Homem roubou avião e ameaçou despenhá-lo contra supermercado nos EUA

(cv)

No Mississípi, nos Estados Unidos, um homem roubou um pequeno avião e ameaçou despenhá-lo contra um supermercado loca. No entanto, acabou detido pelas autoridades.

Na manhã deste sábado, um homem roubou um pequeno avião bimotor de sete passageiros no Aeroporto Regional de Tupelo, no estado americano do Mississípi.

Ao longo de mais de cinco horas, o homem depois identificado pelas autoridades como Corey Wayne Patterson, voou em círculos baixos e ligou ao 911 (o número de emergência nos EUA) a ameaçar despenhar-se num supermercado Walmart.

Tudo começou às 5h da madrugada e terminou por volta das 11h da manhã. Foi então que o governador Tate Reeves anunciou que o avão tinha finalmente aterrado num campo cultivado, cerca de 85 quilómetros a norte de Tupelo.

“Grato pela situação ter sido resolvida e ninguém ter ficado ferido. Obrigado acima de tudo às autoridades locais, estatais e federais que geriram esta situação com extremo profissionalismo”, escreveu Reeves no Twitter.

O piloto, que terá 29 anos de idade, estava sozinho a bordo e foi detido pelas autoridades após a aterragem. Patterson, oriundo da localidade vizinha de Shannon, será indiciado por roubo e ameaça terrorista, informou a CNN.

O chefe de polícia de Tupelo, John Quaka, disse ainda que o homem pode ser alvo de acusações federais adicionais, já que a Administração Federal de Aviação está a investigar o incidente.

Quaka revelou que Patterson trabalhou durante dez anos para a companhia Tupelo Aviation, mas aparentemente não tinha uma licença para voar.

Depois de inicialmente ter ameaçado colidir contra um supermercado da cadeia Walmart, os negociadores da polícia conseguiram persuadi-lo a pousar no aeroporto. No entanto, à última da hora, o piloto desviou-se da rota e afastou-se da cidade.

Patterson chegou a publicar uma mensagem de “adeus” no seu perfil do Facebook, aparentemente quando estava a ficar sem combustível, diz a AFP.

“Peço desculpa a todos. Na verdade nunca quis magoar ninguém. Amo os meus pais e a minha irmã, a culpa não é vossa. Adeus”, lê-se na publicação.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.