Linguagem anti-animal. PETA quer acabar com o pau e atirar o peixe ao gato

E se fosse proibido dizer “agarrar o touro pelos cornos”? A associação de defesa dos animais PETA quer eliminar da linguagem quotidiana expressões que ofendem várias espécies, dando alternativas de expressões pet-friendly.

Há várias expressões que envolvem animais usadas, muitas vezes inconscientemente, no nosso quotidiano. “Agarrar o touro pelos cornos” ou “matar dois coelhos de uma cajadada só” são exemplos comuns de como invocamos expressões animalescas em vão. Será um pecado?

Para a associação não-governamental para a defesa dos animais, sim. A PETA considera que este tipo de expressões e ditados são pouco simpáticos para os animais e, por esse motivo, pretende acabar com eles – ou matá-los de uma cajadada só.

A organização partilhou a sua intenção no Twitter, sublinhando que “as palavras importam” e que a linguagem também deve evoluir, acompanhando a evolução da compreensão da justiça social. Por esse motivo, a associação apresentou algumas alternativas a expressões comuns em inglês para evitar usar “linguagem anti-animal”.

“As palavras importam. E à medida que o nosso entendimento de justiça social evolui, a nossa linguagem evolui também. Vejamos como podemos remover o especissismo das nossas conversas diárias”, escreveu a PETA num tweet que rapidamente se tornou viral, dividindo as reações em três extremos: contestação, humor e manifestações de apoio.

Há alguns ditados que têm correspondência para português. A PETA sugere que em vez de se dizer “pegar o touro pelos cornos”, se diga “pegar nas flores pelos espinhos“, por exemplo. Além disso, em vez de se “matar dois pássaros [o equivalente aos coelhos em português] de uma cajadada só”, a PETA pede a substituição desta expressão por “alimentar dois pássaros com um scone“.

Segundo o Público, aproveitando a boleia, podemos adaptar uma infinidade de frases comuns na língua portuguesa. É o caso de “gato escaldado”, que poderá ser substituído por “gato esfriado”.

No entanto, esta alteração de expressões não é recente, nem sequer em Portugal. Pelo mesmo motivo que a associação invoca, já foram criadas alternativas a algumas músicas infantis. Para o popular “atirei um pau ao gato”, sugere-se que se atire um peixe ao felino.

Será o peixe a solução pet-friendly para esta popular música ou será um exagero considerar que o “pau” torna esta letra numa linguagem anti-animal? Nas redes sociais, o assunto já está a ser debatido. Por aqui, ficamos com a certeza de que, pelo menos nesta versão da música, o gato não passa fome.

LM, ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Respeito pelos animais, sem dúvida! SEMPRE!

    Mas mudar expressões linguísticas com séculos de existência, faz-me rir. Evidentemente já não têm mais nada para fazer em defesa do s animais….

  2. Vergonhoso a nova ditadura dos que fingem ser pessoas de bem mas umas , pessoas maldosas e invejosas , que tudo querem destruir, doa a quem doer. Tenham vergonha e percam tempo com outras coisas, olhem , vão semear batatas, vão roçar mato, ajudem as as pessoas frágeis. Tenham juizo !!!

  3. Por acaso eu e os meus amigos sempre aprendemos uma letra diferente que era de resto aquela que cantávamos. Em vez de gato considerávamos jafo. O resto era igual.

  4. colectivismo em acção….

    quanto mais se permite a esta gentinha mais querem.

    daqui a pouco não há linguagem, não poderemos comunicar uns com os outros….

    é uma mistura de “1984” e “admirável mundo novo”.

RESPONDER

Deputado do PS nega presença-fantasma no Parlamento, mas Facebook desmente-o

Há mais um caso de um deputado com uma presença-fantasma no Parlamento. Desta vez, é afectada a bancada do PS e o deputado Nuno Sá que nega não ter estado no plenário a 12 de …

Funcionários públicos passarão a ter inscrição automática na ADSE

A inscrição dos funcionários públicos na ADSE passará a ser feita de forma automática, em vez de partir da iniciativa dos trabalhadores. Segundo o Público, esta medida esteve em cima da mesa numa reunião entre o …

Os papagaios são os "seres humanos" do mundo dos pássaros (e a genética explica porquê)

O papagaio-comum está para as outras aves assim como o ser humano está para os demais primatas: vive mais e é mais inteligente. Isto pode ser evidente a "olho nu", mas até agora não se conhecia …

Greve dos bombeiros arranca esta terça-feira e dura até janeiro

Os bombeiros profissionais vão estar em greve de quarta-feira a 2 de janeiro, com os Sapadores de Lisboa a começar a paralisação já esta noite, contra as propostas do Governo sobre estatuto e aposentação. Em Lisboa …

José Mourinho despedido do Manchester United

O técnico português José Mourinho foi esta terça-feira despedido do comando técnico do Manchester United, informou o clube britânico. A demissão, anunciada através do Twitter oficial do clube, surge após a derrota (3-1) frente ao Liverpool …

Ghosn terá desviado dinheiro para comprar casas, férias e até batatas fritas

O franco-brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, terá usado verbas da empresas para fins pessoais, para pagar desde casas a férias, até pacotes de batatas fritas, concluiu uma nova investigação. Ghosn está detido e foi oficialmente …

Afinal, os tornados não se formam como os meteorologistas pensavam

Se imaginarmos um tornado a formar-se, pensamos numa nuvem em forma de funil a descer dos céus como se fosse um dedo malicioso a tocar na Terra. No entanto, este modelo "de cima para baixo" …

Arqueólogos revelam o que se esconde debaixo do castelo do "Conde Drácula"

Os arqueólogos estudaram o conhecido castelo de Corvin na região romena de Transilvânia, onde Vlad III foi preso, e encontraram vestígios de várias estruturas desconhecidas. O castelo de Corvin, também conhecido como Castelo de Hunyadi ou …

Bola de fogo que explodiu na Gronelândia poderia ajudar-nos a estudar mundos alienígenas

Uma misteriosa bola de fogo que explodiu sobre a Gronelândia poderia ajudar-nos a estudar a estrutura de mundos alienígenas distantes e cobertos de gelo. Apesar de os primeiros dados terem demonstrado que a bola de fogo …

O interior dos buracos negros cresce (quase) para sempre

Os buracos negros são sugadores exímios, e nem a luz consegue escapar. Mas por que razão continuam a expandir-se? Agora, um dos maiores físicos do mundo apresentou uma nova explicação. Leonard Susskind propôs uma solução para …