Partidos portugueses não querem um referendo (com exceção do PPM)

São vários os temas em que os partidos portugueses discordam mas, relativamente à União Europeia, numa coisa estão juntos: para já, fazer um referendo semelhante ao do Reino Unido não deve ser uma possibilidade.

A notícia é do Diário de Notícias, que falou com representantes de todos os partidos em Portugal.

Do lado do PS, Jorge Lacão, vice-presidente da Assembleia da República, considera que o conceito do Brexit não deve ser exportado para outros países.

O deputado considera que “a questão do referendo não deve ser considerada como uma espécie de moda” mas salienta, porém, que o resultado britânico deve ser “um sério aviso às instituições europeias”.

Por isso, o socialista considera que os principais dirigentes não podem continuar a pautar-se “por lógicas meramente financistas e economicistas, em lugar de gerarem confiança real acrescida de proteção dos cidadãos europeus”.

Já o PSD tem a mesma opinião relativamente à possibilidade um referendo em Portugal. O vice-presidente da bancada, Miguel Morgado, sublinha que o partido vê a comunidade europeia como “um pilar fundamental na estabilidade do regime democrático, nas liberdades e no desenvolvimento social e económico”.

O ex-assessor de Passos Coelho afirma que colocar esse tipo de referendo na agenda “não serve os interesses nacionais” e recorda que, nas últimas eleições legislativas, os três partidos que defendiam a pertença de Portugal na UE “alcançaram 70% dos votos”.

Para o CDS, a realização de um referendo “é uma questão que não se coloca”. Quem o diz é o ex-ministro Luís Pedro Mota Soares, que lamenta a decisão dos britânicos.

“Uma UE sem o Reino Unido é uma UE diminuída no plano Atlântico, especialmente relevante para Portugal”.

Do lado dos partidos de esquerda, tanto BE como PCP são contra um referendo no presente momento mas lançam várias críticas às instituições europeias.

O bloquista José Manuel Pureza lembra que o seu partido chegou a colocar essa questão no passado mas que “agora não há nenhuma circunstância que sirva de suporte a essa iniciativa”.

O deputado considera que, no passado, quando Portugal decidiu entrar na UE, “devia ter havido uma legitimação democrática de todos os passos dados para a integração europeia”.

Em resposta ao DN, a direção do PCP diz, que “as decisões a adotar pelo povo português relativas à defesa dos interesses nacionais, da soberania e independência nacional, não obrigam necessariamente à realização de referendos”.

Para os comunistas, o que se impõe neste momento, é uma atitude firme e serena – que deveria ter expressão já no próximo Conselho Europeu”.

Partido Popular Monárquico exige referendo

“O PPM, após o Brexit, reitera a exigência de realização de um referendo em Portugal a respeito da integração europeia”, por considerar que o país “constitui uma exceção chocante no contexto de uma Europa em que quase todos os povos europeus já foram chamados a pronunciar-se sobre o processo de integração dos seus respetivos países”.

“O establishment português controlou e manietou todo o processo de integração do país na União Europeia, usurpando a soberania popular. A entrada na união monetária constituiu um erro de enormes proporções, assim como a paulatina destruição da nossa agricultura, pescas e indústria. O resultado de tudo isto é que Portugal é hoje um dos países com uma das maiores dívidas externas do mundo”, lamenta o partido presidido por Paulo Estêvão.

Num comunicado enviado à imprensa, o PPM informa que, ao votar contra a permanência na UE, “os ingleses revelaram, uma vez mais, que são um povo tremendamente obstinado. A resposta europeia prevê, como forma de enfrentar a saída britânica, o reforço da integração política dos restantes membros da União Europeia”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Todo o assunto que seja pedir o acordo do eleitorado não serve aos partidos políticos pelo facto de eles saberem que só fazem porcaria e os concidadãos não gostam.
    Em Portugal a opinião dos eleitores não conta. O eleitorado só serve neste país desgraçado para pagar não se sabe o quê mas que tem o nome de IMPOSTOS, TAXAS ou COIMAS.

RESPONDER

Governo russo exige 1,8 mil milhões de euros a empresa mineira por poluição no Ártico

A agência russa de defesa do ambiente exigiu uma indemnização de 147,8 mil milhões de rublos (1,8 mil milhões de euros) ao conglomerado mineiro Norilsk Nickel, pela grave poluição do Ártico com hidrocarbonetos. Em comunicado, a …

Perda de habitat pode aumentar doenças que passam de animais para humanos, prevê ONU

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que podem surgir mais doenças que passam de animais para humanos, como a covid-19, à medida que os habitats são devastados pela exploração da vida …

Rússia ameaça retaliar face às sanções "hostis" do Reino Unido

A Rússia ameaçou responder às sanções "hostis" anunciadas por Londres contra 59 pessoas e entidades, 25 delas russas. A Rússia vai responder às sanções "hostis" anunciadas pelo Governo britânico contra 49 pessoas e organizações, 25 das …

Ministério dispensa quase todos os alunos da renovação de matrículas (após ataques informáticos e o desespero dos pais)

As matrículas online são agora obrigatórias apenas para os alunos que no próximo ano lectivo vão iniciar os 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade. O anúncio é feito pelo Ministério da Educação depois das …

"Estavam prontos para bater". Atleta Ricardo dos Santos vai processar polícia londrina

O atleta português Ricardo dos Santos disse na segunda-feira que não demorou mais de 20 segundos a parar o carro, quando lhe foi pedido pelas autoridades em Londres, e garantiu que vai processar a polícia …

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …