PJ detém hacker que atacou tribunal eleitoral brasileiro

Este sábado, a Polícia Judiciária (PJ) deteve um hacker português, de 19 anos, suspeito de ter feito ataques ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil registados este mês durante a primeira volta das eleições autárquicas. A operação contou com o apoio das autoridades brasileiras.

De acordo com o Observador, os ataques foram feitos com o apoio de hackers brasileiros, tendo as autoridades daquele país detido outros três jovens, com idades compreendidas entre os 19 e os 24 anos, que se dedicavam à prática continuada de crimes de acesso indevido, dano informático e sabotagem informática.

Os detidos faziam parte de “diferentes redes criminosas, agora afetadas por esta operação policial”, e “atuavam concertada e transnacionalmente, atacando funções de Estado, infraestruturas críticas e interesses económicos diversos”.

As autoridades brasileiras avançam que o grupo era liderado “por um cidadão português”. No âmbito desta operação internacional, em Portugal foram apreendidos meios informáticos e recolhida informação pertinente, sabe o diário.

A investigação vai continuar para identificação de outros responsáveis pelos crimes praticados. O detido português, que se identifica como Zambrius, será agora presente às autoridades judiciais para efeitos de primeiro interrogatório judicial e aplicação de medida de coação.

Zambrius

O pirata informático detido pela PJ integra um grupo internacional de hacktivistas, o Cyberteam. Segundo o Observador, o jovem já estava com uma medida de coação no âmbito de outros processos.

O Diário de Notícias avança ainda que Zambrius já tinha sido detido em 2017, no âmbito da operação Caretos, que desmantelou uma rede que havia feito ataques até à Procuradoria-Geral da República. O jovem foi internado até aos 18 anos num centro educativo.

No final de abril do ano passado terá sido novamente detido depois de uma série de ataques, entre eles à empresa Altice, à Direção Geral do Orçamento, Universidade Nova de Lisboa, Serviços Partilhados do Ministério da Saúde Serviços Sociais da GNR e Ministério dos negócios Estrangeiros.

Depois de ter permanecido no Estabelecimento Prisional de Lisboa, o suspeito conseguiu que mais tarde lhe fosse aplicada a prisão domiciliária, com pulseira eletrónica e proibição de acesso a dispositivos eletrónicos ligados à internet.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A tal Urna Eletróniica é uma fraude por si só.
    O mesário digita o titulo de eleitor antes que a pessoa vote neste momento já não é possível dizer que o voto é sereto. Não há como o TSE garantir ao eleitor que não vinculou o voto ao titulo de eleitor.
    O Presidente da mesa faz isso para lliberar a urna para o proximo voto.

  2. A tal Urna Eletrónica é uma fraude por si só.
    O mesário digita o titulo de eleitor antes que a pessoa vote, neste momento já não é possível dizer que o voto é secreto. Não há como o TSE garantir ao eleitor que não vinculou o voto ao titulo de eleitor.
    O Presidente da mesa faz isso para liberar a urna para o próximo voto.

RESPONDER

Movimento "Também somos portugueses" defende alteração à lei eleitoral

O movimento "Também somos portugueses" apelou este domingo ao Governo e aos partidos políticos representados no Parlamento para a necessidade de alterar as leis eleitorais para os emigrantes, defendendo o voto remoto para participar na …

Hoje é o dia mais triste do ano. O mito da “segunda-feira azul”, que já surgiu há mais de 15 anos

O dia 18 de janeiro marca a “segunda-feira azul” – a terceira segunda-feira do mês e o dia mais depressivo do ano. O conceito remonta a 2005, quando o canal de televisão Sky Travel lançou …

Sporting com mais um jogador infetado antes do Clássico com o FC Porto

O avançado do Sporting Bruno Tabata testou positivo ao novo coronavírus, disse à Lusa fonte conhecedora do processo, com o jogador a ser baixa certa para a meia-final da Taça da Liga de futebol frente …

De 57 para 155. Mais de metade dos concelhos em risco extremo de infeção por covid-19

O número de concelhos em risco extremo devido ao número de casos de covid-19 quase triplicou nos primeiros 12 dias de janeiro, passando de 57 para 155, segundo a análise esta segunda-feira divulgada sobre a …

MP investiga queixa contra segurança privada ilegal no centro de detenção do SEF

O Ministério Público (MP) abriu um inquérito depois de uma queixa do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) por alegado crime de exercício ilícito da atividade de …

Fenprof pede testes, vacinação e teletrabalho nas escolas

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) lançou um abaixo-assinado a exigir a realização de testes na comunidade escolar, a priorização dos profissionais das escolas na vacinação contra a Covid-19 e a possibilidade do teletrabalho, noticiou …

Maioria dos portugueses concorda com injeção de dinheiro público na TAP

Uma sondagem da Intercampus para o Correio da Manhã e o Jornal de Negócios mostra que a maioria dos portugueses concorda com a injeção de dinheiro público na TAP para evitar a falência. De acordo com …

Injeção de liquidez chega às empresas em fevereiro (e "não vai ser preciso mais dinheiro no Orçamento")

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, garantiu que a injeção de liquidez proveniente do reforço de apoios deverá chegar às empresas já no próximo mês. Em entrevista ao Jornal de Negócios, Pedro Siza Vieira, ministro …

Áustria alarga confinamento. Austrália deverá manter fronteiras fechadas em 2021

A Áustria vai alargar o atual confinamento comercial e social para conter a pandemia de covid-19. Já a Austrália deverá manter as fronteiras fechadas durante a maior parte do ano. A Áustria vai alargar o atual …

Herdeiro do império Samsung condenado a dois anos e meio de prisão

Um tribunal em Seul condenou o herdeiro do império Samsung a dois anos e meio de prisão no novo julgamento pela participação no esquema de corrupção da ex-Presidente sul-coreana. O Tribunal Superior de Seul decidiu impor …