A sua pasta de dentes pode estar a sabotar os seus antibióticos

Os corredores dos supermercados estão abastecidos com produtos que prometes matar bactérias. No entanto, uma nova investigação revelou que uma substância química, que deveria matar bactérias, torna-as mais fortes e capazes de sobreviver ao tratamento com antibióticos.

A sua pasta de dentes ou o seu spray corporal podem estar, inadvertidamente, a sabotar o seu tratamento com antibiótico. Uma nova pesquisa descobriu que um ingrediente antimicrobiano doméstico comum – o triclosan – reduz em 100 vezes a potência dos antibióticos usados no tratamento de infeções do trato urinário, pelo menos em cobaias.

O triclosan é um produto químico muito presente no nosso dia-a-dia, desde produtos de higiene pessoal até a produtos de limpeza doméstica. Tradicionalmente, tem sido anunciado como uma forma fácil e rápida de matar bactérias e fungos, sem causar danos aos seres humanos. Mas não é bem assim.

Segundo a Gizmodo, no ano passado, a FDA (Food and Drug Administration) proibiu o uso de triclosan e produtos químicos semelhantes em sabonetes comercializados como antimicrobianos, citando evidências de que estes sabonetes não pareciam prevenir doenças nem matar bactérias. Ultimamente, a pilha de estudos que mostram que o triclosan pode mesmo ajudar a criar superbactérias tem crescido assustadoramente.

Os cientistas acreditam que o modo como o triclosan pára as bactérias, é muito semelhante ao dos antibióticos. Por esse motivo, as bactérias que desenvolvem resistência ao triclosan também aprendem defender-se destes medicamentos. Esta é uma má notícia uma vez que o triclosan está fortemente presente no nosso quotidiano, promovendo uma ampla resistência aos antibióticos.

O mais recente estudo, publicado na Antimicrobial Agents and Chemotherapy, não dá mais provas destas conexão, mas os resultados sugerem que os efeitos do triclosan sobre os antibióticos e as bactérias acontecem muito antes de a substância química escapar para o mundo exterior – e isto pode também acontecer dentro do nosso corpo.

Os cientistas expuseram placas de petri com estirpes de Escherichia coli causadora de UTI (Urinary Tract Infections – infeções do trato urinário) e de Staphylococcus aureus resistente à meticilina a doses de triclosan que encontraríamos, normalmente, num produto de consumo diário. Posteriormente, tentaram usar antibióticos comuns para matar as bactérias.

Em comparação com bactérias não expostas, as bactérias agredidas pelo triclosan foram capazes de tolerar os antibióticos 1.000 vezes melhor.De seguida, a equipa fez uma experiência semelhante em cobaias, e observou que as bactérias expostas ao triclosan conseguiam sobreviver em ratos de laboratório até 100 vezes melhor do que os germes de controlo.

O estudo é limitado, aponta a principal autora Petra Levin, da Universidade de Washigton, uma vez que as cobaias não são seres humanos. Ainda assim, há motivos para nos preocuparmos. Infeções do trato urinário são uma das infeções mais comuns, especialmente em mulheres.

Mas por que motivo o triclosan impede alguns antibióticos de fazerem o seu trabalho? Os cientistas descobriram que o produto químico desencadeia a produção de uma molécula, chamada ppGpp, que retarda o crescimento bacteriano – sendo que são estas bactérias mais “lentas” que podem combater melhor certos antibióticos.

De qualquer forma, algumas empresas estão já a colocar o triclosan de lado, como é o caso da Colgate-Palmolive, que lançou uma versão sem triclosan da pasta de dentes Colgate Total.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Optem pelo mais natural possível, estas empresas só pretendem lucrar, usando matéria prima o mais barata possível, químicos que só agridem o corpo humano.

RESPONDER

Família encontrou mais de 2.200 fetos preservados em casa de médico norte-americano

Uma família encontrou mais de 2.200 fetos preservados na casa de um médico norte-americano que morreu no início deste mês. O The Guardian avançou este domingo que uma família encontrou 2.246 fetos preservados em casa de …

Mais plástico e menos peixe. Explorador britânico teme pelo mar português

Farto de ver cada vez mais plástico e menos peixe no oceano, o veterano explorador e documentarista britânico Paul Rose defende que Portugal deve criar mais áreas marinhas protegidas. Paul Rose, que mergulha desde os anos …

Há 10 anos, Banksy pintou chimpanzés no Parlamento inglês. Agora, o quadro vai a leilão

Em 2009, o artista de rua conhecido como Banksy pintou uma enorme tela a óleo do parlamento inglês, mas em vez de deputados os tribunos eram chimpanzés. Banksy pintou o quadro, com quatro metros de comprimento, …

Tempestade em Espanha derrubou palmeira que era Património da Humanidade

A queda de "La Centinela", a árvore mais alta do conjunto que a Unesco classificou como Património da Humanidade desde 2000, está entre os danos materiais causados pela passagem da "gota fria" - um fenómeno …

Dador de esperma teve 12 filhos com autismo (e foi processado)

Danielle Rizzo tem dois filhos autistas, um com seis anos e outro com sete. Ambos foram concebidos com recurso a um dador anónimo. Há três anos, Rizzo descobriu que estes fazem parte de uma "família" …

Em Hollywood, os homens ganham mais 1 milhão de dólares do que as mulheres

Uma equipa de economistas analisou o salário de 246 atores e atrizes e concluiu que as mulheres ganham em média menos 56% do que os homens na indústria cinematográfica, pelos mesmos papéis. A diferença média entre …

"O primeiro passo para salvar o planeta é eleger outro presidente dos EUA"

John Kerry esteve em Lisboa para o encerramento da conferência "O Futuro do Planeta". O ex-secretário de Estado de Barack Obama lembrou que na luta para salvar a Terra, "não estamos a ganhar". John Kerry começou …

Gibraltar dissolve o parlamento e convoca eleições antes da data do Brexit

O chefe do governo de Gibraltar dissolveu esta segunda-feira o parlamento e convocou eleições para 17 de outubro, com o objetivo de preparar este território britânico situado no extremo sul de Espanha para o Brexit, …

Aumento do turismo nos Açores provoca mais acidentes de viação (mas menos graves)

O aumento de viaturas de aluguer que circulam nas estradas açorianas tem levado a um aumento da sinistralidade, ainda que muitos deles não sejam registados. Ainda assim, os acidentes são, no geral, menos graves. Quem o …

Menos plástico e menos jantares. Partidos prometem campanha eleitoral mais sustentável

A sustentabilidade e a proteção do ambiente estão entre as preocupações dos partidos políticos que concorrem às eleições legislativas, com algumas direções a comprometerem-se em diminuir a pegada ecológica e reduzir no plástico, numa campanha …