//

Novos painéis solares não precisam de sol para produzir energia

4

Quando se trata de energia renovável, os painéis solares são a primeira coisa que vem à cabeça. A sua eficiência melhorou nos últimos tempos e os custos caíram bastante. O desenvolvimento desta tecnologia está em ascensão, e para complementar este processo surgem agora painéis que não precisam de sol para produzir energia.

Um dos problemas associados aos painéis solares é que nem sempre está sol, e quando as nuvens aparecem o funcionamento da tecnologia pode ser posto em causa. Agora, uma nova invenção encontrou uma forma de contornar a inconsistência da energia solar, captando luz ultravioleta invisível que está presente independentemente do clima.

O conceito chama-se AuREUS e foi inventado por Carvey Ehren Maigue, um estudante de engenharia elétrica das Filipinas. Esta tecnologia envolve uma combinação de partículas luminescentes orgânicas que absorvem a luz ultravioleta e a convertem em luz visível, sendo que essa luz é depois transformada em energia.

É semelhante à maneira como respiramos oxigénio e exalamos dióxido de carbono”, explica o jovem empreendedor, que sublinha que o AuREUS “absorve luz ultravioleta e, depois de algum tempo, derrama-a como luz visível”.

Produzida com uma resina semelhante à que é usada no vidro à prova de bala, esta tecnologia de recolha de luz pode ser usada para criar janelas, paredes ou qualquer outra parte do exterior de um edifício.

Maigue desenvolveu o AuREUS transformando resíduos de frutas e vegetais num material luminescente que pode converter a luz ultravioleta. Juntando isso com uma resina e revestindo-o com um filme solar, o filipino criou painéis de vidro que podem produzir uma quantidade surpreendente de eletricidade.

O protótipo é um painel único que o estudante instalou na janela do seu apartamento. Com tonalidade verde limão, mas transparente, o painel de teste pode produzir potência suficiente para carregar dois telemóveis por dia.

O estudante indica que o próximo passo é criar um projeto piloto para usar os painéis numa escala maior. A primeira instalação num edifício será numa pequena clínica médica na ilha de Jomalig.

O jovem empreendedor espera que a tecnologia possa ser usada numa ampla gama de produtos num futuro próximo, avança o Fast Company.

  ZAP //

4 Comments

  1. ZAP “Novos painéis solares não precisam de sol para produzir energia” TODOS os paneis (novos ou antigos) NÃO precisam de sol para produzir energia, basta luz. Até os “antigos” produzem mal com dias de muito sol e muito calor sendo semi-condutores sensiveis a temperatura.

    • Caro leitor,
      Obrigado pelo seu reparo. O que está em questão é a eficiência do processo usado nesta nova abordagem.
      Por comparação, a nossa pele permite fazer trocas gasosas, mas isso não significa que sejamos capazes de respirar apenas pela pele.
      Se um dia alguém inventar uma forma eficaz de respiração cutânea, não faz sentido dizer que “isso já todos sabíamos, e até os antigos respiravam pela pele”.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.