Ouriços-cacheiros estão em risco de extinção no Reino Unido

Os ouriços-cacheiros podem ser extintos dentro de uma geração no Reino Unido, alertam ativistas, pedindo ao Governo britânico para agir antes que seja tarde demais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com a revista Newsweek, os ouriços-cacheiros estão entre um quarto dos mamíferos que foram colocados numa “lista vermelha” de espécies em perigo no Reino Unido, a primeira deste tipo já realizada.

Os onze mamíferos da lista incluem o gato selvagem, o esquilo vermelho, a ratazana europeia, o arganaz e o ouriço-cacheiro.

“Não estou a dizer que os ouriços serão extintos nos próximos cinco anos. Na verdade, é muito difícil definir um número preciso, assim como não podemos dar um número preciso para um leão ou um tigre”, disse à BBC Fiona Mathews, presidente da Sociedade de Mamíferos e professora da Universidade de Sussex, que liderou o relatório.

“O que estamos a dizer é que a trajetória de viagem é tal que, se não fizermos algo realmente radical, muito mais ousado, então sim, estas espécies que foram tomadas por garantidas vão acabar e nem os nossos netos vão poder vê-las”, acrescenta.

Segundo a mesma revista norte-americana, o relatório destaca que as razões para o declínio variam entre as espécies, nas quais figuram a extensa perseguição histórica, a degradação de habitats e a introdução de espécies não-nativas.

“Enquanto lamentamos o desaparecimento da vida selvagem noutras partes do mundo, aqui, no Reino Unido, estamos a conseguir enviar até roedores para a extinção. As coisas precisam de mudar rapidamente se queremos que os nossos filhos e os nossos netos aproveitem a vida selvagem que damos como certa”.

Existem 107 espécies diferentes de mamíferos que vivem no Reino Unido, mas apenas uma pequena percentagem delas é nativa. De acordo com a Sociedade de Mamíferos, trata-se de 28 espécies de mamíferos terrestres, dois mamíferos marinhos e 18 morcegos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.