Por que é que os animais têm caudas?

1

Desde ajudas para o equilíbrio, na defesa de predadores ou para impressionar potenciais parceiros, as caudas dos animais têm inúmeros usos.

Os cientistas já encontraram fósseis de animais com caudas datados de há centenas de milhões de anos. Nessa altura, os peixes usavam as suas caudas parecidas com leques como barbatanas para nadarem através dos oceanos e escapar aos predadores.

Com a evolução desses peixes até criaturas que vivem em terra, as suas caudas começaram também a mudar.

Independentemente de pertencerem a répteis, insetos, pássaros ou mamíferos, as caudas servem uma grande variedade de propósitos. Os animais modernos usam as suas caudas para tudo desde o equilíbrio à comunicação ou à busca por um parceiro.

Uma ajuda no equilíbrio e movimento

Os cientistas acreditam que os dinossauros, incluindo o T-rex, abanavam as suas caudas para equilibrarem as suas pesadas cabeças e corpos enquanto andavam com duas pernas. Este movimento permitia-lhes correr com velocidade suficiente para apanharem presas.

Similarmente, os cangurus modernos usam a cauda para se equilibrarem quando saltam. Mas não a usam só como um peso para se equilibrarem — a causa também funciona como uma poderosa terceira perna que ajuda a impulsioná-los pelo ar.

Os gatos e outros animais que trepam frequentemente têm caudas peludas e compridas que os ajudam a equilibrar-se.

Os macacos usam as suas caudas para se equilibrarem enquanto balançam pelos ramos das árvores. Muitos usam-nas para se agarrarem, funcionado como mãos que se seguraram aos ramos. Estas caudas são tão fortes que até podem segurar o animal enquanto este come fruta ou folhas.

Um mecanismo de defesa

Outros animais usam as caudas como armas. Por exemplo, as raias têm caudas com ferrões que podem usar como defesa quando um predador as ataca.

As cobras cascavel venenosas têm botões de pele seca na cauda que se transformam numa raquete quando a abanam. Isto avisa os outros animais que possam ameaçar a cobra de que está pronta a atacar.

Muitos insetor também têm caudas, mas evoluíram separadamente de outros animais com espinhas dorsais, como os peixes ou os mamíferos. A maioria dos insetos com caudas usam-nas para pôr ovos ou para picar e paralisar hospedeiros ou presas. Em alguns animais, como as vespas, as caudas podem fazer ambos e há certas vespas parasitas que põem ovos dentro de hospedeiros.

Animais de pasto, como os búfalos ou as girafas, têm caudas com pelos compridos que podem ser agitadas para afastar os mosquitos. As vacas domésticas e os cavalos também têm esse tipo de cauda.

Uma ajuda à comunicação

Os pássaros usam as suas caudas com penas para se equilibrarem enquanto se sentam num ramo de uma árvore e para se orientarem enquanto voam. Alguns também as usam para atraírem parceiros, como no caso dos perus ou dos pavões machos, que usam as suas penas coloridas para impressionar as fêmeas.

Os animais que vivem e caçam em grupo, como os lobos, usam uma variedade de posições das caudas para indicarem a sua posição social. Os cães, que descenderam dos lobos, também usam as caudas para comunicar, provavelmente já viu cães a abaná-las quando estão excitados.

  ZAP // The Conversation

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.