Pharol admite processar Zeinal Bava

LinkedIn

Luís Palha da Silva, presidente do Conselho de Administração da Pharol (antiga PT SGPS)

Luís Palha da Silva, presidente do Conselho de Administração da Pharol (antiga PT SGPS)

O presidente do Conselho de Administração da Pharol, Luís Palha da Silva, admite a possibilidade de vir a processar o ex-presidente da PT, Zeinal Bava, mas não há calendário para que tal aconteça de imediato.

Os acionistas da Pharol, antiga PT SGPS, aprovaram esta quarta-feira a autorização para que a empresa possa comprar e vender ações próprias.

Questionado porque razão Zeinal Bava não faz parte dos processos que estão a decorrer com os antigos administradores da PT, entre eles Henrique Granadeiro, Luís Palha da Silva afirmou que “tudo tem de ter uma explicação quanto ao tempo e nem todos os processos que são feitos contra um administrador têm de ser aplicados contra outros administradores”.

“Essa decisão não está tomada no Conselho de Administração sobre a pessoa em concreto, embora não seja de excluir. Não temos nenhum calendário para que isso possa acontecer de imediato”, disse o presidente da Pharol aos jornalistas, no final da reunião magna de acionistas da empresa.

Esta assembleia-geral aconteceu um mês depois de a Pharol ter anunciado que tinha dado entrada no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa a primeira ação de responsabilidade contra os ex-administradores Henrique Granadeiro, Pacheco de Melo e Amílcar Pires devido aos investimentos de 897 milhões de euros na Rioforte, do Grupo Espírito Santo (GES).

No final de junho de 2014, foi tornado público que as aplicações na Rioforte, datadas de abril de 2014, ascendiam no seu conjunto a 897 milhões de euros. Estes instrumentos de dívida acabariam por vencer a 15 e 17 de julho do mesmo ano, sem a PT SGPS (atual Pharol SGPS) conseguir obter aquele montante.

A situação culminaria na saída de Henrique Granadeiro, na altura presidente executivo e do conselho de administração da PT SGPS, a 07 de agosto do ano passado, e mais tarde de Zeinal Bava da Oi.

Questionado se espera recuperar o investimento no papel comercial da Rioforte, Luís Palha da Silva afirmou: “A nós anima-nos não apenas o dever fiduciário de responsabilizar, em nome dos nossos acionistas, quem eventualmente tenha praticado atos gestão que consideramos menos corretos, mas também, obviamente, a possibilidade que os acionistas e a empresa possam ser ressarcidos” dos prejuízos causados.

Qualquer processo que a Pharol mova “terá essas duas motivações”, acrescentou o gestor.

Sobre a eventual venda da Unitel, participada da empresária angolana Isabel dos Santos, pela Oi, a Pharol, que detém 27,18% da operadora brasileira, vê com bons olhos.

“Aprovamos totalmente os eixos estratégicos da Oi” e entre eles estão o reforço do balanço, que passa pela venda de ativos “que são menos importantes para o desenvolvimento da Oi”.

Ora, “a Oi é um deles”, disse.

“Ficaremos muito satisfeitos” se for possível chegar a um acordo, concluiu sobre o assunto.

No que respeita a uma eventual fusão entre a Oi e a TIM, o presidente da Pharol recordou que um dos eixos estratégicos da operadora brasileira “é participar ativamente em processo de consolidação”.

“Esse potencial da operação com a TIM é uma das oportunidades que vai ser estudada e nós, obviamente, suportamos totalmente”, acrescentou.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Bansky só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …

Espiões russos foram à Irlanda investigar cabos submarinos de Internet. Teme-se que os cortem

Esta segunda-feira, o mundo entrou em estado de alerta: agentes secretos da Rússia foram descobertos na Irlanda, numa missão para mapear a localização exata dos cabos submarinos que conectam a Europa à América do Norte. Não …

Telmo Correia eleito líder parlamentar do CDS-PP por unanimidade

O deputado foi eleito, esta terça-feira, presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP, sucedendo a Cecília Meireles, numa votação em que contou com os votos favoráveis dos restantes quatro eleitos centristas. O anúncio foi feito no Parlamento …

Site de genealogia "salva" homem preso há 15 anos por um crime que não cometeu

Ricky Davis é a primeira pessoa a ser libertada com recurso a testes modernos de ADN no estado da Califórnia e o segundo nos Estados Unidos. Ricky Davis tinha 20 anos quando Jane Hylton, de 54 …

Bolsonaro acusado de fazer insinuação sexual contra jornalista

O Presidente do Brasil foi acusado, esta terça-feira, de fazer uma insinuação de natureza sexual contra uma jornalista do jornal Folha de São Paulo. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a jornalista em …