Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

(dr) Matthew Robert Bennett

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos.

A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as Américas foram os últimos continentes alcançados pelos humanos, com os primeiros pioneiros a atravessar a agora submersa ponte terrestre de Bering que ligava o leste da Sibéria à América do Norte.

Às vezes, durante a era glacial do Plistoceno, que terminou há 10.000 anos, grandes mantos de gelo cobriam grande parte da Europa e da América do Norte. A água presa nesses mantos de gelo baixou o nível do mar, permitindo que as pessoas percorressem a ponte da Ásia através do Ártico até ao Alasca.



Mas durante o pico do último ciclo glacial, o seu caminho para as Américas foi bloqueado por uma camada de gelo continental.

Até agora, os cientistas acreditavam que os humanos só viajaram para as Américas quando esta barreira de gelo começou a derreter — no mínimo, há 16.500 anos. Mas uma equipa de investigadores descobriu um conjunto de pegadas fósseis que sugerem que os humanos pisaram pela primeira vez o continente milhares de anos antes.

Essas pegadas, descobertas no Parque Nacional White Sands, no Novo México, foram feitas por um grupo de adolescentes, crianças e um adulto, e foram datadas da altura do último máximo glacial, há cerca de 23.000 anos. Isto torna-os potencialmente a evidência mais antiga da nossa espécie nas Américas.

As descobertas sustentam a ideia de que os humanos estavam presentes na parte sul da América do Norte antes do último pico glacial — uma teoria que até agora foi baseada em evidências controversas e potencialmente duvidáveis.

Temos a tendência de imaginar os nossos antepassados envolvidos em lutas de vida ou morte — forçados a lutar simplesmente para sobreviver. No entanto, as evidências de White Sands sugerem um ambiente lúdico e relativamente descontraído, com adolescentes e crianças a passarem tempo juntos num grupo.

Isto talvez não seja tão surpreendente. Crianças e adolescentes são mais enérgicos e brincalhões do que os adultos e, portanto, deixam mais rastos. Os adultos tendem a ser mais ponderados nos seus movimentos, deixando menos rastos.

Mas outra interpretação destas novas evidências é que os adolescentes faziam parte da força de trabalho destes primeiros bandos de caçadores-coletores. É possível que as pegadas tenham sido deixadas por jovens à procura e a carregar recursos para os seus pais.

Em qualquer caso, as pessoas que deixaram os seus rastos em White Sands foram alguns dos primeiros adolescentes americanos conhecidos. Gravadas na pedra, as suas pegadas prestam homenagem aos seus antepassados, que agora sabemos que caminharam pela longa ponte de terra nas Américas milénios antes do que se acreditava.

  ZAP // The Conversation

PARTILHAR

RESPONDER

Físicos fazem medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão

Uma equipa de físicos fez a medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão. Este avanço da Física pode ajudar a responder a perguntas sobre o Universo primitivo. Já sabemos - com uma incerteza …

O "telescópio que comeu a astronomia" vai olhar para a Idade das Trevas do Universo

Astrónomos da NASA vão usar o Telescópio Espacial James Webb para olhar para trás no tempo até à Idade das Trevas do Universo. Alguns chamaram o Telescópio Espacial James Webb da NASA de "telescópio que comeu …

Estudo da Universidade do Minho defende legalização da prostituição em Portugal

Um estudo de um investigador da Universidade do Minho (UMinho) defende a legalização da prostituição em Portugal e denuncia a “ineficácia do modelo abolicionista” em vigor desde 1983, anunciou esta quinta-feira aquela academia. Em comunicado, a …

Dispositivo vestível impresso a 3D não precisa de ser carregado

Um grupo de especialistas desenvolveu um dispositivo vestível a que chamaram “dispositivo biossimbiótico”, que conta com vários benefícios. O novo dispositivo é impresso em 3D, personalizado e baseado em análises corporais dos utilizadores e ainda pode …

Microsoft encerra o LinkedIn na China devido às restrições locais

A Microsoft informou esta quinta-feira que irá encerrar a rede profissional LinkedIn na China até ao final do ano, justificando a decisão com a existência de um "ambiente operacional difícil", segundo a agência France-Presse (AFP). O …

Ceni anunciado mas adeptos avisam: "Só será treinador se falar connosco antes"

Mudança de treinador no São Paulo: saiu Crespo e regressou a "lenda" do clube, Ceni. Mas há palavras que não se esquecem... Mais uma mudança de equipa técnica no Brasileirão. Desta vez no São Paulo, que …

No Japão, milhares de idosos morrem sozinhos. Agora, um sistema ajuda na deteção de cadáveres nas casas

Monitorização dos edifícios permite perceber se há movimento dos ocupantes dentro das casas. Desta forma, é mais fácil evitar que corpos em decomposição permanecem no local ao longo de muito tempo. O Japão é um dos …

"Nunca tive tanto medo na minha vida". Ruth estava a dormir quando meteorito lhe caiu na cama

A mulher ficou assustada com o incidente, mas acabou por sair ilesa. Agora, pretende recuperar dos danos causados e admite que quer conservar a pedra. Parece ficção, mas a história aconteceu na cidade de Golden, no …

Corrida ao peru de Natal. Britânicos temem não ter a iguaria na mesa - e a culpa é do Brexit

No Reino Unido, há falta de mão de obra na agricultura e a criação de perus está a ser uma das áreas mais afetadas. Procura da iguaria natalícia já aumentou. Na quinta "Flower Farm", no coração …

Paulo Rangel vai candidatar-se à liderança do PSD "independentemente de qualquer calendário"

O eurodeputado Paulo Rangel vai anunciar que se candidata à liderança do PSD numa intervenção no perante os conselheiros esta noite. Paulo Rangel quer candidatar-se à liderança do PSD, segundo avançaram o Observador e a TVI. …