Todos os cães evoluíram a partir de um único grupo de lobos

Um novo estudo considera que os cães podem ter evoluído de uma única população de lobos que existiu entre 20 mil a 40 mil anos atrás.

Coordenado por Krishna Veeramah, da Universidade Stony Brook, nos EUA, o estudo contradiz a principal teoria sobre a evolução canina, ou seja, a de que esta ocorreu através de populações diferentes de lobos que viviam a milhares de quilómetros uma da outra.

A nova hipótese tem como base o ADN dos ossos de três cães encontrados em sítios arqueológicos na Alemanha e na Irlanda, com idades que variam entre 4,7 mil e 7 mil anos. Os animais antigos tinham ancestrais em comum com os cães modernos europeus.

Ao analisar as taxas de mudança genética, os cientistas conseguiram estimar que a domesticação dos lobos ocorreu entre 20 mil e 40 mil anos atrás.

Segundo a BBC, Veeramah diz que o processo se iniciou quando uma população de lobos se aproximou de acampamentos nómadas em busca de restos de comida.

“Os humanos não beneficiaram imediatamente com o processo, mas com o passar do tempo desenvolveram algum tipo de relacionamento simbiótico com os animais. Eventualmente, os animais evoluíram para os cães que conhecemos hoje”, explica.

Semelhança com os cães de rua

A história do surgimento dos cães a partir dos lobos é complexa e gera intensos debates.

Os cientistas acreditam que os cães começaram a percorrer o mundo, possivelmente na companhia de humanos, há cerca de 20 mil anos.

Há sete mil anos, encontravam-se dispersos pelo planeta, mas ainda não eram o que se pode chamar de animais de estimação.

”Provavelmente eram animais parecidos com os cães que hoje vivem na rua, que se reproduzem livremente e não vivem em nenhuma casa específica”, diz o cientista.

Posteriormente, os animais passaram a ser criados para ajudar na caça e no pastoreio, um processo que ao longo do tempo criou centenas de raças modernas.

O estudo, publicado na revista científica Nature Communications, sugere que as raças encontradas em locais tão distintos como o continente americano e as Ilhas do Pacífico derivam de cães europeus.

”O cão com sete mil anos proveniente da Europa é virtualmente um ancestral para a maioria das raças modernas”, diz Veeramah.

”E esse relacionamento pode chegar até ao mais antigo fóssil canino que conhecemos, que é aproximadamente de 14 mil anos atrás e que foi encontrado na Alemanha”, completa.

Estudos anteriores defendem que os primeiros cães domesticados surgiram em lados opostos da Eurásia (território composto pelos continentes europeu e asiático) há mais de 12 mil anos. Posteriormente, os cães orientais migraram com os humanos e assim começaram a reproduzir-se no lado ocidental.

ZAP // BBC

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Eu quando não percebo onde é que está o interesse de uma notícia, normalmente fico caladinho, não vá lembrar-me de fazer um comentário a dizer “que descoberta fantástica” e passar por burro.

RESPONDER

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …