Pizzi nunca jogou tão pouco como esta época

Rodrigo Antunes / Lusa

Nunca Pizzi jogou tão pouco como esta temporada ao serviço do SL Benfica. O médio era uma das peças mais importantes do plantel, mas tem vindo a perder relevância.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Ele não tem entrado tanto de início, mas isso faz parte de pertencer a uma grande equipa. Os jogadores que não querem competitividade têm que jogar em equipas compostas sempre pelos mesmos. Ele sabe que não vai jogar os jogos todos porque a competitividade é muito grande”: assim explicou Jorge Jesus a ausência de Pizzi do onze titular.

O internacional português foi um dos maiores nomes dos ‘encarnados’ nas últimas temporadas, quer seja a marcar ou a assistir. No ano passado, o médio marcou 16 golos e fez seis assistências. Há dois anos, marcou 30 golos e fez 19 assistências, tendo estado diretamente envolvido nuns impressionantes 49 golos.

Pizzi vive o momento na Luz em que está a ter menor utilização, escreve o jornal desportivo A BOLA. O jogador de 31 anos não é titular desde a receção ao Tondela, na quarta jornada do campeonato.

O médio soma apenas 380 minutos esta época, distribuídos por dez jogos. Ainda não marcou esta época, embora já tenha assistido para dois golos.

“Esse é problema de vários jogadores, não só do Pizzi. O Benfica tem dois e três jogadores por posição e essa é uma satisfação do treinador, que pode tomar várias decisões”, disse ainda Jorge Jesus sobre a pouca utilização do jogador.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.