PCP teme maioria absoluta de Costa. Se o PS tiver “mãos livres”, há risco de retrocesso

Miguel A. Lopes/ Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O secretário-geral do PCP afirmou este sábado que se o PS tiver “as mãos completamente livres”, o país corre o risco de retroceder nas conquistas dos direitos alcançados e as imposições de Bruxelas serão sempre prioridades.

“Se o PS tiver as mãos completamente livres, o que foi alcançado corre o sério risco de andar para trás, da mesma forma que andaria se o CDS e o PSD reunissem condições para tal”, afirmou Jerónimo de Sousa, no Funchal, na Madeira, discursando numa iniciativa pública centrada na ideia de “dar mais força à CDU” nas próximas eleições regionais da Madeira (22 de setembro) e legislativas (6 de outubro).

O dirigente argumentou que “a operação de chantagem, com a ameaça de demissão do Governo do PS neste final de legislatura, confirma que o PS, tal PSD e CDS, não hesitará, criadas as condições, em retomar a sua política de sempre de transferência para as costas do povo de toda e qualquer dificuldade ou crise que surja”.

Segundo Jerónimo de Sousa, “o PS não hesitará em colocar as ordens de Bruxelas à frente dos interesses do povo” e “não será pelas mãos do PS” que prosseguirá a reposição de direitos em Portugal. O secretário-geral considerou que “o PS não mudou a sua natureza e opções de fundo” – o que mudou, referiu, “foram as circunstâncias”, das quais o partido pretende livrar-se “para poder passar a fazer a política de direita de mãos livres que sempre antes fizera e ambiciona retomar”.

Por isso, defendeu ser “uma questão decisiva reforçar a CDU, aumentar a votação e o seu número de deputados, e assim fazer avançar a região e o país”. Nas próximas eleições, insistiu, está em causa dar mais força à CDU ou “andar para trás pela mão do PS, PSD e CDS, perdendo muito do alcançado”.

Jerónimo de Sousa recordou o que se passou na Madeira há quatro anos, nas anteriores legislativas regionais: “Por meia dúzia de votos a CDU não elegeu o terceiro deputado, que teria feito o PSD perder maioria absoluta. Teria derrotado o PSD”.

Entre “mentiras” do PS, do PSD e do CDS-PP que apontou na sua intervenção, o comunista disse que os socialistas da Madeira se apresentam como alternativa ao PSD, mas que, quando se compara Paulo Cafôfo (candidato do PS) e Miguel Albuquerque (atual presidente e recandidato, pelo PSD), “bem se pode dizer que os riscos que se correm é que o PS venha a fazer o mesmo, senão pior”.

Existe, no seu entender, o “mesmo comprometimento com os grandes senhores e capitalistas da região, o mesmo compadrio com a especulação urbanística, os mesmo compromissos com os grupos privados da saúde, a mesma desatenção e abandono para com as populações mais desfavorecidas das zonas altas ou bairros municipais”.

“Muito do que foi alcançado foi conquistado a contragosto e com a resistência do PS”, sublinhou, acrescentando que em 2015 se derrotou “a versão mais retrógrada da política de direita”, mas esta não foi definitivamente vencida “porque os seus aspetos mais estruturantes estão presentes na governação do país”.

Nesta iniciativa, o cabeça de lista da CDU nas regionais madeirenses, Edgar Silva, sustentou que “os resultados desastrosos da direita precisam ser travados” e “para que se concretize um novo rumo na região não basta que mudem as moscas”.

Por seu turno, a cabeça de lista pela Madeira à Assembleia da República nas eleições legislativas nacionais, Herlanda Amado, declarou que “o país e a região não estão condenados à regressão” e defendeu a necessidade de “construir um regime autonómico justo e solidário”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Telemóveis e computadores podem acelerar o envelhecimento

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluiu que a exposição diária à luz azul, como aquela que é emitida por telemóveis e computadores, pode afetar a …

Quatro espeleólogos portugueses desaparecem em gruta espanhola

Uma equipa de resgate foi acionada para localizar quatro espeleólogos portugueses que estão desde sábado na gruta de Cueto-Coventosa, em Espanha, com os trabalhos de socorro a serem dificultados pelo aumento do nível da água Quatro …

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …