Físicos teorizam a existência de uma partícula exótica: o di-omega

(dr) Keiko Murano

Através de um dos computadores mais poderosos do mundo, cientistas japoneses da HAL-QCD Collaboration realizaram simulações complexas e previram um novo tipo de partícula: o di-omega.

Bariões são partículas subatómicas formadas por três quarks e são um dos constituintes fundamentais da matéria. Os protões e os neutrões – que compõem os núcleos atómicos – são bariões.

Um dibarião é uma partícula com dois bariões em vez de ter apenas um, o que é mais usual. A carga dos bariões depende do tipo de quarks existentes dentro deles, que podem ser de seis tipos: up, down, top, bottom, charm e strange.

Na natureza, há apenas uma partícula conhecida que é composta por dois bariões: o deutério, que nada mais é do que um protão e um neutrão ligados entre si. Embora os cientistas acreditem na existência de outros dibariões, até agora não foi encontrado nenhum.

No entanto, através de simulações complexas baseadas na cromodinâmica quântica (a teoria que descreve as interações dos quarks), físicos da HAL-QCD Collaboration conseguiram modelar potenciais dibariões estáveis, para que os possamos procurar em experiências futuras.

Esta tarefa não foi nada fácil, dado que quantos mais quarks existem numa partícula, mais complexas são as suas interações, fazendo com que seja necessário maior poder de computação para criar potenciais modelos.

Os cientistas usaram um dos computadores mais poderosos do mundo, o Computador K do Instituto Avançado de Ciência Computacional RIKEN, em Kobe, no Japão, que tem um poder computacional de 10 petaflops, ou seja, 10 mil biliões de operações por segundo.

Mas apesar do seu poder computacional, o computador levou quase três anos para chegar a uma conclusão sobre a partícula. O di-omega consiste em dois bariões omega, que contêm três quarks strange cada um. É, segundo os investigadores, o “mais estranho” de todos os potenciais dibariões que podemos identificar um dia.

O estudo, publicado recentemente na Physical Review Letters, baseou-se em trabalhos anteriores, num aperfeiçoamento dos métodos e na criação de uma nova estrutura teórica e de um novo algoritmo, de modo a permitir cálculos mais eficientes.

Os físicos acreditam que este trabalho dará frutos no futuro, nomeadamente pela sua aplicação em ambientes experimentais de modo a procurar evidências desta partícula no mundo real.

“Acreditamos que estas partículas poderiam ser geradas através de colisões com iões pesados na Europa e no Japão”, disse o físico quântico Tetsuo Hatsuda, do Instituto RIKEN. “Estamos ansiosos para trabalhar com colegas a fim de descobrir o primeiro sistema de dibariões, além do deutério”.

PARTILHAR

RESPONDER

A Via Láctea pode ter sido esmagada por campos magnéticos quando ainda era um "bebé cósmico"

Nos primeiros dias do Universo, quando a Via Láctea ainda era apenas um bebé cósmico, campos magnéticos poderosos podem tê-la esmagado e ter tido um grande impacto no seu crescimento. Em entrevista ao NewScientist, astrofísicos da …

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …