Pai e agente de Haaland terão pedido comissões exorbitantes ao Barcelona

Sascha Steinbach / EPA

Alf Inge Haaland e Mino Raiola pediram uma comissão de 20 milhões de euros para cada um, além de um salário de 30 milhões limpos para o avançado do Dortmund.

Na passada quinta-feira, Erling Haaland esteve reunido com representantes do Barcelona na tentativa de chegarem a acordo para uma eventual transferência no mercado de verão. O jovem do Dortmund é visto como um dos maiores talentos do futebol mundial e leva 33 golos em 32 partidas disputadas esta temporada.

O norueguês fez-se acompanhar do seu pai, Alf Inge Haaland, e do seu agente, Mino Raiola. A rádio catalã RAC1 avança que os dois terão pedido valores exorbitantes para que o negócio possa prosseguir.

Os dois representantes de Haaland exigem 20 milhões de euros para cada um, além de um salário de 30 milhões de euros limpos por temporada para o avançado.

Estes valores não agradam à direção do Barça, que espera chegar a um acordo por valores mais comedidos. Contudo, o emblema ‘blaugrana’ terá de ter cuidado, já que há outros clubes interessados na contratação do jovem de 20 anos, nomeadamente o Real Madrid e o Manchester City.

Em Manchester, com a saída de Kun Agüero já acertada, Haaland é visto como um substituto à altura da tarefa. Resta saber se os ‘citizens’ estão preparados para provavelmente ter de bater a cláusula de rescisão de 75 milhões de euros.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE