Polícia indiana deteve pombos acusados de serem espiões

PTI

Um pombo capturado na Índia trazia uma mensagem ameaçadora e está sob custódia da polícia por suspeita de espionagem

Um pombo capturado na Índia trazia uma mensagem ameaçadora e está sob custódia da polícia por suspeita de espionagem

Um pombo-correio foi preso e acusado de espionagem na Índia por carregar uma mensagem que ameaçava o primeiro-ministro, Narendra Modi.

A polícia indiana anunciou na semana passada ter capturado um pombo que transportava uma mensagem com ameaças dirigidas ao primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

A ave, com uma mensagem em urdu – a língua oficial do Paquistão – atada a uma pata, foi encontrada no início de outubro pela força de segurança de fronteiras (BSF), perto da localidade de Pathankot, no estado indiano de Pendjab, na fronteira com o Paquistão.

Em janeiro, neste mesmo local, um ataque de rebeldes contra uma base militar indiana fez sete mortos.

“O pombo foi apreendido no domingo à noite. A BSF encontrou a ave com uma nota em urdu, que dizia qualquer coisa como: ‘Modi, já não somos os mesmos que em 1971. Agora cada criança está pronta a combater a Índia‘”, declarou Rakesh Kumar, inspetor da polícia de Pathankot, contactado por telefone pela agência noticiosa France Presse (AFP).

A data indicada na mensagem, 1971, é a da última guerra declarada entre a Índia e o Paquistão, na sequência da secessão do Paquistão oriental, o atual Bangladesh.

A mensagem foi aparentemente assinada pelo grupo extremista Lashkar-e-Taiba, autor dos atentados de Bombaim em 2009, “o que levou as autoridades a investigar seriamente o caso”, acrescentou Kumar.

O pombo vai ficar retido até ao fim do inquérito e foi descrito nos registos como “suspeito de espionagem”. Esta não é a primeira vez que estas aves estão envolvidas nas disputas entre os dois países, que possuem armas nucleares.

Espionagem

Este incidente surge num contexto de agravamento das tensões entre a Índia e o Paquistão, em relação à região de Caxemira. A região onde a pomba foi capturada fica entre Jammu e a Caxemira, território reivindicado por Índia e Paquistão e cenário de deslocamentos militares frequentes provocados pela tensão entre os países.

Há duas semanas, uma base do exército indiano em Caxemira foi alvo de um ataque, que Nova Deli atribuiu ao mesmo grupo, considerado responsável pelo ataque em janeiro.

No final de setembro, as forças indianas atacaram militantes do outro lado da fronteira que divide Caxemira.

Dois balões foram recentemente encontrados no Punjab, com mensagens semelhantes, em urdu, também dirigidas a Modi.

No ano passado, a polícia indiana capturou um pombo sob suspeita de que estava a ser usado em operações de espionagem pelo Paquistão.

Em 2013, as forças de segurança indianas encontraram um falcão morto, equipado com uma pequena câmara e, em 2010, um outro pombo foi capturado por suspeita de espionagem.

Outra pomba já tinha sido descoberta recentemente por uma criança de 14 anos na aldeia de Manwal, a cerca de três quilómetros da fronteira.

Sátira

“É importante esclarecer que não havia apenas uma, mas duas pombas, o que significa que estão atacando em ondas. Eles estão se infiltrando profundamente”, satirizou o autor e humorista indiano Shovon Chowdhury numa crónica para a BBC.

“O seu método é sofisticado. As suas tentativas iniciais de enviar mensagens ofensivas envolviam apenas balões. Hoje, são pombas que são capturadas com mensagens escritas nas suas penas”, diz o humorista.

“A polícia indiana tem muita experiência com a vida selvagem”, diz, irónico, Chowdhury, voltando ao mistério atual dos pombos “espiões” da fronteira entre Índia e Paquistão.

“Quando búfalos de um importante político de Uttar Pradesh – o Estado mais populoso da Índia – foram sequestrados por um casal de pessoas com deficiência, cerca de 100 polícias e dois superintendentes foram procurá-los”, conta.

“Portanto, temos razões para não perder a esperança de que a luta contra a pomba jihadista será bem sucedida”.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Secretas alertaram a Casa Branca para o perigo do coronavírus em novembro

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos alertaram o Pentágono e a Casa Branca, no fim de novembro, que o novo coronavírus estava a espalhar-se em Wuhan, avisando que o vírus estaria a mudar o …

Pandemia pode criar mais 520 milhões de pobres

Um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) conclui que a pandemia do novo coronavírus poderá deixar mais 520 milhões de pessoas a viver com rendimentos inferiores a cinco euros por dia, num cenário de …

Cerca de 20% dos eleitores de Bolsonaro estão arrependidos da escolha

De acordo com uma sondagem divulgada esta quarta-feira, 83% dos inquiridos garantiram não estar arrependidos de terem votado em Jair Bolsonaro e 39% consideram "ruim ou péssima" a gestão do Presidente brasileiro face à crise …

Cascais comprou 850 mil máscaras à China. Vão ser vendidas à população a 70 cêntimos

A Câmara Municipal de Cascais investiu cinco milhões de euros na compra de equipamento médico e material de proteção individual. Com as pistas cheias de aeronaves paradas, o aeroporto de Lisboa viu aterrar mais um avião …

Tribunal dos Estados Unidos confirma 18 anos de prisão para familiares de Maduro

Um tribunal de apelação de Nova Iorque ratificou a condenação a 18 anos de prisão de dois familiares do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por conspiração para enviar droga para os Estados Unidos. "Fica ordenado, julgado …

Ana Gomes espera "verdadeiro Portugal Leaks" com Rui Pinto a colaborar com a justiça

A antiga eurodeputada Ana Gomes considerou que “é um verdadeiro Portugal Leaks” que se pode esperar a partir de agora, depois de Rui Pinto aceitar colaborar com a justiça portuguesa. O criador do Football Leaks e …

Exames nacionais adiados. Terceiro período arranca a 14 de abril (mas à distância)

Esta quinta-feira, António Costa falou ao país para anunciar que o 3.º período irá recomeçar no dia 14 de abril, mas sem aulas presenciais. Os exames nacionais do ensino secundário foram adiados para julho e …

TAP. Estado equaciona reformas antecipadas sem penalizações

O Jornal Económico escreve esta quinta-feira que o Estado pondera avançar com reformas antecipadas sem penalizações na TAP, visando assim diminuir o impacto da pandemia de covid-19 na companhia aérea portuguesa. Apesar de a empresa ter …

Santa Maria ganha 40 camas para os cuidados intensivos

A maior unidade hospitalar do país reforçou capacidade dos Cuidados Intensivos para os doentes infetados, passando das atuais 80 camas para cerca de 120. O Hospital Santa Maria, em Lisboa, vai quadruplicar a sua capacidade …

"Isto é criminoso". Estivadores dizem que há risco de portos pararem

"Da forma como estamos a trabalhar nos portos, corremos o risco de todo o contingente ficar parado, porque não há nenhum cuidado em termos de criar equipas rotativas", garantiu o líder sindical. O presidente do Sindicato …