Papiros com 3500 anos revelam detalhes raros sobre antigas práticas médicas

CarlsbergFondet

Um dos manuscritos da Colecção Papyrus Carlsberg.

Uma colecção de manuscritos com 3500 anos inclui revelações únicas sobre as práticas médicas do Antigo Egipto. Estes papiros estão a ser traduzidos e incluem dados sobre um teste de gravidez, sobre rins e sobre tratamentos a doenças dos olhos.

Estão em causa cerca de 1400 manuscritos datados de entre 2000 Antes de Cristo até 1000 Depois de Cristo, que integram a Colecção Papyrus Carlsberg que está alojada na Universidade de Copenhaga, na Dinamarca.

Uma equipa internacional de investigadores está a colaborar para tentar interpretar estes textos médicos oriundos da antiga Biblioteca do Templo de Tebtunis, que existiu muito antes da famosa Biblioteca de Alexandria.

“Uma grande parte dos textos continua por publicar” e por traduzir desde que foram doados à Universidade em 1939, como refere o director da colecção, Kim Ryholt, professor do Departamento de Culturas Cruzadas e Estudos Regionais da instituição de ensino de Copenhaga, em declarações ao site ScienceNordic.

Os textos falam “sobre medicina, botânica, astronomia, astrologia e outras ciências praticadas no Antigo Egipto”, esclarece Ryholt, frisando que dão “uma visão única sobre a história da ciência“, com alguns dos textos escritos “há 3500 anos quando não havia material escrito no continente europeu”.

Os especialistas que analisam os manuscritos já descobriram que os papiros incluem a discussão médica mais antiga que é conhecida sobre rins, bem como notas sobre tratamentos a doenças dos olhos. E há ainda uma descrição de um teste de gravidez.

“O texto diz que uma mulher grávida deve urinar num saco de trigo e num saco de cevada”, e “dependendo em qual saco brotam os grãos primeiro, revela-se o sexo da criança”; “e se em nenhum dos sacos houver rebentos, então ela não está grávida”, explica a investigadora Sofie Schiødt ao ScienceNordic.

“Muitas das ideias dos textos médicos do Antigo Egipto aparecem de novo, mais tarde, em textos gregos e romanos“, acrescenta Schiødt, concluindo que “daqui, espalharam-se mais além para os textos médicos medievais do Médio Oriente, e podem encontrar-se vestígios até à medicina pré-moderna”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Não temos condições de avançar". Calamidade prorrogada, Portugal recua no desconfinamento

Portugal vai travar o processo de desconfinamento em todo o território nacional, anunciou hoje o Governo em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros desta quinta-feira. O conselho de ministros aprovou a prorrogação a …

Túneis nazis em vulcão inativo da Polónia poderão esconder arquivo da Gestapo

Um grupo de exploradores polaco acredita que estes túneis nazis, construídos durante a II Guerra Mundial num vulcão inativo da Polónia, poderão esconder um arquivo da Gestapo. Uma rede de túneis feita pelos nazis num vulcão …

Portugal com duas mortes, 1.556 casos e menos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas duas mortes associadas à covid-19, 1.556 novos casos de infeções confirmadas, a maioria em Lisboa e Vale do Tejo, uma diminuição nos internamentos em enfermaria e um aumento nos …

Cristiano sai? Juventus tem sete alternativas

Juventus já terá uma lista restrita de possíveis reforços, caso o português deixe Turim durante este verão. Cristiano Ronaldo pode não voltar a jogar pela Juventus e, por isso, o clube de Turim já estuda alternativas …

UNESCO recomenda incluir Veneza na lista de património mundial em perigo

A UNESCO publicou estas recomendações a um mês da próxima sessão do seu comité de património mundial, que se vai realizar na China, de 16 a 31 de julho. Em Veneza, o impacto do turismo de …

No One Britain One Nation Day, (quase) todas as crianças britânicas vão cantar uma canção patriótica

O Governo britânico está a encorajar todas as crianças em idade escolar a cantar uma música patriótica, muito criticada nas redes sociais. O Departamento de Educação do Reino Unido quer que as escolas participem no One …

Descoberta a causa da extinção em massa mais severa dos últimos 540 milhões de anos

A extinção em massa mais dramática nos últimos 540 milhões de anos eliminou mais de 90% das espécies marinhas e 75% das espécies terrestres da Terra. Mas qual foi a sua causa? Embora os cientistas tenham …

Este robô pode salvar agricultores de um inesperado assassino

O Grain Weevil é um robô criado por estudantes de engenharia que pode salvar a vida de de agricultores e dos seus familiares de um assassino inesperado: cereais. Se os agricultores não gerirem ativamente os seus …

Ferro Rodrigues arrasado por pedir deslocação "massiva" de portugueses a Sevilha para apoiar Selecção

Numa altura em que o Governo se prepara para anunciar um travão no desconfinamento devido ao aumento de casos de covid-19, Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, é duramente criticado por ter apelado à …

Certificado digital vai permitir livre circulação em todo o país

O Certificado digital Covid-19 da União Europeia vai também servir de "passaporte" em todo o país para cidadãos em determinadas situações, prevê o decreto-lei que o governo vai apresentar esta quinta-feira. Segundo apurou o jornal Público, …