A Peste Justiniana também assolou a Europa

M. Schweissing, SNSB - Staatssammlung für Anthropologie und Paläoanatomie München

Uma equipa internacional de cientistas descobriu novas diversidades da Peste Justiniana, também conhecida como a Primeira Pandemia. A investigação vem também confirmar que a praga devastou também a Europa.

Yersinia pestis é a bactéria responsável pelas várias pragas que foram marcando a História, sendo fonte, por exemplo, da Peste Negra.

Na nova investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na PNAS, os cientistas quiseram saber mais sobre a primeira pandemia conhecida que ocorreu devido a infeções por Y. pestis. Esta praga, que se estendeu entre 541 a 750 d.C, foi batizada em homenagem ao imperador bizantino Justiniano I.

Alguns historiadores estimam que a Peste Justiniana pode ter matado aproximadamente 25% da população de todo o território que antes era ocupado pelo o Império Romano.

Para compreender a praga, a equipa estudou restos mortais das vítimas enterradas na Alemanha, França e Espanha. Os cientistas estudaram também restos ósseos de um local específico da Grã-Bretanha para tentar perceber se a pandemia atingiu as Ilhas Britânicas.

Os cientistas estudaram restos encontrados em 21 locais e conseguiram reconstruir o genoma da Y. pestis em oito dos casos. Depois de sequenciado, foi comparado com o sequenciamento de dados de outros estudos que trabalharam com estripes antigas e modernas da mesma bactéria.

A equipe encontrou evidências de Y. pestis na Grã-Bretanha (num chamado Edix Hill), confirmando que a pandemia chegou às Ilhas Britânicas. Foram também descobertas estripes da bactéria até agora desconhecidas. Os cientistas relatam terem encontrado oito tipos na Alemanha, Grã-Bretanha, Espanha e França.

Os pesquisadores observam que suas descobertas mostram que havia vários tipos das bactérias envolvidas na pandemia e que todas estavam intimamente relacionadas.

Apesar de terem descoberto novas estripes, os cientistas frisam que ainda não conseguiram identificar o origem da Primeira Pandemia. A equipa sugere que as bactérias tenham começado a proliferar na Ásia Central, muito antes de a pandemia começar.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …

Cientistas observaram pela primeira vez porcos a usar ferramentas

Uma equipa de cientistas registou pela primeira vez uma família de javalis das Visayas, num jardim zoológico em Paris, a usar paus para cavar e construir ninhos. Os porcos não gostam só de chafurdar na lama …

Transição verde: o mundo tem muito a aprender com uma pequena cidade na Islândia

Uma pequena cidade no norte da Islândia tornou-se quase neutra em dióxido de carbono (CO2). Uma equipa de cientistas viajou até ao país insular nórdico para descobrir como podemos aprender com esta cidade. Atualmente, as cidades …

Adolfo Mesquita Nunes não será candidato à liderança do CDS

Adolfo Mesquita Nunes anunciou este domingo que não será candidato à liderança do CDS. A garantia foi deixada pelo próprio, na sua página pessoal de Facebook, depois de ter sido desafiado por António Pires de …

Afastado desde a noite eleitoral, Rui Rio volta para lançar suspeitas sobre a RTP

Afastado dos holofotes desde a noite eleitoral e sem dizer se se vai recandidatar à liderança do PSD, Rui Rio recorreu ao Twitter para comentar as suas suspeitas sobre a RTP. O líder social-democrata recorreu às …

Iniciativa Liberal vai votar contra programa de Costa

O deputado eleito do Iniciativa Liberal vai votar contra o Programa de Governo, e revela que as suas primeiras propostas serão de desagravamento fiscal perante um Parlamento onde se quer sentar ao meio, "o mais …