PJ faz buscas na Câmara de Gaia

Petr Adam Dohnálek / wikimedia

Edifício da Câmara Municipal em Vila Nova de Gaia

Edifício da Câmara Municipal em Vila Nova de Gaia

A Polícia Judiciária esteve esta terça-feira a fazer buscas nas instalações da Câmara Municipal de Gaia e na Gaiurb.

A notícia, avançada pelo jornal Público, avança que a PJ realizou esta terça-feira buscas na Câmara Municipal de Gaia, no âmbito de uma investigação ligada à empresa já extinta Gaianima.

Em causa estarão vários crimes, entre os quais o de administração danosa, que terão acontecido ainda durante os mandatos de Luís Filipe Menezes como presidente da autarquia.

No entanto, fonte da PJ confirmou ao jornal que a operação está relacionada com um inquérito que não visa diretamente o antigo presidente da Câmara.

Além das instalações da Câmara, a Judiciária também fez buscas em casas de vários diretores de empresas que assinaram contratos com a tal empresa municipal, que foi extinta o ano passado.

Contrariamente ao que o jornal afirmou antes, as buscas não visaram ex-administradores da Gaianima, no entanto, continuam a ser suspeitos deste caso.

De acordo com o Correio da Manhã, o ex-jogador João Vieira Pinto é um desses administradores, que pode vir a ser alvo de buscas e até arguido do caso.

Também Angelino Ferreira, antigo administrador da SAD do FC Porto, e Ricardo Almeida, deputado do PSD, devem ser alvo de investigações nos próximos dias.

Segundo o CM, também o filho do meio do ex-autarca, Pedro Menezes, poderá vir a ser alvo da investigação devido a um contrato entre a empresa Desporto Vivo, na qual tem ligações, e a Gaianima, que tem um buraco de 4,4 milhões.

As nove buscas terão começado de manhã cedo, por volta das sete da manhã, e a meio da tarde os inspetores ainda estavam na Gaiurb a recolher alguns documentos informáticos.

Esses mesmos documentos estavam na posse do antigo diretor financeiro da Gaianima, que agora trabalha nesta empresa municipal de gestão urbanística.

Segundo o Público, no final de 2014, a Câmara de Gaia garantiu ter enviado à Procuradoria-Geral da República uma auditoria externa feita à Gaianima que revelava “ilegalidades muito significativas”.

Na altura, o atual presidente da câmara, Eduardo Vítor Rodrigues, sugeriu que estas ilegalidades representam uma “despesa impagável”.

Gaia tem uma das autarquias mais endividadas do país, com uma divida de cerca de 300 milhões de euros deixada por Menezes.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E foi Filipe Meneses conselheiro de estado, mais um tesourinho de Cavaco a par de Dias Loureiro, só gente honesta, que ate da vómitos,. A câmara de Gaia esta super endividada, perguntem ao Meneses e ao seu antigo num,ero 2, Marco Antonio Costa, esse mesmo do governo do Passos, eles com certeza sabem para onde foi o dinheiro.

  2. E aqueles estorninho que era médico e que nem como se chamava que se gabava de ter deixado a câmara com uma divida gigantesca mas que fora tudo investido em gaia. Em gaia ou nas gaias? – Está inocente, como é óbvio.

RESPONDER

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …

Miguel Guimarães reeleito bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, foi eleito esta quinta-feira para um segundo mandato, com 93% dos votos. De acordo com os resultados provisórios avançados pela Ordem, estando contados 16.723 votos, Miguel Guimarães foi …

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …