Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico.

O SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, funciona infetando o sistema respiratório. Se entrar nos pulmões, causa uma reação imune, que pode levar a pneumonia e até morte. Na Universidade de Dundee, foram identificadas 28 proteínas criadas pelo SARS-CoV-2 que produzem uma resposta imune no organismo. Estas proteínas são ferramentas vitais de investigação para o desenvolvimento de diagnósticos e para ajudar a entender como o vírus nos infecta e ataca.

Os vírus são codificados por informações genéticas chamadas ARN, que servem como uma planta de como elas estão reunidas. O “programa” contém informações sobre como replicar e como infetar e atacar o hospedeiro. Os cientistas podem aprender este código genético e usá-lo para combater o vírus.

O primeiro passo é pegar na sequência genética do vírus, convertê-la em ADN e copiá-la usando uma técnica conhecida como reação em cadeia da polimerase (PCR). O processo amplifica o material genético milhões de vezes. Esta sequência é então usada para programar bactérias para produzir as proteínas que compõem o vírus, permitindo que os cientistas as colham e preparem em grandes quantidades.

Essas proteínas serão introduzidas em ovelhas numa quinta escocesa. As ovelhas começam então a produzir anticorpos contra as proteínas virais e estas podem ser recolhidas das ovelhas a cada poucas semanas. Os anticorpos são então trazidos de volta aos laboratórios de Dundee e preparados para os seus vários usos. O produto final será enviado para laboratórios em todo o mundo para ser usado na luta contra a covid-19.

Os anticorpos que as ovelhas produzem podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. Estes anticorpos ligam-se muito fortemente às proteínas virais e não reconhecem outras proteínas, como as do nosso corpo. Pode ser um pouco parecido com a chave da sua porta de casa. Existem milhões de chaves, mas apenas uma se encaixa perfeitamente na fechadura da sua porta e a abre.

No caso destes anticorpos, cada um se ajustará apenas à proteína viral para a qual foi projetado. Isto torna os anticorpos úteis para identificar cada parte do vírus, bem como o vírus completo, e entender como ele nos infeta e a melhor maneira de combatê-lo.

Uma aplicação, por exemplo, será uma técnica que pode identificar rapidamente a presença do vírus. Este tipo de teste pode ser usado para determinar se o vírus está presente numa amostra. Ainda que, talvez, o uso mais importante destas ferramentas seja o entendimento da biologia básica do vírus e a identificação de formas de derrotá-lo.

Acredita-se que certas partes do vírus sejam muito importantes nos processos pelos quais ele nos infeta ou ataca os nossos pulmões. Ser capaz de capturar e estudar essas partes do vírus possuindo anticorpos que os capturem e identifiquem especificamente vai permitir entender isso muito mais rapidamente.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Este vírus é um castigo de Deus por aquilo que os “homens” fazem, pois muitos sentem prazer com o sofrimento dum pobre animal indefeso, dizem que é tradição, tradição o raio que os parta e adoram o Jesus do futebol, esquecendo o verdadeiro Jesus nosso Senhor. Ainda não vi ninguém nem o Papa, dizer vamos pedir a Deus que nos acuda e vamos rezar um Padre Nosso e uma Avé Maria.

RESPONDER

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …