Os gatos são a nova ameaça da Starlink

O serviço de Internet via satélite Starlink, da SpaceX, ganhou ainda mais adeptos em dias de frio: gatos.

No seu primeiro ano de funcionamento nos Estados Unidos, o serviço oferecido pela empresa de Elon Musk tornou-se um dos mais eficientes.

Apesar do sucesso, a empresa tem enfrentado um problema inesperado.

Segundo o Futurism, vários utilizadores relataram, nas redes sociais, que gatos friorentos estão a bloquear as antenas e, por sua vez, a afetar a receção do sinal enviado pelos satélites da Starlink.

O problema tem sido reportado em países com meses de Inverno mais frios, onde os felinos utilizam as antenas para se aquecerem.

“Starlink funciona bem até os gatos descobrirem que o prato emite um pouco de calor nos dias frios”, escreveu, no Twitter, o utilizador Aaron Taylor.

Sempre que os animais se deitam nos pratos para apanhar um pouco de Sol ou aquecerem-se com o calor emanado quando o “Modo de Derretimento da Neve” está ligado, a taxa de transferência de dados cai, embora a ligação nunca se perca.

A imagem partilhada por Taylor tornou-se viral nas redes sociais – e até Elon Musk reagiu com um like.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.