Piloto que pousou avião da Southwest é a nova heroína nos EUA

A piloto do avião da Southwest Airlines cuja falha numa turbina em pleno voo provocou a morte de uma passageira de 43 anos, tornou-se a nova heroína dos EUA, devido aos seus nervos de aço que mostrou durante a aterragem de emergência perfeita na Filadélfia, salvando as outras 148 pessoas a bordo.

A comandante Tammie Jo Shults foi identificada como a piloto do voo 1380 da Southwest que na terça-feira se dirigia de Nova Iorque a Dallas quando a turbina esquerda do avião 737 explodiu em pleno voo, cerca de 30 minutos após a partida, causando a morte a uma passageira que foi sugada pelo buraco causado pela explosão na fuselagem do avião.

Segundo conta a agência AFP, a piloto de 56 anos, residente do Texas e mãe de dois filhos, foi uma das primeiras mulheres a pilotar caças na Marinha americana nos anos 1980, e também uma das primeiras a pilotar o caça norte-americano F-18 Hornet.

Shults mostrou uma grande calma durante uma conversa com o operador da torre de controle da Filadélfia, minutos antes da aterragem de emergência.

(dr)

A experiência de Tammie Jo Shults como piloto aviadora da Marinha dos EUA poderá ter sido determinante na forma como manteve a calma durante o incidente

Southwest 1380, só temos uma turbina. Perdemos parte da aeronave, de modo que precisaremos de desacelerar um pouco“, diz Shuts com uma voz muito calma ao operador da torre de controle da Filadélfia, pouco antes da aterragem, num diálogo divulgado pelo canal CBS. “Os médicos podem esperar-nos na pista também? Temos passageiros feridos”.

O avião está fisicamente em chamas?“, pergunta o controlador. “Não, não está em chamas, mas falta-lhe uma parte”, responde Shults com calma. “Disseram que há um buraco e alguém foi expelido“.

“A piloto, Tammy Jo, foi incrível! Fez-nos aterrar sãos e salvos na Filadélfia“, escreveu no Instagram a passageira Amanda Bourman, que viajava com o marido.

Esta é uma verdadeira heroína americana“, escreveu no Facebook Diana McBride, outra passageira, que elogiou “o conhecimento e bravura” da piloto. Após a aterragem, Shults “veio falar com cada um de nós pessoalmente”, conta McBride.

E não faltaram mesmo utilizadores nas redes sociais a comparar Shults com o capitão Chesley Sully Sullenberger, piloto do voo da US Airways que aterrou no rio Hudson, em Manhattan, em 2009, após um acidente causado por um bando de pássaros, salvando todos os passageiros e tripulantes.

O incidente, que provocou um morto e sete feridos ligeiros, terá sido consequência da explosão de um dos motores da aeronave, segundo estima um antigo investigador ouvido pela agência AP, que diz que os estilhaços resultantes de uma tal explosão poderão ter atingido o avião.

Segundo relataram os passageiros, uma mulher foi parcialmente sugada para fora do avião pelo buraco aberto na fuselagem pelos destroços que embateram na aeronave, que, segundo os relatos, danificaram uma das janelas próximas do motor que terá explodido.

A vítima mortal, de 43 anos, foi identificada como Jennifer Riordan, de Albuquerque, mãe de dois filhos e vice-presidente de uma sucursal do banco Wells Fargo no Novo México.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Felizmente esta notícia não foi escrita por nenhum elemento do BE.
    Ou “a piloto” passava seguramente “a pilota”… como diria a Dilma.

RESPONDER

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …

O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19. Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros …

Ceferin acusado de ganância. "Manter a Liga dos Campeões foi um ato criminoso irresponsável"

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janz Jansa, teceu duras críticas à forma como a UEFA e o seu presidente, Aleksander Ceferin, lidaram com a fase inicial da pandemia de covid-19. "Manter a Liga dos Campeões foi um …