Os pássaros preferem viver entre os ricos

Uma nova investigação sobre as aves das cidades sul-africanas descobriu que os pássaros preferem viver em bairros mais ricos em detrimento dos mais pobres. Contudo, se houver muito cimento e asfalto, movimentam-se para outras áreas. 

A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista Global Change Biology, foi conduzida por uma equipa de cientistas da Universidade de Turim, na Itália, e das Universidade da Cidade do Cabo (UCT) e Witwatersrand, na África do Sul.

“Este trabalho é especialmente importante porque é um dos poucos estudos realizados num país em desenvolvimento e o único do género em África, onde se espera uma maior urbanização (…) [Esta] ocorre a uma velocidade muito mais rápida do que em qualquer outra região do planeta”, explicou o co-autor do estudo, Arjun Amar, da UCT.

Os cientistas estudaram a presença de espécies de aves em 22 áreas urbanas da África do Sul e descobriram que o número de espécies aumentou de acordo com os níveis de renda dos moradores. Ou seja: quanto mais ricos eram os bairros, mais espécies de aves foram encontradas na área, partindo do princípio que os animais em causa lá viviam.

No entanto, frisaram os cientistas, o fenómeno não se verificou em áreas altamente urbanizadas, onde o asfalto e o cimento dominam e a vegetação desapareceu.

Trata-se do “efeito luxo”, que é bem conhecido nos países desenvolvidos, mas que também se aplica nas áreas urbanas de densidade relativamente baixa na África do Sul: as áreas ricas têm uma diversidade maior de espécies de aves do que as áreas menos afluentes.

Os cientistas acreditam que este efeito é fruto do maior investimento em jardins, parques e outros espaços verdes que são pontos importantes nas urbanizações mais ricas.

De acordo com os cientistas, esta é a primeira vez que o “efeito luxo” nas aves é documentado em países africanos. A equipa acredita que a descoberta podem ajudar a moldar o planeamento urbano no futuro, tendo em conta a biodiversidade e a justiça ambiental num mundo onde o processo de urbanização está num ritmo acelerado.

“Este estudo mostra que os subúrbios ricos e arborizados têm mais espécies de aves e, provavelmente, maior biodiversidade em geral, do que as áreas pobres da cidade ou as áreas que têm muito asfalto e cimento. Os fatores que impulsionam o “efeito luxo” vão ajudar a projetar cidades mais amigas da biodiversidade no futuro”, completou o autor principal do estudo, Dan Chamberlain, da Universidade de Turim.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Meteoritos desconhecidos podem estar a "bombardear" a atmosfera da Terra à velocidade da luz

Não é segredo que a Terra ocasionalmente recebe rochas do Espaço que explodem na atmosfera ou causam impacto na superfície. A Terra também vê chuvas de meteoros regularmente sempre que passa por nuvens de detritos …

Descoberto o ingrediente secreto para desenvolver um escudo contra radiação espacial mortal

Investigadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte desenvolveram uma nova técnica para proteger eletrónicos da tecnologia de exploração militar e espacial da radiação ionizante. A nova abordagem é mais económica do que as técnicas …

Guardas e familiares das vítimas pediram clemência. Mas Nicholas Sutton foi executado

O norte-americano foi executado, esta quinta-feira, no Tennessee, devido ao assassinato de quatro pessoas, apesar de alguns pedidos de clemência por parte de guardas prisionais e familiares das vítimas. De acordo com a CNN, Nicholas Sutton, …

O primeiro drone acrobático tripulado de sempre é testado a fazer piruetas

Um novo vídeo mostra que o "Big Drone", da Drone Champions AG, é capaz de fazer acrobacias alucinantes com um passageiro dentro. A tecnologia dos drones melhora de vento em popa com o passar dos anos …

Fenómeno extremo ameaça corais na Grande Barreira na Austrália. E já matou quase metade

A Grande Barreira de Coral da Austrália pode estar a enfrentar a terceira "descoloração" no espaço de cinco anos, fenómeno provocado por um aumento da temperatura das águas do mar. Como avançou o Expresso, este fenómeno …

Trump critica cerimónia dos Óscares, "Parasitas" e Brad Pitt

O Presidente norte-americano criticou a cerimónia dos Óscares, esta quinta-feira, nomeadamente a atribuição do prémio de Melhor Filme para o sul-coreano "Parasitas" e ainda o ator Brad Pitt. Na noite desta quinta-feira, num comício em Colorado …

Paris lança número de emergência para fazer frente à crise de percevejos

O Governo francês lançou uma campanha, esta quinta-feira, para fazer frente à crise de percevejos que se instalou em Paris. Segundo a agência France-Press, citada pelo The Guardian, casas e hotéis da capital francesa estão a …

"Radical chique" e "ressentido". Filho de Paulo Branco pode ter sido o pivot do escândalo sexual em França

Juan Branco, o filho do produtor de cinema Paulo Branco, é o homem do momento em França. O advogado de 30 anos saltou para as luzes dos média no âmbito da divulgação do vídeo sexual …

Alcochete. "Se Mustafá estivesse lá aquilo não tinha acontecido"

O arguido Emanuel Calças disse, esta sexta-feira, em tribunal que, se Mustafá estivesse com o grupo que invadiu a academia do Sporting, "aquilo não tinha acontecido". "Tenho a certeza de que se o Mustafá estivesse presente …

Coronavírus ameaça o têxtil português (mas também é uma "oportunidade")

O sector têxtil nacional está ameaçado e pode parar a produção já em Março. Tudo devido à falta de matéria-prima que vem da China e que se deve à epidemia do novo coronavírus. A "situação …