País de Gales cancela plano controverso de criar “casas de banho robô”

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes.

O conselho da cidade disse que as características do design foram submetidas “em erro” e que o caderno de encargos inicial das “casas de banho robô” no Parque Griffin, em Porthcawl, foi mal interpretado pelo público.

Os pisos sensíveis ao peso mencionados no caderno de encargos garantiam que só uma pessoa pudesse entrar na casa de banho para proteger o local contra “atividades sexuais impróprias e vandalismo”.

Qualquer comportamento do tipo faria com que os sensores de movimentos violentos abrisse automaticamente as portas, avança o The Guardian. Depois, os alarmes eram acionados e os jatos de água encharcariam o interior.

O projeto de design submetido ao conselho municipal de Bridgend propunha equipamento de sonda para prevenir que as pessoas fumem e usem drogas e paredes e pisos resistentes ao grafite. Também definia um tempo de uso limite e avisos sonoros combinados com luzes e aquecimento desligados, para impedir dormidas de sem-abrigos.

De acordo com a WalesOnline, o conselho municipal de Porthcawl ia gastar 170 mil libras esterlinas para as casas de banho futuristas em Griffin Park. Os utilizadores teriam que pagar para usufruir das casas de banho, mas a cobrança ainda não foi decidida.

As tecnologias apresentadas suscitaram dúvidas entre a população e surgiram várias críticas aos métodos avançados pela cidade.

Uma das questões levantadas foi o limite de peso para os pisos sensíveis, já que podia humilhar futuros utilizadores das instalações. A forma como indivíduos incapacitados e crianças poderiam ser acompanhadas também foi questionada, pois o piso ia acusar mais do que uma pessoa.

Uma pessoa perguntou se alguém tivesse uma convulsão na casa de banho ainda acabaria encharcado, enquanto outras se mostraram assustadas por utilizar as instalações, conta a CNN.

Segundo o The Guardian, o conselho da cidade de Porthcawl explicou entretanto que os planos foram mal entendidos e que as casas de banho vão ter “construção tradicional: limpas, com manutenção e que cumpram os requisitos de plano e saúde pública”.

Em comunicado, o conselho disse estar ciente de que “vários recursos de segurança foram listados na declaração de design como parte do plano de aplicação; infelizmente, o entusiasmo e as intenções do conselho da cidade foram mal interpretados“.

O conselho acrescentou que está comprometido a fornecer novas casas de banho que sejam de qualidade e de construção tradicional e revelou que as tecnologias listadas no caderno de encargos não vão ser incluídas na construção.

“O conselho nunca teve intenção de instalar qualquer sensor de movimento, nenhuma entrada de tempo restrito, não vão existir jatos de água, portas de abertura automática e nenhum piso sensível ao peso como o que está descrito”, disse.

RSC ARCHITECT

O plano inicial das casas de banho continha sensores, alarmes e jatos de água para prevenir comportamentos irregulares.

Acrescentou ainda que vão ser feitas as devidas correções ao caderno de encargos e, se necessário, submeterá nova candidatura na assembleia municipal de Bridgend.

A responsabilidade das casas de banho públicas foi transferida do conselho do condado para o conselho da cidade. As instalações existentes devem fechar em outubro e prevê-se que as novas estejam concluídas até à primavera de 2020. Durante a construção vão ser colocadas casas de banho temporárias nas proximidades.

//

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Uma vez que lhes querem sonegar a possibilidade de dormirem sob um teto poderiam, isso sim, gastar em acomodações para os sem abrigo.

RESPONDER

Família encontrou mais de 2.200 fetos preservados em casa de médico norte-americano

Uma família encontrou mais de 2.200 fetos preservados na casa de um médico norte-americano que morreu no início deste mês. O The Guardian avançou este domingo que uma família encontrou 2.246 fetos preservados em casa de …

Mais plástico e menos peixe. Explorador britânico teme pelo mar português

Farto de ver cada vez mais plástico e menos peixe no oceano, o veterano explorador e documentarista britânico Paul Rose defende que Portugal deve criar mais áreas marinhas protegidas. Paul Rose, que mergulha desde os anos …

Há 10 anos, Banksy pintou chimpanzés no Parlamento inglês. Agora, o quadro vai a leilão

Em 2009, o artista de rua conhecido como Banksy pintou uma enorme tela a óleo do parlamento inglês, mas em vez de deputados os tribunos eram chimpanzés. Banksy pintou o quadro, com quatro metros de comprimento, …

Tempestade em Espanha derrubou palmeira que era Património da Humanidade

A queda de "La Centinela", a árvore mais alta do conjunto que a Unesco classificou como Património da Humanidade desde 2000, está entre os danos materiais causados pela passagem da "gota fria" - um fenómeno …

Dador de esperma teve 12 filhos com autismo (e foi processado)

Danielle Rizzo tem dois filhos autistas, um com seis anos e outro com sete. Ambos foram concebidos com recurso a um dador anónimo. Há três anos, Rizzo descobriu que estes fazem parte de uma "família" …

Em Hollywood, os homens ganham mais 1 milhão de dólares do que as mulheres

Uma equipa de economistas analisou o salário de 246 atores e atrizes e concluiu que as mulheres ganham em média menos 56% do que os homens na indústria cinematográfica, pelos mesmos papéis. A diferença média entre …

"O primeiro passo para salvar o planeta é eleger outro presidente dos EUA"

John Kerry esteve em Lisboa para o encerramento da conferência "O Futuro do Planeta". O ex-secretário de Estado de Barack Obama lembrou que na luta para salvar a Terra, "não estamos a ganhar". John Kerry começou …

Gibraltar dissolve o parlamento e convoca eleições antes da data do Brexit

O chefe do governo de Gibraltar dissolveu esta segunda-feira o parlamento e convocou eleições para 17 de outubro, com o objetivo de preparar este território britânico situado no extremo sul de Espanha para o Brexit, …

Aumento do turismo nos Açores provoca mais acidentes de viação (mas menos graves)

O aumento de viaturas de aluguer que circulam nas estradas açorianas tem levado a um aumento da sinistralidade, ainda que muitos deles não sejam registados. Ainda assim, os acidentes são, no geral, menos graves. Quem o …

Menos plástico e menos jantares. Partidos prometem campanha eleitoral mais sustentável

A sustentabilidade e a proteção do ambiente estão entre as preocupações dos partidos políticos que concorrem às eleições legislativas, com algumas direções a comprometerem-se em diminuir a pegada ecológica e reduzir no plástico, numa campanha …