Peter Handke e Olga Tokarczuk vencem prémio Nobel da Literatura

Niklas Elmehed / The Swedish Academy

Peter Handke e Olga Tokarczuk foram os grandes vencedores do prémio Nobel da Literatura de 2019 e 2018, respetivamente. O prémio não foi atribuído no ano passado devido ao escândalo de abuso sexual na Academia Sueca.

O escritor austríaco Peter Handke foi o vencedor deste ano do prémio Nobel da Literatura, “graças ao seu trabalho influente que com ingenuidade linguística explorou a periferia e a especificidade da experiência humana”, anunciou a Academia Sueca.

A sua paixão pelo cinema e pela pintura são duas grandes inspirações nas suas obras, que fazem dele um dos mais influentes escritores na Europa após a Segunda Guerra Mundial. O seu primeiro romance “Die Hornissen” foi publicado em 1966.

Em 1961, Handke ingressou no curso de Direito da Universidade de Graz. Abandonou os estudos após a publicação do seu primeiro romance e, desde então, tem dedicado a sua vida à escrita, distinguindo-se essencialmente como dramaturgo.

Hanke causou controvérsia pelas suas declarações anti-NATO e a favor da Sérvia. Em abril de 1999 voltou a reafirmar a sua oposição à política belicista da NATO e aos ataques a Belgrado.

Os vencedores do prémio Nobel da Literatura referentes a 2018 e 2019 foram hoje anunciados em Estocolmo, depois de um ano de suspensão devido a um escândalo de abuso sexual e crimes financeiros, que abalou a Academia Sueca.

A vencedora da edição do ano passado foi a autora polaca Olga Tokarczuk, “pela sua imaginação narrativa que com paixão enciclopédica representa a quebra de barreiras como forma de vida”, lê-se na sua publicação no Twitter.

Em 2018, a polaca venceu ainda o Prémio Internacional Man Booker. Antes de se tornar escritora, Tokarczuk era terapeuta, tendo-se licenciado em Psicologia na Universidade de Varsóvia.

A escritora também esteve envolvida numa polémica, com um grupo de patriotas polacos a exigir que a autora perdesse a sua condecoração, devido a alegações que “mancharam o bom nome da nação polaca”.

O Nobel da Literatura, atualmente no valor de nove milhões de coroas suecas (cerca de 827 mil euros), é atribuído ao escritor que, nas palavras do testamento de Alfred Nobel, produza, “no campo da literatura, o trabalho mais notável numa direção ideal”.

O último vencedor do galardão tinha sido o japonês Kazuo Ishiguro. No ano anterior, o músico e compositor norte-americano Bob Dylan foi o vencedor do Nobel.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …

Real Madrid não volta ao Santiago Bernabéu até final da temporada

O Real Madrid vai disputar os restantes jogos da Liga espanhola de futebol na condição de visitado no estádio Alfredo di Stéfano, no centro de treinos merengue. Segundo a agência EFE, Florentino Pérez enviou uma carta …

Metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona mantê-lo

A pandemia veio mudar a forma como trabalhamos. Quase metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona manter a atividade, ou parte dela, em regime de trabalho remoto.  De acordo com um inquérito da CIP - …

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …

O vírus "não desapareceu". DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Graça Freitas apelou aos adeptos de futebol para que respeitem as regras da Direção-Geral da Saúde, sublinhando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais. Durante …

PSD junta-se ao Bloco e PCP e pede apreciação parlamentar do decreto das PPP na Saúde

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que regulamenta a criação de parcerias público-privadas (PPP) na Saúde. O maior partido da oposição junta-se assim ao Bloco de Esquerda e PCP, embora com motivos diferentes. Os sociais-democratas …

Reembolsos de IRS estão a ser "indevidamente retidos", denuncia Provedora de Justiça

Maria Lúcia Amaral escreveu ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais para pedir a correção de erros, lembrando que o reembolso é uma ajuda preciosa para muitas famílias, nomeadamente nesta altura. A Provedora de Justiça, Maria …

Rússia quer exportar antiviral que diz ser eficaz em 90% dos casos

O antiviral Afivavir mostrou ser eficaz no combate ao novo coronavírus em 90% dos casos, mas não estará à venda em farmácias. A Rússia planeia exportar para vários países do mundo um medicamento para a …