Os sinais de vida em Marte podem ter sido “apagados” por ácidos

ATG Medialab / ESA

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana – possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho.

Em pouco mais de uma década, amostras de solo marciano recolhidas pelo rover Mars Perseverance deverão regressar à Terra após serem recuperadas pelos primeiros humanos a pisar Marte. Os cientistas estão animados, mas podem ter de moderar as suas expetativas.

Um novo estudo revela que fluidos ácidos – que antes fluíam na superfície do planeta vermelho – podem ter destruído as evidências biológicas escondidas nas argilas ricas em ferro de Marte.

Para chegar a essa conclusão, investigadores da Cornell University e do Centro de Astrobiologia de Espanha realizaram simulações que envolviam argila e aminoácidos. “Sabemos que fluidos ácidos fluíram na superfície de Marte no passado, alterando as argilas e a sua capacidade de proteger os orgânicos”, explicou Alberto G. Fairén, em comunicado divulgado pelo Phys.

Os cientistas explicam que a estrutura interna da argila é organizada em camadas, nas quais normalmente encontraríamos evidências bem preservadas de vida biológica, como lipídios, ácidos nucléicos, peptídeos e outros biopolímeros.

No laboratório, a equipa simulou as condições da superfície marciana tentando preservar um aminoácido chamado glicina num pedaço de argila que tinha sido previamente exposto a fluidos ácidos. “Usamos glicina porque poderia degradar-se rapidamente sob as condições ambientais do planeta”, explicou Fairén. “É um informador perfeito para nos dizer o que estava a acontecer dentro das nossas experiências.”

Os investigadores expuseram a argila infundida com glicina à radiação ultravioleta semelhante à de Marte e os resultados mostram fotodegradação substancial das moléculas de glicina embutidas na argila. Assim, a exposição a fluidos ácidos apagou o espaço entre as camadas, transformando-o em sílica gelatinosa.

“Quando as argilas são expostas a fluidos ácidos, as camadas rompem-se e a matéria orgânica não pode ser preservada. São destruídas”, disse Fairén. “Os nossos resultados neste artigo explicam por que a busca por compostos orgânicos em Marte é tão difícil.”

O rover Perseverance da NASA foi lançado em 30 de julho e deve pousar na cratera Jezero de Marte em fevereiro. O rover colherá amostras de solo do Planeta Vermelho, que serão enviadas de volta para a Terra até 2030. Embora a missão ainda seja importante para potenciais futuros colonos de Marte, as descobertas do novo estudo podem ser um retrocesso na nossa capacidade de detetar a presença de qualquer vida antiga em Marte.

Este estudo foi publicado este mês na revista científica Scientific Reports.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …

Junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, diz especialista da ONU

A junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, incluindo crianças com 20 semanas de idade, segundo o relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) destacado para o país, …

Regiões portuguesas entre as que mais colocaram trabalhadores em teletrabalho

  Apesar dos números elevados registados em Portugal, futuro do modelo está ainda em aberto, face à preferência dos patrões em ter os funcionários a trabalhar em ambiente de escritório. De acordo com dados revelados pelo Eurostat, …

Reino Unido em choque. Sabina Nessa pode ter sido assassinada por um estranho ainda em liberdade

Sabina Nessa, de 28 anos, terá sido assassinada enquanto caminhava pelo Cator Park, no sudeste de Londres, na passada sexta-feira. O percurso da sua casa até a um bar ia demorar apenas cinco minutos, mas …

A corrida a secretário-geral da UGT terá dois candidatos

É a primeira vez que a corrida à liderança da UGT conta com dois candidatos: além de José Abraão, atual dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), Mário Mourão, presidente do Sindicato dos …

Colapso da Evergrande. China pede a governos regionais que se "preparem para a possível tempestade"

As autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais para se prepararem para um possível colapso da Evergrande. O The Wall Street Journal noticia, esta quinta-feira, que as autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais …

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …