Papa Francisco dá nome a clube de futebol argentino

DonkeyHotey / Flickr

Papa Francisco

O Papa Francisco inspirou um grupo de argentinos a criar um clube de futebol

O campeonato de futebol da Argentina vai passar a contar com um clube inspirado pela figura e pelos ensinamentos do papa Francisco, a “Associação Mutualista Aliança Papa Francisco”, que hoje disputa o seu primeiro jogo. A alcunha do clube é “O santo do sul” e os seus adeptos são conhecidos como “os santos”.

O clube registou-se na Associação de Futebol Argentina a 13 de dezembro e hoje disputa o seu primeiro jogo, uma partida amigável com o Clube Desportivo América de São Pedro, como preparação para a época regular de futebol no país, que começa em março.

Fundado por um grupo de amigos residentes no município de São Francisco Solano, situado a sudoeste da cidade de Buenos Aires, o clube irá disputar a quinta divisão do campeonato argentino.

“Tínhamos a ideia de criar uma equipa de futebol, já tínhamos falado e ao vermos a Jornada Mundial da Juventude – celebrada no Rio de Janeiro em julho – ocorreu-nos dedicar o clube ao papa”, explicou à imprensa o presidente, Jorge Ramírez.

“Este tipo luta por tudo o que queremos lutar”, resumiu.

Na página internet do clube, explica-se que na origem da fundação da equipa está o objetivo de “ajudar os rapazes” do bairro de La Paz, onde está a sede do clube, “para que não caiam na droga nem se metam em problemas”.

As primeiras provas realizadas para encontrar jogadores atraíram uma grande quantidade de jovens, tantos que “superaram as expectativas” dos organizadores e obrigaram a prolongar o período de captação por vários dias.

Além da equipa principal, o clube conta com várias categorias para crianças e adolescentes.

O clube papa Francisco é o primeiro que se estabelece no município de São Francisco Solano e tem recebido grande apoio popular, com as camisolas a esgotarem numa semana.

O equipamento da equipa é inspirado pelas cores da bandeira do Vaticano: o equipamento principal é branco com riscas amarelas e pretas e o suplente tem o preto como cor dominante.

A equipa tem guardada uma camisola especial dedicada ao líder da Igreja Católica, a número 10, com o nome do papa Francisco, que esperam poder “entregar-lhe um dia”.

Os responsáveis do clube enviaram ao papa uma carta a informar sobre a fundação do clube, mas ainda não receberam resposta.

A direcção não espera vir a substituir o San Lorenzo, clube de que o papa Francisco é adepto confesso, mas reconhecem que se inspiram neste clube na hora de jogar.

A equipa começará o seu percurso na liga de futebol argentina numa cidade emblemática para os cristãos argentinos, Luján, onde milhares de crentes se deslocam anualmente em peregrinação no mês de outubro.

A liga regional de Luján, fundada em 1925, é uma das que formam a quinta divisão do futebol argentino, e o clube vencedor defronta-se com os vencedores de outras ligas equivalentes para passar ao nível superior.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas criam algoritmo para identificar covid-19 a partir do som da tosse

Investigadores de vários países criaram um algoritmo que afirmam poder identificar se uma pessoa tem covid-19 a partir do som da sua tosse. Cientistas do México, Estados Unidos, Espanha e Itália, liderados por uma equipa do …

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …