Paulo Núncio chamado ao Parlamento para dar explicações sobre SwissLeaks

portugal.gov.pt

Paulo Núncio, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

Paulo Núncio, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

O BE requereu esta quinta-feira a audição com caráter de urgência do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais sobre “o esquema de fuga ao Fisco e ocultação de dinheiro promovido pelo HSBC Private Bank”.

“Onde é que esteve a atuação do Governo português, da Autoridade Tributária ao longo destes cinco anos“, questionou o líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, referindo-se ao facto de as primeiras informações sobre o chamado caso SwissLeaks terem sido conhecidas em 2010.

Recordando que o caso voltou a ser notícia este domingo depois do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ) ter divulgado documentos confidenciais sobre o ramo suíço do banco britânico HSBC Private Bank, que revelam alegados esquemas de evasão fiscal, Pedro Filipe Soares exigiu que o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, seja ouvido na comissão parlamentar de Orçamento para explicar o que é que “o Governo tem feito durante todo o seu mandato” e o que a Autoridade Tributária fez para averiguar desde 2010 “todo o mega esquema de fraude e evasão fiscal e de branqueamento de capitais”.

Por outro lado, acrescentou, é necessário que o Governo português defenda “o que é de todos nós”, porque todos “os cêntimos que não foram pagos por fuga ao Fisco, são cêntimos subtraídos ao erário público”.

“Por isso, o Estado deve agir em defesa do país e contra os bancos que de alguma forma promoveram a fraude fiscal e a evasão às obrigações”, preconizou, recordando que, por exemplo, o executivo espanhol já está a equacionar agir judicialmente contra alguns bancos.

Pedro Filipe Soares defendeu ainda que o caso não deve ser considerado “uma árvore isolada da floresta” e todos os bancos com contas com titulares portugueses devem clarificar quem é que tem essas contas, como é que as detém, com o objetivo de fiscalizar e combater a evasão fiscal.

Não podemos aceitar que a opacidade possa continuar a imperar e, portanto, essas listagens têm de ser públicas“, preconizou.

A investigação, batizada SwissLeaks, revela documentos fornecidos por um informático, Hervé Falciani, ex-trabalhador do HSBC em Genebra, ao governo francês em 2008, que deu início a uma investigação. O jornal francês Le Monde teve acesso a parte da documentação e partilhou-a com aquele consórcio e com jornalistas de mais de 40 países.

Portugal surge em 45º lugar na lista de países que constam da informação divulgada, com um total de 969 milhões de dólares (855,8 milhões de euros) depositados no HSBC Private Bank, distribuídos por 778 contas bancárias de 611 clientes. Pelo número de clientes, Portugal surge em 33º.

Das 778 contas bancárias, 531 foram abertas entre 1970 e 2006, e dos 611 clientes com ligações a Portugal, 36 por cento tem passaporte português, indicam as informações divulgadas pelo ICIJ.

A informação divulgada refere ainda que a maior quantidade de dinheiro de um cliente do banco ligado a Portugal é de 161,8 milhões de dólares (142,9 milhões de euros), mas a identidade não é revelada.

Os jornalistas analisaram cerca de 60 mil ficheiros, alguns dos quais com informações que denunciam que o banco tinha conhecimento de práticas ilícitas de alguns clientes.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

2020 regista descida de acidentes rodoviários, mortos e feridos durante os primeiros 8 meses

O número de acidentes rodoviários, de vítimas mortais e de feridos diminuiu nos primeiros oito meses deste ano, em relação ao período homólogo de 2019, indica um relatório da Segurança Rodoviária. A Autoridade Nacional de Segurança …

Suspeito do ataque junto ao Charlie Hebdo acusado de tentativa de homicídio

O suspeito de ferir gravemente duas pessoas, na passada sexta-feira, à porta da antiga redação do semanário Charlie Hebdo, em Paris, foi acusado de "tentativa de homicídio relacionada com motivação terrorista", segundo a AFP. A informação …

SNS24 encaminhada crianças para a urgência "sem critério clínico", diz Ordem dos Médicos do Centro

A Ordem dos Médicos do Centro lamentou hoje que a linha SNS 24 esteja a encaminhar crianças "sem critério clínico" para as urgências hospitalares e pediu a definição urgente de "um plano seguro e com …

13 de outubro em Fátima com lotação reduzida a 6.000 fiéis

O Santuário de Fátima estima a presença de seis mil pessoas no recinto durante a peregrinação de 12 e 13 de outubro, estando prevista a colocação de círculos no chão, que reforçará a distância entre …

Jovem de 22 anos detido por suspeitas de burla de milhares de euros no MB Way

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um indivíduo, de 22 anos, suspeito de diversos crimes de burla informática, falsidade informática, acesso ilegítimo e branqueamento de capitais, estando em causa um montante de dezenas de milhares de …

Nagorno-Karabakh. Alta Comissária da ONU insta a um "cessar-fogo imediato"

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos manifestou, esta terça-feira, a sua preocupação face ao aumento das hostilidades entre o Azerbaijão e os separatistas arménios no enclave de Nagorno-Karabakh, instando as partes a …

Rio duvida que país consiga investir verba prevista para setor público

O presidente do PSD, Rui Rio, manifestou esta quarta-feira dúvidas de que o país consiga investir toda a verba prevista pelo Governo no plano de recuperação para a administração pública, prometendo que o documento social-democrata …

MP acusa três inspetores do SEF de homicídio de imigrante ucraniano

O Ministério Público acusou esta quarta-feira três inspetores do SEF do homicídio qualificado de um cidadão ucraniano, ocorrido a 12 de março no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa. Segundo uma nota da Procuradoria …

UE prepara lei que obriga gigantes tecnológicas a partilhar dados

A União Europeia (UE) está a preparar-se para forçar as gigantes tecnológicas a partilharem os dados que têm dos consumidores com empresas rivais menores, de acordo com uma nova lei que a Comissão Europeia está …

Morreu Quino, criador de Mafalda

O autor argentino Quino, célebre por ter criado a contestatária personagem de banda desenhada Mafalda, morreu esta quarta-feira em Mendoza, na Argentina, aos 88 anos, revelou a agência Efe. De acordo com o jornal argentino Clarín, …