Paleontólogos descobrem novo dinossauro na Lourinhã

Raúl Martin

Reconstituição do Eousdryosaurus nanohallucis, que existiu no período do Jurássico Superior

Reconstituição do Eousdryosaurus nanohallucis, que existiu no período do Jurássico Superior

Paleontólogos portugueses e espanhóis anunciam esta terça-feira, em Torres Vedras, a descoberta a nível mundial de uma nova espécie e de um novo género de dinossauro, que é também entre esses animais o herbívoro mais pequeno de Portugal.

“No registo português, é um dos mais pequenos que se conhece e provavelmente é o mais pequeno dos dinossauros herbívoros, porque pertence a um grupo dos mais pequenos a nível mundial e porque ainda não devia ser adulto. Se fosse adulto, provavelmente seria maior”, disse à agência Lusa Fernando Escaso.

O investigador subscreve o artigo científico que acaba de ser publicado no Jounal of Vertebrate Paleontology, em conjunto com Pedro Dantas, Elisabete Malafaia, Bruno Camilo Silva, Pedro Mocho, Fernando Escaso, Francisco Ortega, José Gasulla, Ivan Navaez e José Sanz, ligados à Sociedade de História Natural de Torres Vedras, à Universidade de Lisboa e à Universidade Nacional de Educação à Distância de Madrid (Espanha).

Depois de estudarem os achados feitos em 1999 de viajarem para o continente norte-americano para observar fósseis de dinossauros semelhantes, os cientistas concluíram que havia diferenças entre eles que os levaram a identificar uma nova espécie de um novo género de dinossauro.

“Os fósseis da pata que descobrimos possuem um dedo mais pequeno. Havia estudos que apontavam que esse dedo estava muito reduzido ou era pequeno, mas não tínhamos esse dedo completo. O achado permitiu-nos corroborar a hipótese de que efetivamente é um dedo pequeno nesta espécie e provavelmente em todo o grupo”, explicou à agência Lusa Fernando Escaso.

Os fósseis, compostos pelo esqueleto parcial da cauda, da cintura pélvica e das patas posteriores deste dinossauro, pertencem à Sociedade de História Natural de Torres Vedras.

http://dfmf.uned.es/

O investigador Fernando Escaso, da Universidade Nacional de Educação à Distância de Madrid

O investigador Fernando Escaso, da Universidade Nacional de Educação à Distância de Madrid

“O mais extraordinário é que o material foi descoberto articulado e muito bem conservado. As vértebras estavam uma atrás da outra como em posição de vida e isso é menos comum”, sublinhou o paleontólogo.

Os paleontólogos apontam ainda características particulares nas vértebras caudais e nos ossos da perna, que não existem em espécies deste grupo já identificadas na Europa e na América.

O dinossauro foi apelidado de “Eousdryosaurus nanohallucis“. Trata-se de um herbívoro dryossauro ornitópode, que caminharia de forma muito ágil e veloz com apenas com duas patas, tinha os braços mais curtos do que as patas e teria cauda comprida e meio metro de altura e 1,60 metros de comprimento.

Os cientistas pensam tratar-se de um animal jovem (os adultos teriam 2 a 2,5 metros de comprimento) que viveu há 152 milhões de anos, no fim do Jurássico Superior, o período a que pertencem também grande parte dos achados de dinossauros feitos na região Oeste.

O achado foi feito em 1999 na praia de Porto das Barcas (Lourinhã) por um amador. José Joaquim dos Santos, carpinteiro de profissão, dedicou os seus tempos livres, durante 27 anos, a procurar fósseis nas arribas e foi coleccionando em casa.

A colecção veio a ser adquirida pela Câmara Municipal de Torres Vedras em 1999 e foi doada à Sociedade de História Natural para ser estudada.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Companhias aéreas e aeroportos arriscam multas até 2 mil euros por cada passageiro sem teste negativo

O Governo clarificou esta terça-feira as regras sobre tráfego aéreo e gestão de aeroportos no quadro da pandemia de covid-19 e estabeleceu o regime sancionatório do incumprimento dessas regras. "Clarificam-se regras referentes ao tráfego aéreo e …

GES já estava falido cinco anos antes de colapsar. Salgado acusado de 65 crimes

O Ministério Público acusa o ex-banqueiro Ricardo Salgado de 65 crimes no âmbito do caso BES. O Grupo Espírito Santo já estava falido cinco anos antes de colapsar. O Ministério Público proferiu, esta terça-feira, o despacho …

De achado a fardo. RDT complica contas do recém-despromovido Espanyol

O ex-Benfica RDT está a complicar as contas da próxima temporada do recém-despromovido Espanyol, uma vez que aufere quase meio milhão por mês e que a descida ao segundo escalão do futebol espanhol obriga a …

Governo quer desenvolver interligação elétrica a Marrocos que consta no plano de Costa e Silva

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, disse esta quarta-feira que o Governo quer desenvolver a questão da interligação elétrica a Marrocos, contemplada na versão preliminar do plano de recuperação económica do gestor da …

Onde está o túmulo da Cleópatra? Duas novas múmias podem desvendar um dos maiores mistérios do Egito

A arqueóloga Kathleen Martinez, que estuda há 14 anos o sítio arqueológico de Taposiris Magna, no delta do Nilo, encontrou duas múmias que podem dar pistas para o túmulo de Cleópatra. No início de 2019, o …

França e Inglaterra impõem uso obrigatório de máscara em locais públicos fechados

O uso de máscara em locais públicos fechados, como lojas e supermercados, passa a ser obrigatório em França e no Reino Unido, visando combater a propagação do novo coronavírus, anunciaram esta semana os respetivos países …

Bombeiros acusam autarca de Paços de Ferreira de desrespeitar confinamento após teste positivo

Bombeiros da corporação de Paços de Ferreira dizem ter comunicado à GNR que o presidente da Câmara local, Humberto Brito, "desrespeitou o isolamento profilático de 14 dias a que estava obrigado" após ter declarado que …

Preferimos irracionalmente os números redondos (mesmo quando os exatos nos favorecem mais)

Uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos concluiu que o Homem tem uma preferência irracional por números arredondados, optando por estes mesmo em situações em que os números exatos o favorecem mais. Prefere …

RTP gasta anualmente 200 mil euros na manutenção de terrenos não utilizados

O presidente do Conselho de Administração da RTP afirmou que a empresa gasta anualmente 200 mil euros em manutenção de terrenos não utilizados, sendo que nos últimos cinco anos gastou um milhão de euros nesta …

Jesus no Benfica. Um silêncio incómodo, a alegada amante e a "sacanagem" do Flamengo

O futuro de Jorge Jesus continua a ser uma incógnita, mas é certo que os responsáveis do Flamengo não estão contentes com os rumores que o colocam no Benfica. No Brasil, estalou nas últimas horas …