Mais de metade dos países mais saudáveis do mundo são europeus (e Portugal está perto dos melhores)

A Bloomberg reuniu a esperança média de vida, o acesso a água potável e saneamento básico e as penalizações por comportamentos de risco para saber quais são os países mais saudáveis do mundo.

A agência norte-americana concluiu esta semana que Espanha é pela primeira vez o país mais saudável do mundo, ultrapassando a Itália, que tinha ocupado a liderança no ranking anterior, publicado em 2017. A Islândia fecha o pódio, ocupando o terceiro lugar.

De acordo com a Bloomberg, no top 10 encontram-se ainda o Japão, a Suíça, a Suécia, a Austrália, Singapura, Noruega e Israel.

Entre os 169 países avaliados, Portugal ocupa o lugar 22, abaixo de Chipre e imediatamente à frente da Alemanha. Portugal, ainda assim, baixou uma posição face à anterior publicação.

A Espanha tem a mais alta expectativa de vida entre os países da União Europeia, e fica atrás do Japão e da Suíça em todo o mundo, segundo dados das Nações Unidas. Prevê-se que a Espanha até 2040 tenha a maior expectativa de vida, em quase 86 anos, seguida pelo Japão, Singapura e Suíça.

“A atenção primária é essencialmente fornecida por provedores públicos, médicos de família especializados e enfermeiros, que prestam serviços preventivos a crianças, mulheres e pacientes idosos, e cuidados agudos e crónicos”, de acordo com a revisão de Espanha do Observatório Europeu de Sistemas e Políticas de Saúde 2018 , observando um declínio na década passada em doenças cardiovasculares e mortes por cancro.

A dieta mediterrânica ajudar a explicar a liderança de Espanha, graças ao consumo de azeite e de frutos secos. Isto pode explicar “o menor índice de acidentes cardiovasculares do que os ocorridos nos países em que é seguida uma dieta pobre em gorduras”, segundo um estudo conduzido pela escola de Medicina da Universidade de Navarra e citado pela agência norte-americana.

Cuba, que ocupa a posição 30, está cinco lugares acima dos Estados Unidos. A aposta na prevenção em detrimento do diagnóstico e do tratamento é argumento para a vantagem de Cuba, o país melhor classificado no ranking e que não está na lista de “salários altos” do Banco Mundial.

As economias subsarianas são responsáveis por 27 das 30 nações menos saudáveis do ranking. Haiti, Afeganistão e Iémen foram os restantes três.

As Maurícias foram as mais saudáveis dessa região, situando-se em 74º lugar a nível mundial, pois apresentava a taxa de mortalidade mais baixa das doenças transmissíveis numa região ainda marcada pela mortalidade infecciosa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …

FMI avisa que vêm aí "tempos sombrios" e que "todos vão sofrer"

Kristalina Georgieva, chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), avisou que os próximos tempos serão sombrios e que todos irão sofrer. Numa introdução às reuniões da primavera do FMI e do Banco Mundial, que decorrem entre 14 …

Merkel pede paciência: situação continua "frágil"

Angela Merkel pediu paciência aos alemães e admitiu que "não será necessário" impor no país medidas mais rigorosas de confinamento. A chanceler alemã, Angela Merkel, apelou esta quinta-feira à paciência dos alemães, num momento de crescente …

Detido bilionário chinês que criticou Presidente Xi Jinping. Estava desaparecido há um mês

O bilionário chinês Ren Zhiqiang que criticou a forma como Presidente da China, Xi Jinping, lidou com a pandemia, está sob custódia das autoridades chinesas devido a uma investigação em que é o principal suspeito. …

Bloqueio dos coronabonds pela Holanda é "irresponsável"

Jean-Claude Juncker, antigo presidente da Comissão Europeia, considera que o bloqueio pela Holanda do uso do Mecanismo Europeu de Estabilidade é "irresponsável". O antigo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, considerou esta quinta-feira “irresponsável” o bloqueio …

Creche recusou receber filho de enfermeira por falta de funcionários. Meteram baixa

A creche e pré-escolar "Voar mais alto", em Setúbal, recusou receber uma criança de três anos, filha de uma enfermeira, por falta de funcionários. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo Observador que adianta que as …

Subsídio por assistência a filhos vai ser pago 100% em toda a função pública

O subsídio por assistência a filho sobe de 65% para 100% do salário aos funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações. O Governo aprovou, esta quinta-feira, um diploma que aumenta o subsídio por assistência …