Drones foram chamados para salvar a Grande Muralha da China

A lendária Grande Muralha da China, a mais comprida construção já feita pelo Homem, está a “desmoronar-se em ruínas”. Numa corrida contra a degradação natural, as autoridades chinesas recorreram a drones para tentar travar a destruição deste ponto icónico.

Cerca de 21 mil quilómetros de extensão e mais de 2 mil anos de História estão agora em risco face à invasão da vegetação e das plantas que envolvem a construção. A muralha foi erguida para proteger a China dos exércitos invasores a norte mas, neste momento, é o próprio monumento que está sob ataque da natureza.

Tal como nota a BBC, plantas invasores, como eras de daninha, estão a danificar a muralha em vários pontos. Em igual sentido, nota a National Geographic, 30% da muralha “está a desmoronar-se em ruínas”, à medida que as autoridades tentam recuperá-la.

Para facilitar esta tarefa, as autoridades chinesas recorreram a uma nova ferramenta tecnológica – os drones. A China está a utilizar os drones para mapear e medir as áreas mais ameaçadas pela vegetação, oferecendo dados precisos que já estão a ser utilizados no processo de recuperação da muralha.

Partindo dos dados recolhidos pelos drones, os trabalhadores poderão construir estruturas de apoio para as secções mais vulneráveis, revelou ainda a BBC.

No passado mês de maio, o jornal South China Morning Post informou que os drones Falcon 8+ da Intel estavam já a ser utilizados para capturar “imagens tridimensionais de alta definição” da secção Jiankou da muralha – parte do monumento construído durante a dinastia Ming (1368-1644), localizado a cerca de 50 quilómetros de Pequim.

Zhao Peng, arquiteto da Grande Muralha, disse em declarações à BBC que a tarefa vai muito mais além de apenas reforçar as estruturas antigas com novas pedras. “Algumas secções da Grande Muralha são muito perigosas”, disse Peng. “Com os drones podemos medir comprimentos e ondulações”.

“É uma estrutura tão complexa“, acrescentou, dizendo ainda que é necessário ter em conta vários outros aspectos como os buracos das flechas, o próprio design do piso e até mesmo os níveis de calcário.

A Grande Muralha da China foi-se degradando ao longo dos anos devido ao clima, guerras e até a ladrões de pedra. As autoridades esperam que estes esforços sejam suficientes para preservar o monumento para as futuras gerações.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já são conhecidos os jogos da final a oito da Liga dos Campeões

O sorteio dos jogos da 'final eight' da Liga dos Campeões realizou-se na manhã desta sexta-feira, em Nyon, na Suíça. Todos os encontros da competição disputam-se em Lisboa, entre 12 e 23 de agosto, sem …

Governo estuda regime de lay-off específico para setor do turismo

O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reuniram-se na quinta-feira com a Confederação do Turismo de Portugal para estudar um regime de lay-off específico para esse setor. Devido ao grande impacto …

"Vou apertar com Rangel para ver se ele resolve aquela merda". Escutas comprometem Vieira na Operação Lex

Novas escutas reveladas comprometem o presidente benfiquista na Operação Lex. "Vou apertar com Rangel para ver se ele resolve aquela merda", disse Luís Filipe Vieira. A revista Visão relevou as conversas telefónicas, ouvidas durante quase um …

Beneficiários da ADSE vão pagar mais pelas consultas

Os beneficiários da ADSE passarão a pagar mais pelas consultas, escreve esta sexta-feira o Jornal de Negócios e o semanário Expresso, que citam a proposta da nova tabela de preços do sistema de saúde dos …

"Classe distinta". Bruno Fernandes já fez aquilo que nunca ninguém tinha feito na Premier League

O internacional português Bruno Fernandes esteve diretamente envolvido em 13 golos nos primeiros dez jogos que disputou com a camisola do Manchester United. É uma marca que nunca nenhum outro jogador da Premier League conseguiu …

OMS: Portugal não foi escolhido por acaso para acolher a Champions. Foi dos que melhor lidou com a covid-19

Portugal “não foi escolhido por acaso” para acolher a final da Liga dos Campeões de futebol, mas porque “foi um dos países que melhor lidou” com a covid-19, assinala um conselheiro da Organização Mundial da …

Há quatro anos, Ronaldo saiu em lágrimas e Paris foi surpreendida pelo "patinho feio"

Foi precisamente há quatro anos que Portugal sagrou-se campeão europeu de futebol. Na final da competição, a Seleção derrotou a anfitriã França, por 1-0. Portugal começou o Euro 2016 com o pé esquerdo. Num grupo com …

China alerta para pneumonia "mais mortal" do que a covid-19. Informações "incorretas", garante Cazaquistão

A Embaixada da China no Cazaquistão alertou esta quinta-feira os cidadãos chineses para uma pneumonia desconhecida, cuja mortalidade é "muito maior" do que a covid-19. De acordo com o jornal chinês Global Times, que cita um …

Cláusula "secreta" permite nacionalização encapotada do Novo Banco

Na eventualidade de um cenário adverso, um mecanismo exigido por Bruxelas prevê a intervenção direta do Estado no Novo Banco. Isto pode levar a uma espécie de nacionalização encapotada. A venda do Novo Banco ao fundo …

Descoberta uma mina de ocre pré-histórica nas cavernas subaquáticas do México

As cavernas subaquáticas ao longo da península de Yucatán, no México, contêm um vasto labirinto de relíquias arqueológicas. A vasta rede de cavernas submersas guardam segredos dos Maias. Porém, uma nova descoberta remonta a episódios …