Por que as nozes maiores chegam sempre ao topo? Físicos decifram o “enigma das castanhas-do-brasil”

Porque é que as castanhas-do-brasil chegam sempre ao topo do saco? Uma equipa de cientistas desvendou finalmente um dos mais estranhos mistérios da Física.

Quem já colocou a mão num pacote de frutos secos variados pode ter notado que é sempre possível encontrar os maiores, como a castanha-do-brasil, no topo. Este fenómeno também acontece, por exemplo, em caixas de cereais. Cereais de dimensões variadas tendem a separar-se por tamanho e os maiores acabam sempre por chegar ao topo.

Agora, usando imagens 3D em time lapse e alguma mistura de pacotes, os cientistas finalmente mostraram como funciona o “efeito castanha-do-brasil”.

“Neste trabalho, acompanhámos o movimento da castanha-do-brasil e do amendoim através de tomografia computadorizada de raios-X em time lapse, enquanto a embalagem era repetidamente agitada. Isto permitiu-nos ver pela primeira vez o processo pelo qual a castanha-do-brasil passa para chegar ao topo”, disse Philip Withers, professor de materiais e cientista-chefe no Royce Institute, em comunicado.

Segundo os investigadores, o segredo está na orientação dos frutos secos maiores.

“De forma crítica, a orientação da castanha-do-brasil é a chave para o seu movimento ascendente”, disse Parmesh Gajjar, principal autor do estudo e investigador da Universidade de Manchester. “As castanha-do-brasil inicialmente começam na horizontal, mas não começam a subir até que tenham girado o suficiente em direção ao eixo vertical.

As nozes mais pequenas chocam contra as laterais das maiores, tornando cada vez mais provável que as maiores se virem.

Quando as castanhas-do-brasil apontam para cima, o que acontece após cerca de 50 abanões do pacote, é libertado mais espaço para que as castanhas mais pequenas caiam pelas laterais com batidas sucessivas.

O fluxo descendente de frucos secos mais pequenos força as maiores a subir.

Assim, quando um pacote de frutos secos variados chega às prateleiras dos supermercados, já foi suficientemente sacudido para que todo o conteúdo maior esteja no topo.

Esta descoberta pode ser útil numa ampla gama de indústrias. “Isto permitirá projetar melhor o equipamento industrial para minimizar a segregação de tamanho, levando a misturas mais uniformes“, disse Gajjar. “Isto é crítico para muitas indústrias – por exemplo, garantindo uma distribuição uniforme de ingredientes ativos em comprimidos medicinais, mas também no processamento de alimentos, mineração e construção.”

Este estudo foi publicado este mês na revista científica Scientific Reports.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Curiosamente sucede o mesmo com a areia da praia junto da rebentação, as pequenas ondas revolvem a areia trazendo à superfície as conchas, búzios e pequenos seixos antes enterrados.

  2. Não é óbvio? É por causa da gravidade que os objectos são puxados para baixo, e de acordo com a dimensão de cada objecto assim ele consegue cair mais para o fundo, ocupando os espaços livres entre os objectos maiores. Depois com a vibração que os pacotes sofrem no transporte introduzem-se movimentos aleatórios e a gravidade vai atuando a cada solavanco.

    • Parece obvio, mas em tempos de desemprego é necessário um vasto grupo de cientistas para estudar e ter a certeza.
      O Covid não é suficiente para dar trabalho a todos 😉

RESPONDER

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …