Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a “pedra negra”, presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as autoridades da Arábia Saudita.

Além de evitar tocar ou beijar a Caaba – construção em forma de cubo que tem incrustada a “pedra negra”, que os muçulmanos consideram um pedaço retirado do paraíso -, os peregrinos encontrarão cercas e barreiras de segurança, de acordo com a agência de notícias SPA, citada pela agência Lusa.

Com essas medidas, o Centro Saudita de Controlo e Prevenção de Doenças tentará impedir que as pessoas se aproximem do local e mantenham uma distância de segurança de pelo menos um metro e meio enquanto circulam ao redor do cubo.

Também haverá postos de controlo em todas as entradas de Meca, incluindo nas paragens de autocarros e no pátio da mesquita, para medir a temperatura de todos os fiéis, que também precisam usar máscara durante o ritual.

Os “casos suspeitos” de covid-19 devem passar por uma avaliação médica antes que possam fazer a peregrinação, embora possam fazê-lo em grupos especiais. As autoridades também permitirão orações em grupo, sob rigorosas medidas preventivas, mas removerão todos os tapetes da Grande Mesquita de Meca para que cada fiel use o seu próprio tapete.

O governo da Arábia Saudita anunciou em 22 de junho que este ano apenas um número limitado de residentes do país poderá fazer a peregrinação a Meca, para que “o ritual seja seguro” e “cumpra as medidas preventivas”, pelo que os estrangeiros não poderão viajar para o país.

As autoridades sauditas estimam em “milhares” o número de peregrinos que irão a Meca para o “haje” – peregrinação a Meca, considerada como um dos cinco pilares do islamismo -, em comparação com quase 2,5 milhões que o fizeram no ano passado.

A Arábia Saudita tem mais de 209 mil casos registados e ainda mais de 1.900 óbitos causados pela covid-19. A pandemia já provocou mais de 531 mil mortos e infetou mais de 11,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tim Cook acaba de se juntar ao clube dos milionário à boleia de recorde histórico da Apple

O diretor-executivo (CEO) da Apple, Tim Cook, acaba de se juntar à lista de multimilionários do mundo, depois de a gigante tecnológica norte-americana atingir um valor de mercado histórico. De acordo com os cálculos da …

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …