Pfizer vai entregar mais 10 milhões de doses da vacina à UE no 2.º trimestre

Abir Sultan / EPA

Ursula von der Leyen revelou esta terça-feira que a Pfizer/BioNTech vai assegurar uma entrega adicional de 10 milhões de doses da vacina contra a covid-19 no segundo trimestre deste ano.

A Comissão Europeia chegou a acordo com a Pfizer/BioNTech para garantir uma entrega adicional de 10 milhões de doses da vacina contra a covid-19 no segundo trimestre deste ano. No total, a fabricante vai fornecer 100 milhões de doses entre abril e junho.

A informação foi dada pela presidente da Comissão Europeia na rede social Twitter.

O acordo permite aos estados-membros ter uma maior margem de manobra e possivelmente vão poder “preencher lacunas nas entregas” das doses.

No total, entre abril e junho, a UE vai ter disponíveis 200 milhões de doses desta vacina.

Atualmente, são quatro as vacinas aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento para uso em território europeu: BioNTech/Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen (grupo Johnson & Johnson).

De recordar que as autoridades de saúde portuguesas decidiram ontem suspender o uso da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 por motivos de “precaução” e “saúde pública”.

Neste sentido, o processo de vacinação atrasa duas semanas e é interrompido o plano de vacinar professores e funcionários escolares já a partir deste fim de semana.

OMS discute vacina da AstraZeneca

Assim, o comité de especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a segurança de vacinas reúne-se esta terça-feira para discutir a vacina.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse na segunda-feira que o comité “está a rever os dados disponíveis” sobre a vacina AstraZeneca/Oxford e que assim se reunirá.

Esta reunião surge quando mais de uma dezena países europeus, incluindo Portugal, decidiram, por precaução, suspender a administração da vacina após relatos de aparecimento de coágulos sanguíneos e da morte de pessoas inoculadas.

Tedros Adhanom Ghebreyesu referiu que, apesar de não haver uma ligação entre a vacina e os casos reportados, “constitui boa prática investigá-los”, acrescentando que o comité de peritos da OMS para a segurança das vacinas “está em contacto estreito” com a Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglêss), que se reúne na quinta-feira para avaliar a vacina.

Na quinta-feira passada, o regulador europeu do medicamento indicou que não existem provas de um aumento de risco de coagulação sanguínea em pessoas vacinadas com este fármaco contra a covid-19.

Na segunda-feira, a EMA defendeu que “os benefícios” da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 “superam os riscos de efeitos secundários”, garantindo ainda assim uma “análise rigorosa” às situações de formação de coágulos sanguíneos em vacinados.

“Enquanto a investigação está em curso, a EMA continua a considerar que os benefícios da vacina AstraZeneca na prevenção da covid-19, com o risco associado de hospitalização e morte [devido à pandemia], superam os riscos de efeitos secundários”, referiu o regulador europeu em nota de imprensa.

A OMS tem defendido que “não há razão para não usar esta vacina”.

O grupo farmacêutico anglo-sueco assegurou, por sua vez, não haver “qualquer prova da existência de um risco aumentado” de se verificarem coágulos sanguíneos causados pela sua vacina.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ninguém sabe do paradeiro dos Evangelhos Garima, um dos maiores tesouros do mundo cristão

Depois de terem sobrevivido a 1.500 anos de história num mosteiro remoto, os Evangelhos Garima enfrentam agora a sua ameaça mais grave. Um dos maiores tesouros do mundo cristão, guardado durante mais de 1.500 anos no …

"Estou preocupado". Ex-piloto da Marinha dos EUA diz que via OVNIs "todos os dias"

Um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos diz que, durante anos, viu Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) "todos os dias". Depois de anos a ignorar a questão, uma task force do Pentágono prepara-se para revelar …

Peru está a investigar se a lixívia pode curar a covid-19

O congresso do Peru votou para investigar se beber ou injetar uma lixívia industrial poderia curar a covid-19. A moção foi aprovada com 49 votos a favor e 39 votos contra. Está a ser criado um …

Há vestígios de ouro nesta imagem de satélite

As operações de mineração num dos maiores depósitos de ouro da Rússia, em Aldan, incluem um método que deixa rastos na paisagem. E são visíveis do Espaço. A imagem de satélite, tirada em setembro de 2019, …

Dezenas de corpos de vítimas de covid-19 encontrados nas margens do rio Ganges

Ciclone Tauktae faz pelo menos 33 mortos na Índia (e paralisa vacinação contra covid-19)

Pelo menos 33 pessoas morreram e quase cem estão desaparecidas na Índia, devido ao impacto do ciclone Tauktae, esta terça-feira. O país também registou o maior número de mortes diárias provocadas pela covid-19. Centenas de milhares …

Cientistas criam dispositivos de testagem que produzem resultados em tempo recorde

Cientistas criaram dispositivos que permitem detetar infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 num segundo ou em menos de 30 minutos, conforme a técnica usada, revelam dois estudos distintos divulgados esta terça-feira na imprensa da especialidade. Investigadores das …

CP está a vender bilhetes com 80% de desconto

A CP tem uma nova campanha, que entra em vigor esta terça-feira, através da qual disponibiliza cerca de 17.920 viagens com descontos até 80% nos comboios intercidades. De acordo com o jornal Público, os bilhetes abrangidos …

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …