covid 19.

O número de recuperados da doença volta a superar o de novos infetados: 5050 nas últimas 24 horas. Há assim uma diminuição do número de casos ativos no país, que são neste momento 83 526. Há uma semana, o número de casos ativos ultrapassava as cem mil pessoas.

Até agora, Portugal registou um total de 796 339 casos de covid-19, com 696 916 recuperados e 15 897 mortos.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus infetou 359.978 homens e 436.091 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 270 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 8.299 eram homens e 7.598 mulheres.  O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.