Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico.

O SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, funciona infetando o sistema respiratório. Se entrar nos pulmões, causa uma reação imune, que pode levar a pneumonia e até morte. Na Universidade de Dundee, foram identificadas 28 proteínas criadas pelo SARS-CoV-2 que produzem uma resposta imune no organismo. Estas proteínas são ferramentas vitais de investigação para o desenvolvimento de diagnósticos e para ajudar a entender como o vírus nos infecta e ataca.

Os vírus são codificados por informações genéticas chamadas ARN, que servem como uma planta de como elas estão reunidas. O “programa” contém informações sobre como replicar e como infetar e atacar o hospedeiro. Os cientistas podem aprender este código genético e usá-lo para combater o vírus.

O primeiro passo é pegar na sequência genética do vírus, convertê-la em ADN e copiá-la usando uma técnica conhecida como reação em cadeia da polimerase (PCR). O processo amplifica o material genético milhões de vezes. Esta sequência é então usada para programar bactérias para produzir as proteínas que compõem o vírus, permitindo que os cientistas as colham e preparem em grandes quantidades.

Essas proteínas serão introduzidas em ovelhas numa quinta escocesa. As ovelhas começam então a produzir anticorpos contra as proteínas virais e estas podem ser recolhidas das ovelhas a cada poucas semanas. Os anticorpos são então trazidos de volta aos laboratórios de Dundee e preparados para os seus vários usos. O produto final será enviado para laboratórios em todo o mundo para ser usado na luta contra a covid-19.

Os anticorpos que as ovelhas produzem podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. Estes anticorpos ligam-se muito fortemente às proteínas virais e não reconhecem outras proteínas, como as do nosso corpo. Pode ser um pouco parecido com a chave da sua porta de casa. Existem milhões de chaves, mas apenas uma se encaixa perfeitamente na fechadura da sua porta e a abre.

No caso destes anticorpos, cada um se ajustará apenas à proteína viral para a qual foi projetado. Isto torna os anticorpos úteis para identificar cada parte do vírus, bem como o vírus completo, e entender como ele nos infeta e a melhor maneira de combatê-lo.

Uma aplicação, por exemplo, será uma técnica que pode identificar rapidamente a presença do vírus. Este tipo de teste pode ser usado para determinar se o vírus está presente numa amostra. Ainda que, talvez, o uso mais importante destas ferramentas seja o entendimento da biologia básica do vírus e a identificação de formas de derrotá-lo.

Acredita-se que certas partes do vírus sejam muito importantes nos processos pelos quais ele nos infeta ou ataca os nossos pulmões. Ser capaz de capturar e estudar essas partes do vírus possuindo anticorpos que os capturem e identifiquem especificamente vai permitir entender isso muito mais rapidamente.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Este vírus é um castigo de Deus por aquilo que os “homens” fazem, pois muitos sentem prazer com o sofrimento dum pobre animal indefeso, dizem que é tradição, tradição o raio que os parta e adoram o Jesus do futebol, esquecendo o verdadeiro Jesus nosso Senhor. Ainda não vi ninguém nem o Papa, dizer vamos pedir a Deus que nos acuda e vamos rezar um Padre Nosso e uma Avé Maria.

RESPONDER

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …