Peritos recomendam outra vacina a menores de 60 anos que tomaram 1.ª dose da AstraZeneca

Daniel Leal-Olivas / EPA

Um grupo de peritos recomenda que menores de 60 anos que tenham tomado a primeira dose da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 sejam inoculados com outra vacina.

A Comissão Técnica de Vacinação contra a covid-19 recomenda uma outra vacina para os menores de 60 anos que tomaram a primeira dose da AstraZeneca, escreve o jornal Público.

Se o parecer deste grupo consultivo da Direção-Geral da Saúde (DGS) for aceite, os menores de 60 anos que tomarem a primeira dose da AstraZeneca podem receber uma segunda dose da Pfizer ou da Moderna, por exemplo.

O intervalo entre as duas doses da vacina desenvolvida pela Oxford/AstraZeneca é de 12 semanas. Isto faz com que haja um grande número de pessoas que já tomou a primeira dose, mas ainda aguarda a segunda inoculação.

Até terça-feira, mais de 37 mil pessoas com menos de 60 anos já tinham sido vacinadas com a segunda dose da AstraZeneca.

Desta forma, este grupo de pessoas pode preferir aguardar por uma atualização da norma da DGS e, se for o caso, tomar uma vacina diferente na segunda dose.

Em março, juntamente com outros países europeus, Portugal suspendeu a administração da vacina da AstraZeneca devido a relatos de aparecimento de coágulos sanguíneos em pessoas vacinadas.

Tanto a DGS como o Infarmed recomendaram a “interrupção temporária” do processo de vacinação com a vacina da AstraZeneca “tendo por base o princípio da precaução em saúde pública”.

Num relatório divulgado esta terça-feira pelo Centro Europeu para a Prevenção e Controlo de Doenças dá-se conta que a maior parte dos países europeus está a completar o esquema vacinal com a segunda dose da AstraZeneca.

No entanto, há cada vez mais países a permitir outra vacina na segunda dose em faixas etárias mais jovens. Espanha, Alemanha, França, Finlândia, Suécia e Dinamarca são alguns do exemplos.

Foram os resultados preliminares de um estudo espanhol promovido pelo Instituto de Saúde Carlos II, divulgados esta terça-feira, que fundamentaram a recomendação da comissão de peritos da DGS, esclarece o Público.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu não confio nas vacinas contra a covid-19, e muito menos na toma de doses de vacinas distintas.
    Para certas doenças só apareceu vacinas/curas ao fim de vários anos ou décadas de investigação, e para a covid apareceram várias vacinas em alguns meses. A China silenciou, perseguiu e prendeu os denunciantes (youtubers, médicos, jornalistas, etc) que relatavam da situação que estava ocorrendo por lá aquando dos primeiros surtos, surtos esses ignorados pela OMS, e posteriormente pelos governos e autoridades dos outros países ao permitirem os seus cidadãos saírem da China para os seus países de origem facilitando que a doença se tornasse uma pandemia. Estranho também é o facto de que o Bill Gates parecia estar sabendo do aparecimento desta pandemia.

RESPONDER

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …

Dispositivo movido a energia solar vai transformar água salgada em potável no Quénia

Transformar água do mar em água potável é um processo muito caro e poluente, mas o Climate Fund Manager e a Solar Water Solutions querem mudar isso. A nova solução revolucionária tem uma pegada de …

EUA impõem sanções contra a Polícia cubana pela “repressão” dos protestos

Os Estados Unidos impuseram novas sanções à Polícia Nacional Revolucionária cubana e a dois altos funcionários da instituição, com o Presidente Joe Biden a admitir mais medidas caso não exista uma mudança “drástica” em Cuba. Questionado …

Aumento dos custos de produção. Depois da Unilever, Nestlé anuncia que vai subir os preços

A maior produtora de comida e bebidas do mundo vai aumentar os preços. A Nestlé justifica a decisão com a subida dos custos de produção das mercadorias e dos transportes. A empresa suíça revelou na Quinta-Feira …

Primeiro-ministro da Bélgica considera desnecessário certificado sanitário no país

O primeiro-ministro da Bélgica, Alexander De Croo, considera desnecessária a exigência de um certificado sanitário no país para ter acesso à maioria dos estabelecimentos públicos, semelhante ao que é exigido em França. “A solução nunca pode …

Filha mais velha de Boris fala sobre aceitação do corpo na nova edição da Tatler

A filha mais velha de Boris Johnson, o primeiro-ministro do Reino Unido, abordou na revista Tatler a aceitação do corpo e a utilização de shapewear. Lara Johnson-Wheeler escreveu um artigo na mais recente edição da Tatler …