/

Mais de mil ovelhas e cabras tomaram conta das ruas de Madrid (por um bom motivo)

1

Fernando Villar / EPA

Mais de mil ovelhas e cabras encheram as ruas de Madrid, este domingo, a propósito do tradicional Festival da Transumância, que foi cancelado no ano passado devido à pandemia da covid-19.

De acordo com a agência Reuters, o Festival da Transumância, que acontece desde 1994, permite que os pastores espanhóis utilizem as rotas tradicionais para conduzir os seus rebanhos desde o norte do país para as pastagens mais a sul para o pasto de inverno.

Antigamente, este caminho teria sido feito por uma zona rural tranquila, mas agora faz com que os pastores e os animais tenham de atravessar a caótica e movimentada capital espanhola.

Em declarações à agência noticiosa, Miguel Gonzalez, que é pastor há muitos anos, diz-se orgulhoso por apoiar esta tradição. “Estamos a recuperar estas rotas, que são os caminhos que eram usados para transportar o gado por Espanha.”

“É maravilhoso. Venho todos os anos e este foi o primeiro ano que trouxe os meus filhos, por isso foi ainda melhor”, disse, por sua vez, Graciela Gonzalez.

Em Madrid, as ovelhas e as cabras caminharam ao som dos seus sinos no pescoço a tilintar e os pastores, vestidos com trajes tradicionais, acompanhavam-nas com música e dança folclórica. O festival já não acontecia desde 2019, tendo sido cancelado no ano passado por causa da pandemia da covid-19.

Segundo a Euronews, o evento reivindica o papel da transumância e da pecuária extensiva como um instrumento de conservação da biodiversidade e de luta contra as alterações climáticas.

Além disso, o festival serve também como protesto para que as autoridades espanholas protejam os 125 mil quilómetros de caminhos usados para o movimento sazonal de gado entre diferentes áreas de pastagem em todo o país.

  ZAP //

1 Comment

  1. VOX POPULI – O Primeiro-Ministro, Antonio Costa, em entrevista 25/10/21, fala em equipa que ganha, não se deve mexer. Sim, é que dizem os treinadores e comentaristas do futebol. Todavia, Excelência, não deve prevalecer com a Política de um PAÍS., pois, estão em cenário vidas humanas de varias camadas sociais e que não devem ser comparadas com resultados positivos o negativos de equipas de futebol, onde a colocação na tabela oscila para mais e as vezes para menos, mesmo equipas vencedoras que se beneficiam de resultados duvidosos extracampo, pois, em jogo, vale tudo. Sem querer ultrapassar do meu tamanho cultural e hierárquico na sociedade, pediria humildemente, como filho de Português a Vossa Excelência o não utilizar o patrocínio de uma empresa que não da nossa TERRA AMADA. Aos fundos do salão de entrevistas vi o LOGOTIPO REPSOL. Não bastam as humilhações do VOX ?…. É o que penda [email protected]

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE