Petição de Cristina Ferreira contra cyberbullying já reúne mais de 37 mil assinaturas

Cristina Ferreira lançou este sábado (28) uma petição contra o ódio e a agressão na internet que já conta com mais de 37 mil assinaturas. O objetivo é levar este tema à Assembleia da República.

Cristina Ferreira iniciou um movimento de combate ao cyberbullying. No sábado (28), numa entrevista ao Jornal das 8 a propósito do lançamento do seu novo livro Pra Cima de Puta, a diretora de Entretenimento e Ficção da TVI anunciou a criação de uma petição pública para levar o tema à Assembleia da República.

Em menos de 48 horas, o documento já conta com 37 mil assinaturas, ou seja, mais 29 mil do que as necessárias para que a petição seja levada ao plenário.

Em entrevista, a apresentadora falou sobre a publicação que resultou dos vários ataques de que foi alvo nas redes sociais. “São uma tentativa clara de destruir, destruir a minha moral, destruir quem eu sou, pessoalmente”, disse. A apresentadora entende que é alvo de críticas porque “Portugal não suporta a evidência do sucesso“, citando Valter Hugo Mãe, que escreveu o prefácio do livro. “As pessoas culpam-nos porque nos corre bem, porque trabalhámos para isso, porque atingimos este patamar”, afirmou.

No texto da petição percebe-se o objetivo de Cristina Ferreira em criar um debate público sobre o cyberbullying: “Sem formas de regulação, sem o exercício da regulação, julgamentos sumários e agressões gratuitas continuarão a multiplicar-se impunemente na internet. Esta maledicência de extrema violência – este tipo de crime! – não pode continuar. Esta imensa maldade não pode subsistir e servir de escola às nossas crianças.O cyberbullying tortura milhares de crianças, que crescem com problemas sérios e chegam até a suicidar-se. Permito-me temer que continuarmos a ignorar este estado de coisas acarretará consequências devastadoras, irreversíveis – será matar a cidadania e a democracia”.

Através de um story publicado nas suas redes sociais, fez notar que são várias as vozes que já passaram por esta situação. “Recebi milhares de mensagens a reportar histórias pessoais de agressão e ofensa. Todos relatam os episódios como traumáticos e causadores de baixa autoestima. Estamos a falar de milhares de anónimos que se sentem representados na voz que chegará à Assembleia. Por todos. Alguma coisa há-de mudar“.

Petição será avaliada em 2021

A petição será levada a plenário, mas só em 2021. Tendo sido assinada por um mínimo de 1 000 cidadãos é, obrigatoriamente, publicada no Diário da Assembleia da República e os peticionários são ouvidos em audição na comissão.

Se for subscrita por mais de 4 000 cidadãos, então é apreciada em Plenário da Assembleia.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Já agora aproveite e faça também outra contra a vaidade e opulência, se está a ser alvo de certas críticas e algumas delas serão injustas e mal-educadas, também ela tem alguma culpa desta situação com a sua forma imposicionista e autoritária de andar constantemente nas capas dos jornais e não só. Aconselho a quem não gostar que faça como eu, aparece a Cristina, mudo de canal.

  2. Conheci um superior hierárquico, muito mal apreciado por a grande parte dos outros profissionais, que dizia em certas circonstancias …”prefiro que digam mal de min que ser ignorado” . No caso desta Sra., é evidente que precisa como pão para a boca de ter sempre os holofotes virados para Ela, para isso nem que seja preciso recorrer a todas as estratégias possíveis e imaginarias. Mas enfim, só lhe dá atenção e valor quem quer !…..é uma questão de gosto. Pessoalmente o tipo de programa e artigos que lhe são concedidos, a mim não me sabe a nada nem me trás nada de proveitoso em termos de cultura geral !

  3. De facto, este tipo de programas podem considerar-se atentatórios até da dignidade humana. Só vê quem quer, mas custa muito saber que estas criaturas são pagas a peso de ouro apenas com o intuito de alienar o povo. Não contribuem em nada para a formação de ninguém. E quando se escreve um livro ao qual e dá um título destes de que é que se está à espera ?

RESPONDER

PRR. Nome de Vítor Caldeira na mesa para presidir à Comissão de Auditoria e Controlo

O inspetor-geral de Finanças vai presidir à Comissão de Auditoria e Controlo (CAC) que acompanhará a implementação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e que deverá, também, integrar o ex-presidente do Tribunal de Contas …

Altice Portugal avança "nas próximas semanas" com despedimento coletivo

A Altice Portugal confirmou esta terça-feira à Lusa que vai dar início, "nas próximas semanas", a um processo de rescisões de contratos de trabalho através de despedimento coletivo, no âmbito do Plano Integrado de Reorganização, …

BE e PAN criticam "falta de liberdade de expressão" no Porto

As deputadas do Bloco de Esquerda e do PAN na Assembleia Municipal do Porto criticaram a “falta de liberdade de expressão” na cidade, depois de dois grafitis terem sido “apagados pelos serviços da autarquia”. “Soubemos que …

Marcelo pede aos jovens que facilitem vacinação em "corrida contrarrelógio"

O Presidente da República fez esta terça-feira um apelo aos jovens para que não deixem de se vacinar e adequem a habitual mobilidade no período do verão para facilitar um processo de vacinação em "corrida …

“Nenhum país está preparado para um evento da magnitude de Pedrógão Grande", diz Comissão Técnica Independente

O engenheiro António Salgueiro, da Comissão Técnica Independente (CTI) que avaliou os incêndios na Região Centro em junho de 2017, afirmou esta terça-feira que nenhum país está preparado para a magnitude do fogo de Pedrógão …

Escócia também adia desconfinamento para julho

A Escócia também decidiu adiar o desconfinamento por várias semanas, tal como Inglaterra, devido ao agravamento da pandemia no Reino Unido, que registou 27 mortes e 11.625 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Inicialmente …

Países do Golfo continuarão dependentes do petróleo por mais uma década

Um estudo da agência de notação financeira Moody's revelou que os países exportadores de petróleo do Golfo vão continuar dependentes da produção de hidrocarbonetos pelo menos na próxima década. Segundo o estudo, citado pela agência Reuters, …

PSP do Porto reforça policiamento no São João e apela ao cumprimento das regras

A PSP do Porto garantiu, esta terça-feira, que vai reforçar o policiamento na noite de São João, de quarta para quinta-feira, e apela ao cumprimento das regras atendendo ao contexto atual da pandemia de covid-19. “Solicita-se …

UE garante compra de mais 150 milhões de doses da vacina da Moderna

A Comissão Europeia aprovou esta terça-feira a alteração ao segundo contrato com a farmacêutica Moderna para a ativação, em nome de todos os Estados-membros da União Europeia (UE), de 150 milhões de doses adicionais em …

Lisboa sobe mais de 20 lugares no ranking. É a 83.ª cidade mais cara do mundo

Lisboa é a 83.ª cidade mais cara do mundo em termos de custo de vida, subindo 23 posições no ranking em relação ao ano passado, num estudo da Mercer divulgado esta terça-feira, que é liderado …