Pela primeira vez, uma flor desabrochou no espaço

Scott Kelly / Twitter

A primeira flor a desabrochar no espaço

Há uma flor de zínia a florescer no espaço, a bordo da Estação Espacial Internacional, revelou o astronauta da NASA, Scott Kelly, na sua página no Twitter no sábado.

Estas flores cor de laranja tornaram-se parte das experiências destinadas a cultivar flores e legumes no espaço, realizados pela equipa de cientistas que trabalha na Estação Espacial.

As experiências começaram há um ano atrás. Em agosto de 2015, a equipa conseguiu pela primeira vez cultivar e colher alfaces.

Os legumes foram cultivados com o uso do sistema Veggie, instalado na estação em maio de 2015.

Este sistema é equipado com luzes LED, vermelha, azul e verde, para estimular o crescimento de plantas em condições de imponderabilidade e ausência de luz visível.

Apesar de as flores de zínia não serem comestíveis, a equipa da Estação Espacial Internacional escolheu esta flor para entender melhor o processo de cultivo de plantas no espaço, explicou o gestor do programa da NASA, Trent Smith.

“O cultivo de plantas de zínia ajudará a aumentar o nosso conhecimento sobre a forma como as flores e as plantas comestíveis que frutificam, como o tomate, devem ser cultivadas e consumidas no espaço”, revelou Smith.

“Usando este sistema Veggie, parece que poderemos vir a ter um jardim em órbita”, diz Smith.

ZAP / SN

PARTILHAR

RESPONDER

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …