Pinto da Costa acusado em processo que investiga crimes na noite do Porto

Jorge-Nuno-Pinto-da-Costa / Facebook

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto

Depois do Apito Dourado, a justiça volta a suspeitar de Pinto da Costa. O presidente portista terá utilizado ilegalmente os serviços de uma empresa de segurança privada para vigiar os futebolistas profissionais. Bruno de Carvalho estará do lado da acusação.

O Ministério Público acredita que o presidente azul e branco contratou, por diversas vezes os serviços de segurança da empresa de segurança privada SPDE, apesar de saber que a mesma não podia exercer a atividade, avançam esta segunda-feira o Correio da Manhã e o Diário de Notícias.

Já se sabia, desde o início de dezembro, que o dirigente poderia ser arguido no processo que investiga uma rede de segurança ilegal e de extorsão que dominava a noite do Porto.

Para além de assegurar ilegalmente a segurança privada de Pinto da Costa e das instalações do estádio do Dragão, a SPDE – liderada por Eduardo Silva, conhecido na noite do Porto como “Edu” ou “Maestro” – estaria ainda encarregada de vigiar os jogadores da equipa principal e transmitir informações aos homens fortes do FC Porto.

Os contactos entre a empresa e o clube nortenho terão sido conduzidos por Antero Henriques, diretor-geral da SAD portista, que alegadamente seria um “sócio oculto” da empresa de segurança e o principal interlocutor de Edu no clube.

Pinto da Costa poderá ir a julgamento, apesar de, de acordo com o DN, não ter sido notificado para o efeito até ontem ao final da noite. O presidente portista terá de responder pelo crime mais leve na lista que envolve as suspeitas desta investigação: recurso a atividade ilegal de segurança privada. O jornal i faz as contas à moldura penal e adianta que Pinto da Costa arrisca uma pena de prisão até dois anos ou uma multa até 240 dias.

Muitos dos arguidos acusados na Operação Fénix são suspeitos de crimes como extorsão, ofensas à integridade física, associação criminosa e detenção ilegal de arma.

Os investigadores suspeitam que Antero Henriques, que é apontado como o provável sucessor de Pinto da Costa, encomendava à SPDE a vigilância de jogadores e de funcionários do clube e ainda a cobrança de dívidas e extorsões.

Também Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, chegou a ser investigado, mas a imprensa avança que ficará apenas como testemunha no processo.

Futebol365

RESPONDER

-

Seis mortos em deslizamento de terra na China e mais de 100 desaparecidos

Pelo menos seis pessoas morreram num deslizamento de terras na província de Sichuan, no sudoeste da China, e mais de 100 permanecem desaparecidas, segundo os últimos dados fornecidos pelas autoridades locais. A aldeia isolada de Xinmo foi …

-

Bombeiros pedem suspensão da entrega de bens solidários

O presidente da Associação de Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande apelou este sábado para que as pessoas suspendam por "alguns dias" a entrega de ajuda. "É um sufoco. É muita coisa. São toneladas e toneladas de …

-

Pelo menos 27 edifícios no Reino Unido têm revestimento inflamável

Os inspetores identificaram pelo menos 27 edifícios de propriedade municipal no Reino Unido que não cumprem os requisitos de segurança anti-incêndios por estarem revestidos com material inflamável, informou este sábado o Governo. O Ministério que tutela …

-

Polícia espanhola detém suspeitos de pertencerem a rede de exploração de mulheres na Europa

A polícia espanhola anunciou este sábado que deteve 18 pessoas suspeitas de pertencerem a uma rede nigeriana de exploração sexual de mulheres, que atuava em Espanha, Itália, Alemanha e Bélgica. Com estas detenções, que ocorreram em …

-

Portugueses criam dispositivo que ajuda a superar medo de andar de avião

Um dispositivo médico de realidade virtual que auxilia os utilizadores a superar o medo de andar de avião está a ser desenvolvido por especialistas apoiados pelo Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade …

herminioloureiro

Escutas tramam Hermínio Loureiro suspeito de "dar" 23 milhões em ajustes directos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis e ex-presidente da Liga de Clubes, foi ouvido durante mais de 8 horas, no âmbito do processo de corrupção que terá sido despoletado por escutas telefónicas. O …

Leonor Poeiras e Iva Domingues no "Somos Portugal" da TVI

Altice prepara-se para comprar a TVI

O Grupo espanhol Prisa está em negociações "avançadas" com a Altice para a venda da TVI e o negócio pode consumar-se ainda neste Verão. O Governo já está a par do processo. Este cenário é avançado …

-

PJ está a investigar bilhetes oferecidos pelo Benfica no caso dos emails

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o Benfica por bilhetes para jogos de futebol que o clube ofereceu a elementos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e …

Incêndio em Pedrógão Grande

Fotografia mostra quando começou o incêndio ("muito antes da trovoada")

As suspeitas de que o grande incêndio de Pedrógão Grande foi originado por mão criminosa crescem, com relatos de populares e de bombeiros. E o início do fogo está registado numa fotografia, que será a …

-

Analistas consideram que meta de 1,5% para défice é alcançável

Os analistas contactados pela Lusa consideram que o objetivo do Governo de reduzir o défice para os 1,5% este ano "continua a ser alcançável", depois de o INE ter apurado um défice de 2,1% até …