Plantar um trilião de árvores ajuda o nosso planeta? Depende

Plantar um trilião de árvores é uma boa forma reduzir as emissões de carbono, mas depende muito de onde estas são plantadas, sugere um novo estudo.

É do senso comum que as árvores são excelentes a armazenar carbono e a libertar oxigénio, um processo que permite tornar o nosso planeta mais verde. Assim sendo, plantar um trilião de árvores poderia ajudar a remediar as alterações climáticas? A resposta é complicada, escreve o portal Inverse.

A ideia foi lançada por vários cientistas e pelo governo de Donald Trump. Face às elevadas emissões de dióxido de carbono, plantar uma quantidade imensa de árvores poderia ser a solução para os nossos problemas. O consenso entre a comunidade científica é que plantar árvores pode, de facto, ajudar a baixar as emissões.

Mas quando se trata de plantar um trilião de árvores, o local onde se planta pode ser tão importante quanto o próprio plantio. O segredo é plantar estas árvores em zonas florestais que não estão tão preenchidas com árvores como poderiam estar, sugere um novo estudo publicado esta semana na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences.

Ao aumentar a densidade destas florestas, que atualmente não têm tantas árvores quanto poderiam, os humanos podem aumentar a sua capacidade de armazenar carbono em 20%, apontam os autores do estudo.

De momento, as florestas podem compensar cerca de 14% das emissões de dióxido de carbono todos os anos. Ao reflorestar estas zonas, muitas vezes desfalcadas por incêndios, os investigadores sugerem que se possa aumentar a absorção de carbono, eliminando mais de 187 toneladas métricas de dióxido de carbono por ano.

Embora não soe a uma grande novidade, restaurar árvores está “entre as estratégias mais eficazes para a mitigação das alterações climáticas”, escrevem os autores.

Apesar de Donald Trump ser muitas vezes visto como negacionista das alterações climáticas, o Presidente norte-americano sugeriu, em Davos, que se optasse por este plano. Sem grandes explicações científicas, mencionou apenas que esta medida tinha como objetivo “proteger o ambiente”.

Com este novo estudo, há uma melhor compreensão de onde devem ser concentrados esforços para fazer o melhor trabalho de captura de carbono.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Ao contrário do Jair, o Donald, aos poucos, vai admitindo a sua ignorância em relação a certos assuntos. A não ser que seja só para captar votos.

    • Donald e Jair são dos ditadores, só que Donald, ainda têm ajuda da CIA, central de inteligência dos Estados Unidos, sem fala que eles estão querendo domina o mundo, já o Jair é um presidente que não sabe nem governar o própio país, permitiu as queimadas na floresta maior do mundo, Amazônia é o pumão da terra.
      Até quando vocês corruptos vão continuar destruindo o planeta? até quando a CIA vai continua espionando as pessoas? mais sei que um dia a justiça será feita hipócritas.

  2. De facto deve ser importante o local onde essas árvores deverão ser plantadas, logo deveremos estar excluídos, pois, a floresta por cá está dominada por incendiários de várias espécies e está mais que visto que não haverá volta a dar, os resultados estão comprovados ano após ano.

  3. A nossa floresta é pobre. Praticamente é constituída por três espécies, apenas: eucalipto, pinheiro e sobreiro. Há mais diversidade nas cidades no que nos campos. Mesmo assim, todos os verões assistimos à destruição sistemática da pobre floresta que resta.

  4. Não basta plantar uma arvore (duas, cem, mil, milhares, as que forem) e deixa-la para ali, ao seu destino. O seu destino é que tem de ser programado, tanto na quantidade (e mistura com outras espécies), como nos tipos de solo, como ainda, e mais importante, no desenho da estratégia de plantio e seu acompanhamento: aceiros de combate a incêndios e à manutenção, por ex. Não, não sou engenheira florestal, mas sim plantadora e cuidadora de floresta (sobreiros+carvalhos) em terrenos próprios. Um sem numero de normas a cumprir (maioritariamente “proibições de”), sem que, durante o tempo de crescimento e manutenção- da qual decorre o tal aprisionamento de CO2- os produtores a nada (nenhum apoio) tenham acesso. O país passa assim a ter um “banco” de retenção de CO2 maioritariamente de forma gratuita (pois para baldios e outros há, por vezes, apoios à limpeza, etc.)

Responder a Mari Cancelar resposta

Regar, cortar e matar insetos. Robô dá conta de todas as tarefas de jardinagem (e até afasta intrusos)

A jardinagem é uma terapia para muitas pessoas, mas também pode ser um incómodo. O robô Yardroid foi projetado para lidar de forma autónoma com essas tarefas, utilizando inteligência artificial. Semelhante a um tanque em miniatura, …

ProToiro vai impugnar IVA das touradas e avança com queixa em Bruxelas

A Federação Portuguesa de Tauromaquia (ProToiro) vai avançar com a impugnação do valor do IVA na tauromaquia e com uma queixa na Comissão Europeia, exigindo que a taxa passe de 23% para 6%. Em comunicado, a …

Braga 3-3 Leicester | Vardy rouba triunfo luso nos descontos

Um "balde de água fria". A recepção do Sporting de Braga ao Leicester não foi parca em emoção e em bom futebol. Os minhotos foram superiores na primeira parte e chegaram ao intervalo em vantagem. Contudo, …

Equipa de Biden escondeu um anúncio de emprego secreto no código-fonte do seu site

O Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, escondeu um anúncio de emprego no código-fonte do seu site de transição, enquanto inicia o processo de contratação da nova administração para a Casa Branca. De acordo com …

Costa ligou a Lagarde para garantir que vai cumprir compromissos com Novo Banco

O primeiro-ministro ligou, esta quinta-feira, à presidente do Banco Central Europeu (BCE) para assegurar que o Governo cumprirá os compromissos assumidos no quadro da venda do Novo Banco. "Portugal é um Estado de direito que cumpre …

Mário Ferreira acata decisão da CMVM e lança OPA sobre a Media Capital

O empresário anunciou, esta quarta-feira, que vai lançar uma OPA a 69,78% das ações da Media Capital, depois de a CMVM o ter obrigado a realizar esta operação. A Pluris Investments, empresa detida por Mário Ferreira, …

Ford encomenda 12 frigoríficos ultrafrios para distribuir vacinas aos funcionários

Numa altura em que já são conhecidas algumas vacinas no combate à covid-19, a empresa americana antecipa-se e já encomendou 12 frigoríficos ultrafrios para armazenar as injeções e depois distribuí-las aos seus funcionários. Neste sentido, a …

Alemanha vai compensar soldados que sofreram discriminação por serem homossexuais

O Ministério da Defesa da Alemanha anunciou ontem que quer compensar legalmente todos os soldados que, até 2 de Julho de 2000, foram prejudicados devido à sua orientação sexual ou identidade de género. O projeto de …

Árbitros que não sabem as regras: golo foi anulado depois de a bola voltar a rolar

Encontro entre Ceará e São Paulo pode não ter terminado na noite passada. Haverá continuação "na secretaria" por causa de um golo que foi anulado, pela segunda vez, já depois de o jogo ter sido …

Restauração em protesto no Parlamento. "Estão a matar quem quer trabalhar"

Várias centenas de empresários e trabalhadores da restauração, bares, discotecas, cultura, eventos, alojamento e táxis manifestaram-se, esta quarta-feira, em frente ao Parlamento. "Portugal não pode ser menu completo para uns, meia dose para outros e, para …