Os pássaros preferem viver entre os ricos

Uma nova investigação sobre as aves das cidades sul-africanas descobriu que os pássaros preferem viver em bairros mais ricos em detrimento dos mais pobres. Contudo, se houver muito cimento e asfalto, movimentam-se para outras áreas. 

A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista Global Change Biology, foi conduzida por uma equipa de cientistas da Universidade de Turim, na Itália, e das Universidade da Cidade do Cabo (UCT) e Witwatersrand, na África do Sul.

“Este trabalho é especialmente importante porque é um dos poucos estudos realizados num país em desenvolvimento e o único do género em África, onde se espera uma maior urbanização (…) [Esta] ocorre a uma velocidade muito mais rápida do que em qualquer outra região do planeta”, explicou o co-autor do estudo, Arjun Amar, da UCT.

Os cientistas estudaram a presença de espécies de aves em 22 áreas urbanas da África do Sul e descobriram que o número de espécies aumentou de acordo com os níveis de renda dos moradores. Ou seja: quanto mais ricos eram os bairros, mais espécies de aves foram encontradas na área, partindo do princípio que os animais em causa lá viviam.

No entanto, frisaram os cientistas, o fenómeno não se verificou em áreas altamente urbanizadas, onde o asfalto e o cimento dominam e a vegetação desapareceu.

Trata-se do “efeito luxo”, que é bem conhecido nos países desenvolvidos, mas que também se aplica nas áreas urbanas de densidade relativamente baixa na África do Sul: as áreas ricas têm uma diversidade maior de espécies de aves do que as áreas menos afluentes.

Os cientistas acreditam que este efeito é fruto do maior investimento em jardins, parques e outros espaços verdes que são pontos importantes nas urbanizações mais ricas.

De acordo com os cientistas, esta é a primeira vez que o “efeito luxo” nas aves é documentado em países africanos. A equipa acredita que a descoberta podem ajudar a moldar o planeamento urbano no futuro, tendo em conta a biodiversidade e a justiça ambiental num mundo onde o processo de urbanização está num ritmo acelerado.

“Este estudo mostra que os subúrbios ricos e arborizados têm mais espécies de aves e, provavelmente, maior biodiversidade em geral, do que as áreas pobres da cidade ou as áreas que têm muito asfalto e cimento. Os fatores que impulsionam o “efeito luxo” vão ajudar a projetar cidades mais amigas da biodiversidade no futuro”, completou o autor principal do estudo, Dan Chamberlain, da Universidade de Turim.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Casa Pia 0-3 FC Porto | Jogo desbloqueado na segunda parte

O FC Porto venceu hoje o Casa Pia por 3-0, na segunda jornada do Grupo D da Taça da Liga, mas precisou de 50 minutos para fazer o primeiro golo ao penúltimo classificado da II …

Quanto vale a vida do seu cão (e a importância que isso tem)

Quanto vale a vida do seu cão? A resposta a esta pergunta pode ser mais importante do que aquilo que pensa e pode mudar drasticamente o preço que pagamos pela sua saúde e bem-estar. Os norte-americanos …

Asteróide passará esta sexta-feira pela Terra a 27.000 km/hora

Um asteróide de grandes dimensões passará pela Terra, atingindo o seu ponto mais próximo do nosso planeta esta sexta-feira, dia 6 de dezembro. O corpo celeste, importa frisar, não representa qualquer perigo para o Homem. …

Banco de França vai testar moeda digital em 2020

O governador do Banco de França anunciou na quarta-feira o lançamento de testes no próximo ano para uma moeda digital, que pode servir de precedente para uma iniciativa do mesmo tipo à escala da zona …

Atlético de Madrid na corrida por Gabigol

O Atlético de Madrid entrou na corrida pela contratação de Gabigol, o artilheiro que está ao serviço do Flamengo por empréstimo do Inter de Milão. A notícia é avançada pelo jornal italiano Gazzetta Dello Sport, …

Australiana condenada a prisão por ter mentido no currículo

Uma australiana de 45 anos foi condenada a um ano de prisão efetiva por ter mentido no seu currículo para conseguir uma vaga no Governo regional, conta esta quinta-feira a ABC Australia. Veronica Hilda Theriault foi …

Homem da comunicação de Rui Rio pertence à maçonaria

João Tocha, o homem que o líder do PSD escolheu para fazer parte da sua comunicação, é maçon, avança a revista Visão esta quinta-feira. Em declarações à Visão, João Tocha, iniciado no Grande Oriente Lusitano …

Marco Silva despedido do Everton

O treinador português Marco Silva foi hoje despedido pelo Everton, clube da Primeira Liga inglesa de futebol, um dia depois do desaire por 5-2 no reduto do rival da cidade, o campeão europeu Liverpool. “O Everton …

Líder Supremo do Irão aprova medidas para reconhecer como "mártires" os mortos dos recentes distúrbios

O líder supremo do Irão aprovou as recomendações de um relatório oficial propondo o reconhecimento como "mártires" dos mortos nos recentes distúrbios no país sem que tenham "desempenhado qualquer papel", indicou esta quinta-feira o seu …

OE2020. Governo quer baixar preço da luz sem mexer no IVA

O Governo socialista está a estudar hipóteses "alternativas" para baixar o preço da luz sem mexer na taxa do IVA, devendo estas soluções constar já da proposta inicial do Orçamento de Estado para 2020 (OE2020). De …