Porto vs V. Setúbal | Vislumbre de liderança tolda “dragão”

goalpoint-porto-setubal-liga-nos-201617-1068x522

O Porto foi claramente dominador, chegou a sufocar o V. Setúbal, mas a ânsia de chegar ao primeiro lugar tirou clarividência ao “dragão”.

O FC Porto não aproveitou o deslize do Benfica na Mata Real, no sábado, e também empatou, 1-1 em casa, ante o V. Setúbal. Os portistas dominaram por completo, empurraram os sadinos para a sua pequena área em vários momentos da partida, mas a ânsia de marcar e chegar à liderança acabou por afectar a eficácia ofensiva, em especial no segundo tempo – 11 remates, apenas dois enquadrados nesta fase.

O Jogo explicado em Números

  • Números curiosos no arranque. Mais Porto, com um “onze” ofensivo, 69% de posse nos primeiros dez minutos, mas nenhum remate. Ao invés, V. Setúbal com dois (ambos de fora da área), um deles enquadrado.
  • Aos 19 minutos Vasco Fernandes evitou o golo portista quase em cima da linha de golo, após remate de Brahimi. E por volta dos 25 os “dragões” já tinham dado a volta à estatística dos remates, com cinco, três deles enquadrados, com a curiosidade de três deles terem sido realizados pelo central Felipe (um apenas à baliza).
  • Aos 27 minutos, Marcano cabeceou à barra e, na confusão, Soares rematou e acertou em Bruno Varela, quando tinha tudo para marcar. Aos 32 foi André Silva a cabecear ao lado, sozinho, na pequena área sadina. O Porto apertava a malha aos visitantes e registava dez remates, cinco enquadrados, 72% de posse, e Bruno Varela tinha já realizadas três defesas.
  • Felipe já tinha, à sua conta, quatro disparos, um drible eficaz, 39 toques na bola (o máximo do jogo) e ainda quatro alívios.
  • Até que, já em período de compensação do primeiro tempo, Óliver encontrou Corona na direita, cruzou e o mexicano, de primeira, rematou para um grande golo.
  • Porto avassalador, por vezes a dar a ideia de precipitação no momento de finalizar, mas que Corona acabou por acalmar, já nos descontos do primeiro tempo. Os “dragões” remataram 12 vezes na etapa inicial, sete enquadradas, e dez de dentro da grande área contrária, o que mostra as fragilidades sadinas a defender.
  • Corona foi o melhor nesta fase, com um GoalPoint Rating de 6.8, fruto essencialmente do golo e de um passe para ocasião. Uma palavra para Felipe, com 6.2, pelos quatro remates, dois enquadrados, cinco de seis duelos ganhos e sete alívios.
  • O domínio do Porto intensificava-se no arranque do segundo tempo, com 74% de posse nos primeiros dez minutos. Porém, foi precisamente em cima do minuto 55 que o V. Setúbal empatou, com João Carvalho a isolar-se e a desviar a bola de Iker Casillas, no primeiro disparo sadino na etapa complementar.
  • Por volta dos 65 minutos o Porto registava três remates no segundo tempo, para um dos visitantes, para além de 66% de posse, e logo a seguir voltou a acertar no ferro, por André Silva. Por esta altura Bruno Varela somava cinco defesas, Brahimi nove recuperações de bola e quatro de sete dribles eficazes, mas uma ocasião flagrante desperdiçada penalizava o argelino.
  • A pressão portista aumentou, embora cada vez com menos clarividência. Pelos 80 minutos o Porto tinha nove remates no segundo tempo, apenas menos três que no primeiro, mas só um enquadrado, contra os sete da etapa inicial. O V. Setúbal era inofensivo nesta fase, mas apesar de muito recuado, foi aguentando graças ao pragmatismo dos centrais Venâncio e Cardoso, que juntos somavam 23 alívios – terminaram com 33 (!).

O Homem do Jogo

O jogo teve muito Porto e pouco V. Setúbal, o que permitiu aos laterais portistas integrarem-se bastante no ataque. É habitual ver Alex Telles nestas funções, e mais uma vez o lateral-esquerdo brasileiro esteve em destaque. Foi o melhor em campo nesta partida, com um GoalPoint Rating de 7.1.

Para além de um remate, fez três passes para ocasião, um para oportunidade flagrante, colocou a bola 18 vezes na grande área e tocou no esférico 108 vezes, o máximo na partida. Registou ainda cinco intercepções e três desarmes.

Jogadores em foco

  • Corona 6.9 – Fez um grande golo, de primeira, no seu único remate na partida. Fez ainda dois passes para ocasião, acertou um de dois dribles, um deles dentro da grande áreas (o único jogador a consegui-lo nesta zona do terreno).
  • Bruno Varela 6.8 – O guarda-redes foi o melhor dos sadinos. A pressão do Porto foi intensa, apesar de menos eficaz no remate na segunda parte, mas quando foi chamado a intervir esteve muito bem, com seis defesas, o máximo da jornada – cinco delas a remates na grande área.
  • Soares 5.8 – A nossa referência ao avançado brasileiro é mesmo para assinalar um facto impressionante. Foi o primeiro jogo com a camisola do Porto em que o brasileiro não marcou. Foi um dos mais rematadores, com quatro, três deles enquadrados (só André Silva teve mais, cinco), mas desperdiçou uma ocasião flagrante para marcar e perdeu 15 de 23 duelos disputados.
  • Marcano 6.7 – Esteve mais discreto do que o seu parceiro no centro da defesa, Felipe, que fez quatro remates, todos na primeira parte. Mas a defender esteve muito forte. Recuperou 11 vezes a posse de bola (máximo no jogo), ganhou nove de 13 duelos, realizou cinco alívios e três intercepções.
  • Brahimi 5.5 – Não se pode dizer que tenha estado discreto, mas foi pouco objectivo. Fez três remates, um enquadrado, e todos de dentro da área, e falhou uma ocasião flagrante. Teve sucesso em cinco de oito dribles, é certo, mas depois não registou qualquer passe para ocasião. Vale as 11 recuperações de posse, as mesmas de Marcano, e os quatro desarmes.

Resumo

goalpoint-porto-setubal-liga-nos-201617-ratings

2 COMENTÁRIOS

  1. realmente é de lamentar isto. nem a dar tempo a mais o FCP consegui dar a volta
    depois dizem que o Benfica é ajudado.
    quero ver o que diz o Bruno de Cravalho sobre isto. com certeza fica calado, mas se fosse o benfica, ja estava a criticar e a fazer queixas à arbitragem

RESPONDER

FMI admite: Troika não protegeu os pobres (e a culpa foi do Governo)

O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela 'troika' em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos …

Bebidas dietéticas podem levar ao aumento de peso

Uma vez anunciados como substitutos do açúcar, os adoçantes artificiais como a sucralose e o aspartame foram bem recebidos pelo público - até há pouco tempo. Recentemente, os investigadores começaram a olhar com crescente suspeita para …

Pedrógão: PGR não explica segredo de justiça, Governo optou por não levantar

Uma empresária de Lisboa fez, por conta própria, um levantamento do número de mortos vítimas do incêndio. No final, chegou ao número 73 que contrasta com os 64 oficiais avançados pelas autoridades. Dúvidas instaladas, pede-se …

China diz à Índia para retirar tropas e não abusar da sorte

A China avisou a Índia para não subestimar a sua determinação em salvaguardar o que considera território seu, numa altura de renovada tensão entre os dois países vizinhos, em torno de uma área disputada nos …

Revolta de pais com problemas nas matrículas obrigou à intervenção da polícia

Um protesto de pais contra as alegadas irregularidades nas matrículas na Escola Secundária Pedro Nunes, em Lisboa, por causa de supostas moradas falsas, obrigou a polícia a intervir para acalmar os ânimos. O relato do caso …

Operadoras de telecomunicações obrigadas a baixar preços ou a aceitar rescisões

A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) anunciou "medidas correctivas" às operadoras de telecomunicações Meo, Nos, Nowo e Vodafone, no sentido de baixarem preços aos consumidores ou de permitirem a rescisão de contratos sem custos adicionais. Segundo …

Israel substitui detetores de metais por videovigilância na Esplanada das Mesquitas

As forças de segurança israelitas estão a remover os detetores de metais instalados à entrada da mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém Oriental ocupada, noticia a Al Jazeera, que cita o diretor da mesquita. Israel começou a …

Afinal, Cristiano Ronaldo vai continuar no Real Madrid

O internacional português garantiu que vai continuar no Real Madrid, acabando com os rumores que diziam que iria sair do clube por estar insatisfeito com a forma como o Fisco espanhol o tem tratado. Em declarações …

Homem armado com faca ataca posto de fronteiriço espanhol de Melilla

O atacante, que estava armado com uma faca, atacou o posto fronteiriço a gritar "Alá é Grande". Provocou ferimentos ligeiros num polícia e acabou por ser detido. Um homem munido de uma faca atacou o posto …

Investigação desmente Governo e confirma queda de helicóptero no incêndio de Alijó

O Ministério da Administração Interna tinha negado a tese de queda de um helicóptero no combate a um incêndio em Alijó, mas o relatório que investigou o caso desmente o Governo e confirma o acidente, …