Portas descarta candidatura a Lisboa e diz que Marcelo “está do lado certo das coisas”

Manuel de Almeida / Lusa

Paulo Portas, ex-vice-primeiro-ministro e ex-líder do CDS.

Paulo Portas quebrou o tabu e descartou ser o candidato da direita contra Fernando Medina em 2021. Quanto ao Presidente da República, realçou que Marcelo Rebelo de Sousa “está do lado certo das coisas”.

Paulo Portas não será o candidato da direita à Câmara Municipal de Lisboa nas eleições autárquicas de 2021. Em entrevista ao jornal Público, o antigo líder do CDS recusou o desafio: “Não! Lisboa, não”, disse, justificando a sua indisponibilidade com compromissos profissionais que “não se coadunam com ideias de candidaturas em 2021”.

Aliás, na entrevista que concedeu a Maria João Avillez, Portas referiu que voltar a ocupar cargos políticos não está, neste momento, no seu horizonte. “Mudei completamente de vida em 2016. Tenho muitos compromissos profissionais, que obviamente cumprirei; não se coadunam com ideias de candidaturas em 2021, que podem sensibilizar-me, mas não mudam a minha direção”, disse.

“Tudo na vida tem o seu tempo: fui candidato a Lisboa uma vez, porque o partido precisava absolutamente que o fosse, mas não sinto essa vocação autárquica 20 anos depois”, acrescentou.

Ao Expresso, em setembro, Miguel Poiares Maduro tinha lançado o nome do antigo vice-primeiro-ministro para a Câmara de Lisboa e, dias depois, Rui Rio disse que nada estava decidido, adiantando que Portas “é hoje um dos políticos de referência e dos portugueses mais bem preparados para o exercício de qualquer cargo público”.

Agora, Paulo Portas vem desfazer o tabu e descartar Lisboa dos seus planos.

Marcelo “está do lado certo das coisas”

O CDS ainda não expressou o seu apoio à eventual recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa à Presidência da República. No entanto, o antigo líder centrista decidiu, na entrevista ao Público, aconselhar o centro-direita a unir-se em torno desta candidatura, que “é a única que parte da união e que está interessada em unir o país”.

Pelo contrário, as candidaturas de Ana Gomes ou de André Ventura “partem da divisão para construir a sua força”, referiu Paulo Portas.

Apesar de elogiar Marcelo, Portas não deixa de salientar alguns “reparos legítimos” à sua atuação: é o caso da “nomeação do novo presidente do Tribunal de Contas, que foi tudo menos linear e que deixou uma perceção desconfortável de controlo político sobre quem tem o dever de controlar a legalidade financeira”.

Além disso, apontou a “hiperatividade“, que às vezes faz com que se confunda “a forma e o fundo: a abundância da forma não permite frequentemente perceber com nitidez a relevância do fundo”, e o anúncio da Champions como prémio para os profissionais de saúde, ainda que com um reparo: “Quem se lembrou de dizer essa coisa tão insólita de que a Champions era um prémio para o pessoal de saúde foi o primeiro-ministro.”

Apesar das falhas apontadas, Paulo Portas não tem dúvidas de que Marcelo Rebelo de Sousa “está do lado certo das coisas“.

Na entrevista, o ex-líder centrista destacou o papel que o Presidente teve na mediação da solução governativa que saiu das legislativas de 2019, salientando que Marcelo fez bem em não ter repetido a exigência de Cavaco Silva por acordo sólido e escrito, uma vez que se o tivesse feito isso teria provavelmente conduzido a uma solução política mais “radical” com os parceiros de esquerda “sentados no Conselho de Ministros”.

Já em relação à pandemia de covid-19, a decisão de decretar atempadamente “estado de emergência” no início também merece o destaque de Portas. “Quem quis o estado de emergência foi essencialmente o Presidente da República. O Governo estava convencido de que as regras da Proteção Civil eram suficientes, mas não eram”, justificou.

Os vetos estratégicos do PR em assuntos delicados como a TAP ou a Lei de Bases da Saúde também foram importantes para definir Marcelo como chefe de Estado, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em abril, o vírus matava 6 vezes mais do que agora. Mas estes números podem mudar em breve

O número de infetados já bateu recordes durante o mês de outubro, mas o mesmo não de pode dizer em relação ao número de mortos. O dia com mais óbitos em Portugal ocorreu a 3 …

Orçamento não reflete "trabalho notável" dos profissionais de saúde, diz bastonário

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, considera que a proposta de Orçamento do Estado para 2021 não corresponde às "expectativas dos profissionais de saúde e dos portugueses" nem investe no Serviço Nacional …

Trump tem uma conta bancária na China (e andou uma década a tentar investir no país)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é detentor de uma conta num banco chinês, e há vários anos que tenta implementar negócios no país. Donald Trump passou uma década a tentar investir na China, onde …

Ricardo Pereira revela segredo para o FC Porto derrotar o City

A jogar em Inglaterra há três anos, Ricardo Pereira conhece bem o próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões. O internacional português deu alguns conselhos à equipa portista. Ricardo Pereira está a cumprir a …

OE em duodécimos deixa 2.700 milhões de estímulo orçamental em suspenso

A hipótese de haver um Orçamento em duodécimos em 2021 está em cima da mesa. Se tal acontecer, há pelo menos 2.700 milhões de estímulo orçamental que não chegarão à economia. Se o Orçamento do Estado …

Grupo Luz Saúde foi o que mais faturou com a pandemia

O Grupo Luz Saúde faturou quase 40 milhões de euros com a venda de material à Direção-Geral da Saúde (DGS), a hospitais e até a autarquias. A GLSMed Trade, do grupo Luz Saúde, foi a empresa …

Pinto da Costa: "Varandas fará um grande serviço quando se dedicar à medicina"

Manchester City, Luís Filipe Vieira e Frederico Varandas foram alguns dos temas abordados por Pinto da Costa numa recente entrevista ao Porto Canal. Em entrevista ao Porto Canal, Pinto da Costa fez a antevisão ao encontro …

Espanha pondera recolher obrigatório em todo o país. Esperam-se semanas "muito difíceis"

Salvador Illa, ministro da saúde de Espanha, referiu que o governo está a estudar um recolhimento obrigatário no país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus que nos últimos dias tem feito infetado …

Algarve pode consagrar Lewis Hamilton como piloto mais vitorioso de sempre

O Autódromo Internacional do Algarve está a caminho de ver a consagração do piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) como o piloto mais vitorioso de sempre da Fórmula 1, no domingo, no Grande Prémio de Portugal. Depois …

Antigo túmulo siberiano contém casal de guerreiros (e um enorme stock de armas)

Uma equipa de arqueólogos desenterrou um túmulo com 2.500 anos que continha os restos mortais de quatro pessoas da antiga cultura Tagar. Arqueólogos da Universidade Estadual de Novosibirsk, na Rússia, desterraram um túmulo com 2.500 anos …