Papa criticado por defender pais que batem nos filhos

catholicism / Flickr

O papa Francisco

O papa Francisco

O Papa Francisco está a ser criticado na Alemanha por um comentário que fez na habitual audiência das quartas-feiras, na qual descreveu um bom pai como aquele que sabe perdoar, mas que também sabe “corrigir com firmeza”.

“Uma vez, num encontro com casais casados, ouvi um pai dizer que às vezes tem de dar uma palmada nas crianças, mas nunca na cara para não os humilhar”, disse o Papa.

“Que bonito! Ele sabe o senso da dignidade! Tem de punir as crianças mas fá-lo com dignidade e pronto”, acrescentou Francisco.

Segundo a agência AFP, o comentário não fez ondas em Itália, mas foi fortemente criticado na Alemanha, um dos países onde qualquer forma de punição corporal é proibida.

“Não há maneira de bater nas crianças com dignidade”, criticou a ministra da Família da alemanha, Manuela Schwesig, numa entrevista que é publicada este sábado pelo Die Welt.

A Associação Alemã de Apoio à Criança também reagiu, pedindo ao Papa para corrigir o alegado erro.

“Este Papa é particularmente humano, mas qualquer pessoa pode cometer um erro. Ao sugerir que não faz mal bater numa criança desde que isso seja feito com dignidade, o Papa falha completamente o ponto”, diz a associação.

O líder do Catolicismo também está sob críticas de Peter Saunders, um membro do painel para a protecção da criança, criado precisamente pelo Papa Francisco.

“Acho que é uma coisa enviesada de se dizer e estou surpreendido que ele tenha disto isso, embora ele às vezes diga uns disparates“, disse Saunders ao jornal britânico Daily Telegraph.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Concordo inteiramente com o Papa. É preciso lidar com os adultos à força (tribunais e polícia). As crianças também precisam de força. E parece que não pode ser exercida através dos tribunais, nem da polícia!…

  2. Estou também inteiramente de acordo com o Papa Francisco. Eu e mais 4 irmãos fomos criados sem pai, minha teve de ter mão de ferro, ela não precisou de nos espancar, mas uns açoites no momento certo, foram muito bem dados e fez de nós pessoas dignas, eu inclusive lembro me que certa dia fui à carteira de minha mãe e saquei 20 escudos (sim 20 escudos, em 1965 era o escudo que circulava) e era muito dinheiro, levei a maior sova de minha vida, no entanto hoje eu lhe agradeço de todo o meu coração essa sova que me deu, e porque se calhar ela deixasse passar, eu hoje seria um ladrão ou outra coisa qualquer. Portanto este comentário do Papa “um bom pai como aquele que sabe perdoar, mas que também sabe “corrigir com firmeza” faz muito sentido, sim senhor.

  3. A violência psicológica, por vezes também denominada por “lavagem ao cérebro” é muito pior que uma “palmada no rabo” dada na altura certa. A palmada deixa a criança livre para perceber que fez mal e optar na vez seguinte entre a palmada e obediência cega. A lavagem ao cérebro promove uma sociedade de incapazes, uma sociedade de formigas sem vontade própria. Que a crítica venha da Alemanha é talvez só coincidência, mas uma muito curiosa coincidência.

RESPONDER

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …

Dinamarca lança "passaporte covid-19"

O Governo da Dinamarca lançou o "passaporte covid-19", um documento que atesta que o portador do mesmo não teve um resultado positivo ao novo coronavírus recentemente. Deverá ser utilizado em viagens internas ou externas. De …

Mais oito mortes e 342 novos casos. Mais 305 pessoas dadas como recuperadas

Portugal regista este sábado mais oito mortes por covid-19 e mais 342 casos confirmados em relação a sexta-feira, segundo dados da Direção-Geral de Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS, há 46.221 casos …

Ainda há esperança para os gorilas mais raros do mundo. Foram fotografados com crias

Os gorilas do rio Cross, os mais raros do mundo, foram fotografados na Nigéria com algumas crias, aumentando a esperança para esta espécie de primatas. A fotografias foram divulgadas por uma organização não-governamental nigeriana, a …

"Já sofreu muito". Trump comuta pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comutou a pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone, que foi condenado em fevereiro a 40 meses de prisão, anunciou sexta-feira a Casa Branca. Roger …

Armas, droga, sucata e prostituição financiam neonazis portugueses (mas lucros não vão todos para a causa)

Os grupos neonazis portugueses são "bastante desorganizados" e financiam-se com dinheiro obtido em negócios ilícitos, como o tráfico de armas, de droga e de mulheres para prostituição e a sucata. Mas os ganhos obtidos não …

"Nem de perto nem de longe". DGS não recomenda reabertura de parques infantis

A reabertura de parques infantis não é “nem de perto nem de longe” recomendada pela Direção-Geral de Saúde (DGS), disse a diretora-geral que explicou que as crianças devem brincar no modelo de “bolhas familiares”. “Pela sua …

Pastor presbiteriano é o novo (e quarto) ministro da Educação de Bolsonaro

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, nomeou esta sexta-feira o professor e pastor presbiteriano Milton Ribeiro para ministro da Educação, sucedendo no cargo a Carlos Decotelli, que se demitiu antes de tomar posse. É o quarto ministro …