Pinto da Costa acusado em processo que investiga crimes na noite do Porto

Jorge-Nuno-Pinto-da-Costa / Facebook

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto

Depois do Apito Dourado, a justiça volta a suspeitar de Pinto da Costa. O presidente portista terá utilizado ilegalmente os serviços de uma empresa de segurança privada para vigiar os futebolistas profissionais. Bruno de Carvalho estará do lado da acusação.

O Ministério Público acredita que o presidente azul e branco contratou, por diversas vezes os serviços de segurança da empresa de segurança privada SPDE, apesar de saber que a mesma não podia exercer a atividade, avançam esta segunda-feira o Correio da Manhã e o Diário de Notícias.

Já se sabia, desde o início de dezembro, que o dirigente poderia ser arguido no processo que investiga uma rede de segurança ilegal e de extorsão que dominava a noite do Porto.

Para além de assegurar ilegalmente a segurança privada de Pinto da Costa e das instalações do estádio do Dragão, a SPDE – liderada por Eduardo Silva, conhecido na noite do Porto como “Edu” ou “Maestro” – estaria ainda encarregada de vigiar os jogadores da equipa principal e transmitir informações aos homens fortes do FC Porto.

Os contactos entre a empresa e o clube nortenho terão sido conduzidos por Antero Henriques, diretor-geral da SAD portista, que alegadamente seria um “sócio oculto” da empresa de segurança e o principal interlocutor de Edu no clube.

Pinto da Costa poderá ir a julgamento, apesar de, de acordo com o DN, não ter sido notificado para o efeito até ontem ao final da noite. O presidente portista terá de responder pelo crime mais leve na lista que envolve as suspeitas desta investigação: recurso a atividade ilegal de segurança privada. O jornal i faz as contas à moldura penal e adianta que Pinto da Costa arrisca uma pena de prisão até dois anos ou uma multa até 240 dias.

Muitos dos arguidos acusados na Operação Fénix são suspeitos de crimes como extorsão, ofensas à integridade física, associação criminosa e detenção ilegal de arma.

Os investigadores suspeitam que Antero Henriques, que é apontado como o provável sucessor de Pinto da Costa, encomendava à SPDE a vigilância de jogadores e de funcionários do clube e ainda a cobrança de dívidas e extorsões.

Também Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, chegou a ser investigado, mas a imprensa avança que ficará apenas como testemunha no processo.

Futebol365

PARTILHAR

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …