As pessoas mais altas vivem menos tempo (e a culpa é do ADN)

Uma equipa de cientistas britânicos e noruegueses descobriu que as pessoas mais altas tendem a ter vidas mais curtas por causa do ADN.

O estudo elaborado em parceria pela Universidade de Glasgow, na Escócia, e pela Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia centrou-se na análise das mudanças do ADN em função do tamanho do corpo.

Os investigadores focaram-se nos telómeros, as estruturas especiais do ADN que todos os animais possuem nas terminações dos cromossomas e que são definidas como uma espécie de cápsulas protectoras, semelhantes aos cones plásticos das extremidades dos sapatos.

Telómeros mais curtos têm sido associados ao envelhecimento e a doenças de risco como o cancro. Assim, ter telómeros mais longos dará aos indivíduos uma vantagem em termos de saúde e de esperança média de vida.

De acordo com o estudo, publicado nos Proceedings da Sociedade Real de Ciências Biológicas britânica, ficar maior pode significar maior perda de telómeros e um envelhecimento mais rápido.

“Desenvolver um corpo maior significa que as células têm que se dividir mais. Como resultado, os telómeros ficam corroídos mais depressa e, como consequência, as células e os tecidos funcionam menos bem”, constata Pat Monaghan, professor de Zoologia na Universidade de Glasgow e líder do estudo, citado pelo site da instituição de ensino.

“A razão pelo qual indivíduos maiores têm telómeros mais curtos pode também estar relacionada com danos acrescidos no ADN devido a um crescimento mais rápido. Ser grande pode ter vantagens, claro, mas este estudo mostra que também pode ter custos“, acrescenta Pat Monaghan.

Os investigadores tiveram como objecto de estudo pardais selvagens da isolada ilha de Leka, na Noruega, e apuraram que as aves com estruturas esqueléticas maiores possuíam telómeros mais curtos.

Os pardais continuaram a crescer, no âmbito de um programa de reprodução selectiva, e os seus telómeros ficaram ainda mais curtos.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …