Porteira portuguesa entra na disputa pelas eleições municipais em Paris

Lourdes Rodrigues é porteira no 17.º bairro de Paris e vai entrar na disputa pelas eleições municipais na capital francesa para mostrar que ser porteira é um trabalho “como outro qualquer”.

Geoffroy Boulard, atual presidente da Câmara do 17.º bairro, pediu um encontro com Lourdes Rodrigues ou Loulou, como é carinhosamente conhecida por todos, para saber se esta estaria interessada em integrar a sua lista de recandidatura às eleições que decorrem a 15 e 22 de março.

“Pediu uma reunião comigo porque vê que eu sou uma pessoa que organizo eventos e estou sempre a juntar pessoas, mais do que a dividi-las. Trabalho como voluntária na delegação da solidariedade. Se eu faço isto aqui há tantos anos, dou tanto tempo, ele disse que também posso dar de outra maneira”, contou a porteira portuguesa aos jornalistas.

Lourdes Rodrigues aceitou o convite. Nos últimos anos, esta porteira tem vindo a ganhar destaque pelas iniciativas que organiza na sua rua e no seu bairro, especialmente a festa dos vizinhos — que acontece todos os meses e junta os vizinhos que raramente se cruzam um pouco em todos os bairros de Paris. No ano passado, juntou cerca de mil pessoas e tornou-se um evento de referência na capital.

“Vamos apresentar as nossas listas nas próximas semanas e no 17.º bairro vamos ter uma candidata portuguesa, que eu conheço há muitos anos e está muito envolvida no seu bairro. Está num lugar elegível. Para mim, é importante abrir a lista a personalidades que fazem muito pelos outros”, afirmou Boulard.

Boulard é um autarca de direita, afiliado com o partido Les Republicains e recandidata-se nas listas de Rachida Dati, candidata da direita à Câmara Municipal de Paris.

Como uma grande metrópole, Paris está depois dividida em 20 bairros e cada um tem um presidente da Câmara próprio, equivalente às juntas de freguesia em Lisboa. No entanto, a escala parisiense é muito maior. Só no 17.º bairro vivem quase 170 mil pessoas e o preço por metro quadrado chega a mais de 10 mil euros.

Para Lourdes Rodrigues, que não tem experiência política, esta é uma oportunidade também para mostrar outras facetas da sua profissão. “Ser porteira é um emprego como outro qualquer. Eu não me considero como aquelas porteiras de antigamente que tinham de se calar, não podiam dizer nada. No dia de hoje não é assim, sinto que é um emprego como outro qualquer. Até valorizo mais”, indicou Lourdes Rodrigues.

Caso seja eleita, a portuguesa quer promover a rede de porteiras solidárias, na qual tem vindo a trabalhar e apostar no embelezamento do seu bairro.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Paraministro" de Costa. Gestor independente chamado para negociar plano económico de retoma

O primeiro-ministro, António Costa, convidou o diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, para estudar o plano de recuperação económica. De acordo com o semanário Expresso, que avança a notícia na sua edição deste …

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …

Asteróide que dizimou os dinossauros atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível"

O asteróide que dizimou os asteróides e 75% de todas espécies à face da Terra há 65 milhões de anos atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível", concluiu uma investigação do Imperial College de …

O Sol pode ser fruto de um acidente galáctico entre a Via Láctea e uma galáxia anã

Uma pequena galáxia, chamada Sagitário, moldou a Via Láctea há milhares de milhões de anos: cada vez que passou perto da nossa galáxia, causou fortes explosões de formação estelar que podem até ter originado o …