“Parasitas” vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

(dr) NEON / CJ Entertainment

“Parasite”, filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO.

A série televisiva de “Parasitas” foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue a Bong Joon Ho, responsável pelo original, e a Adam McKay, um dos produtores da série norte-americana Sucession.

E já sabemos quem vai entrar em cena: Mark Ruffalo e Tilda Swinton, que já não é uma estranha para o sul-coreano. Expecta-se que Ruffalo, mais conhecido no mundo do cinema por Bruce Banner/Hulk (Marvel), interprete a personagem do pai de família, Ki Taek, protagonizado originalmente por Song Kang Ho.

Tilda Swinton será ou a mãe, Chong Sook, que Jang Hye Jin nos mostrou, ou a mulher (também mãe) que esta “serve”, Yeon Kyo, intepretada por Cho Yeo Jeong. A atriz já trabalhara com Bong Joon Ho em Snowpiercer e Okja, este segundo disponível na Netflix.

A adaptação televisiva de Parasitas estará a cargo da HBO, que venceu a guerra silenciosa entre as duas plataformas de streaming para conseguir os direitos da mesma.

A forma como Bong Joon Ho e Adam McKay adaptarão “Parasitas” para a televisão ocidental é ainda incerta. Ponderaram-se três hipóteses: uma continuação da história contada no filme, uma nova versão (em inglês) dessa história ou ainda a possibilidade de explorar outros tópicos.

Apesar das várias opções para a produção da série, Bong Joon Ho já revelou ao Hollywood Reporter que existem várias histórias entre as sequências do filme que o diretor quer explorar com mais tempo de ecrã. Outros tópicos relevantes são o desenvolvimento da história das personagens e o tema da tensão de classes, palpável no desenrolar de Parasitas.

“Parasitas” estreou-se no Festival de Cannes, em 2019, onde venceu a Palma de Ouro. Depois de levar para casa várias premiações, nomeadamente em categorias de filmes estrangeiros, arrecadou quatro Óscares na cerimónia do passado dia 10 de fevereiro, que incluíram os dois grandes troféus da noite. Condecorou-se como o Melhor Filme, teve o Melhor Diretor, o Melhor Roteiro Original e foi o Melhor Filme Estrangeiro.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE