Uma única picada de mosquito pode mexer com o nosso sistema imunitário

pixels en vrac / Flickr

Como se sofrer a picada de um mosquito não incomodasse já o suficiente, um novo estudo mostra que pode ter ainda um efeito significativo contrário no nosso sistema imunitário. 

Um novo estudo mediu os efeitos da saliva do mosquito no nosso sistema imunitário, podendo explicar como algumas doenças se espalham tão facilmente pelo nosso corpo, avança o site Science Alert.

É certo que basta uma picada de mosquito para ver o nosso sistema imunitário reagir. Porém, desde sempre tem havido a longa questão sobre se as células tipicamente protetoras podem estar, afinal, a voltar-se contra nós, ajudando a trazer os “invasores” ainda mais facilmente para dentro do nosso corpo.

Para testar esta ideia, investigadores do Baylor College of Medicine, no Texas, procuraram por mudanças nas respostas imunitárias em cobaias, a quem foram introduzidas células humanas, até uma semana depois de terem sido picados por mosquitos.

Este novo estudo substituiu as células estaminais sanguíneas nos camundongos por uma variedade que deu origem a um conjunto completo de glóbulos brancos humanos – incluindo todos os tipos de células T que combatem doenças.

Apenas seis horas depois de terem sido picados, os cobaias estavam a produzir mais células T citotóxicas, que atacam as células infetadas, e menos células T reguladoras, cujo principal objetivo é modular o sistema imunitário.

Um dia depois, as células T reguladoras estavam novamente em ascensão, enquanto outras células T diminuíram, indicando que uma resposta inflamatória contrária estava a diminuir o surto inicial.

Porém, uma semana depois, os resultados ficaram mais interessantes. A equipa notou que um tipo de célula T chamada de “duplo positivo” estava novamente a aparecer em níveis elevados no sangue, pele e medula óssea.

Além disso, as células T reguladoras também eram muito mais baixas, assim como outras células brancas, e uma análise a sinais químicos, chamados de citocinas, também apresentaram uma história complexa de atividade pró e anti-inflamatória nestes sete dias.

A saliva do mosquito é composta por centenas de proteínas diferentes, qualquer número das quais pareciam estar a manipular o sistema imunitário de uma forma que não fazia muito sentido, se o intuito era simplesmente lutar contra os agentes patogénicos esperados. Ou seja, era quase como se o sistema imunitário estivesse a oferecer ajuda.

“No contexto da infeção por arbovírus, a migração que observámos seria tarde demais para ter impacto na replicação inicial ou na disseminação do vírus”, concluem os cientistas no estudo publicado na PLOS Neglected Tropical Diseases. “Mas poderia permitir que as células infetadas voltassem à pele, onde poderiam transmitir o vírus a novos mosquitos”.

Existem boas razões para suspeitar que a saliva do mosquito pode ajudar alguns agentes patogénicos a infetar novos hospedeiros e a mover-se através de uma população, mas as evidências têm sido amplamente limitadas a modelos de cobaias, escreve o mesmo site.

O mapeamento dos comportamentos das células imunitárias humanas – mesmo que ainda estejam em cobaias – está um passo mais perto de entender como agentes infecciosos se aproveitam de vetores como os mosquitos.

Aproximadamente 750 mil pessoas morrem todos os anos por doenças que são comunicadas pela picada de um mosquito, um problema que tende piorar à medida que as alterações climáticas abrem novos territórios para essas doenças. A identificação de possíveis pontos fracos na cadeia de infeção pode apontar o caminho para novas formas de prevenção e tratamento.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …