Portugueses vão pagar mais 15% em taxas e taxinhas em 2019

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Governo conta amealhar mais de 3 mil milhões de euros em 2019, com taxas, multas, juros e outras penalidades, conforme está inscrito no Orçamento de Estado para o próximo ano. Trata-se de um crescimento de 15% relativamente a este ano.

O Jornal de Negócios fez as contas às taxas e taxinhas que o Governo espera cobrar no âmbito da proposta de Orçamento de Estado para 2019 (OE2019), e concluiu que os portugueses vão pagar mais de 3 mil milhões de euros neste capítulo.

Estamos perante um aumento de 15%, de acordo com a mesma publicação. E entre as taxas com que o Governo mais espera obter dividendos estão os impostos sobre os combustíveis.

A proposta de OE2019 não prevê alterações no imposto petrolífero (ISP), mantendo-se os valores deste ano. Contudo, há previsões de que a taxa de carbono, que está indexada aos preços dos leilões de licenças de CO2 no mercado europeu, vai subir. O impacto previsto nos preços dos combustíveis ronda um cêntimo por litro.

O Governo conta arrecadar em 2019, mais 211 milhões de euros com o ISP, onde a taxa do carbono é incluída. Trata-se de um aumento de 6% em relação a 2018, como constata o Observador.

ZAP //

 

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Nos entretantos, os salários, as pensões de reformas, sobrevivência, etc., continuam estagnadas ou com umas parcas migalhas de aumento e não acompanham a evolução do enorme custo de vida deste País! É isto a que o Costa chama de “o objectivo é continuar a melhorar a vida dos portugueses”? Penso que os portugueses a que ele se refere, são os abastados e que não têm de andar a contar os cêntimos para chegarem até final do mês…

    • Sorrateiramente, e por trás, lá nos vão comendo as parcas migalhas que nos vão dando pela frente e com muito folclore.

  2. Já em alguma vez se viu fazer promessas de mais benefícios para os portugueses e, depois encobertamente ter um esquema de tirar ? Os governantes é que vão melhorando a vida deles e de mais boys, ligados aos partidos (todos). Rua com os mentirosos que prometem uma coisa e não cumprem.

  3. È melhor mesmo começarmos a andar todos de cuecas porque quase nus já nos deixaram.
    Quando a merda valer dinheiro os Politicos até o cu tiram aos pobres….

  4. Em termos de carga de impostos estamos ao nível de 2012. E esta corja sempre a sacar mais. No global o montante de impostos de ano para ano está sempre a subir. Dão uma migalha com uma das mãos e retiram em impostos indiretos com as duas. Combustíveis, automóveis e tudo quanto eles podem de modo a dar menos nas vistas para enganar parolos até à exaustão. Uma corja de mentirosos e FDP. O meu voto não caçam eles!!

  5. E isto será novidade para alguém? Estas serão apenas algumas, pois o custo de vida com bens de consumo a aumentar não vai falhar, isto é política de engana tolos.

  6. Este governo é um embuste. Quem se lembra de 2009?
    Foi um fartote de dádivas aos do costume, leia-se clientela eleitoral.
    Em 2011 começaram os cortes.
    Os que nos governam são os mesmos que nos governavam àquela data, só falta o Sócrates.
    Alguém acredita que daqui a dois anos, com esta gente a governar não voltamos a 2011?

  7. Para mim considero todos os comentários correctos. Não se deve, a meu ver, incriminar este ou aquele Governo. Afinal todos têm sido iguais. A dita “Direita” também não nos deu melhor. Para os idosos até foi bem penalizadora. Como desde há alguns anos deixei de ter partido, isto é, optar por qualquer um deles, estou à vontade para comentar.

  8. Mas alguém tinha dúvida? Escrevi aqui no primeiro post em que abordaram o orçamento de 2018, e onde todos os anormais comentadores diziam maravilhas do orçamento, que este orçamento era um roubo dissimulado. E isso era bem visível para quem tivesse perdido pelo menos 5 minutos a ler o documento. Este orçamento é um escândalo. E promete igualmente ser atentador contra os princípios mais básicos de qualquer estado de direito, usurpando indiretamente ou até mesmo diretamente o direito propriedade sobre imóveis. Esperem para ver…

  9. Mas o que é que é isto ?!?
    Uma roubalheira à má fila. Não está no OE mas vai ser aplicada.
    Como se previa quando Centeno afirmou que a Receita cobria largamente a Despesa, aqui está a explicação. Dá umas migalhas aos parvos, e ROUBA desta forma os cidadãos.

  10. Mal os “atores” da política à portuguesa começaram a falar em repor o poder de compra e os vencimentos dos portugueses, o que não aconteceu ainda e está longe de alguma vez mais acontecer, logo a “gentinha” começou a comprar, não com o dinheiro que tinha, mas com a promessa da reposição, carros e mais carros, viagens, casas, idas aos restaurantes, concertos do “tony”, ignorando que o país tem dívidas colossais que nunca pagou e que, portanto, a política, as promessas de fachada e os tostões a mais no fim de mês, teriam de ter obscuras, diluídas e tenebrosas contrapartidas nos bastidores feitas de forma que a maioria dos “portugas” não sabe avaliar ou sequer dar-se conta. Nada tão calmo e porreiro como sacar parolos que estão convencidos de que estão a ganhar mais. Esta maneira de fazer as coisas, contra a qual tantas vezes avisaram honestos políticos e economistas, está no ADN das quadrilhas esquerdistas e, mormente, no do Partido Socialista. Só para terem uma ideia – e podem consultar os data-base que andam por aí disponíveis – entre 2015 e o primeiro semestre de 2018 o numero de veículos a circular nas estradas portuguesas aumentou cerca de 30%; e foram comprados não com o dinheiro que se tinha, mas com o dinheiro que se julga que se vai ter em função das promessas e, portanto, a crédito. Vai ser bonito quando lá para 2020 ou 2021 for de novo necessário austeridade draconiana, com cortes de salários, aumento claro e direto de impostos e criação de outros, etc. O défice primário perto do zero significa apenas cativações e mais cativações, com a destruição continuada e perversa do SNS, das infraestruturas ferroviárias, a ausência de manutenção e reparação de bens e serviços, desinvestimento nas forças armadas, no ensino, nas politicas sociais, como o aumento da natalidade, etc. Porventura dirão que as agências de “rating” tem dado sinais positivos e até é verdade, mas à custa de chorudas luvas, ou pensam que as máfias e a maçonaria dão ponto sem nó? – A verdade nua e crua é esta: Portugal esteve, está e há-de continuar a estar falido. Mas façam de contas que nada dissemos e que, afinal, somos os “velhos do restelo”. Quem rir por último rirá melhor – lá dizia o povo outrora, quando Portugal tinha povo.

  11. No meio de tanta palermice, destaco esta:
    “entre 2015 e o primeiro semestre de 2018 o numero de veículos a circular nas estradas portuguesas aumentou cerca de 30%”
    30%?!
    Só se foi aí na tua “estrada da asneira e da estupidez”!…
    “Quem rir por último rirá melhor”
    Além de profeta da desgraça, és um daqueles doentes que só fica contente quando as coisas correrem mal!…
    Tanta tristeza e maldade; vai apanhar um pouco de sol e pode ser que tenhas uma vida menos triste!…

RESPONDER

Ministra da Coesão diz que Portugal vai precisar de imigrantes

A ministra da Coesão Territorial disse hoje que a perda de população é preocupante e que Portugal vai ter de trabalhar numa política de imigração muito ativa e acolhedora para fazer face aos investimentos previstos. "Estando …

Testes rápidos serão gratuitos até ao final de agosto

A comparticipação a 100% dos testes rápidos de antigénio (TRAg), que vigorava até final do mês, foi alargada até 31 de agosto, segundo uma portaria esta quinta-feira publicada em Diário da República. "Perante a atual situação …

Tiago Antunes acusa Rui Rio de usar Constituição como "moeda de troca" para agradar ao Chega

No podcast Política com Palavra do PS, o secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Tiago Antunes, acusou Rui Rio de propor a revisão da Constituição e do sistema eleitoral como "moeda de troca" para o …

Pedro Nuno Santos quer receitas da rodovia a ajudar a financiar a ferrovia

Há dois anos, o ministro defendia a possível separação da REFER das Estradas de Portugal. Agora, volta atrás e quer que as receitas de rodovia ajudem a financiar a ferrovia. O Ministro das Infraestruturas e da …

A China está a construir 110 novos silos nucleares. Estados Unidos estão preocupados

Na segunda-feira, a Federação de Cientistas Americanos (FAS) publicou um relatório no qual denuncia a existência de um campo de instalações nucleares perto da cidade de Hami, na província chinesa de Xinjiang. Estarão a ser …

Inglaterra desconfinou totalmente. Então, porque estão os novos casos a descer?

O fim das restrições a 19 de Julho fez soar alarmes por toda a Europa sobre o possível aumento exponencial de casos. Na verdade, o número de novos casos tem vindo a descer e a …

Siza Vieira admite possibilidade de "alargar" funcionamento das atividades económicas

O ministro de Estado e da Economia disse que o Conselho de Ministros desta quinta-feira vai analisar "todas as medidas restritivas" atualmente em vigor e terá a possibilidade de "alargar" o funcionamento das atividades económicas. "Eu …

Relatório do Novo Banco. Centeno, Costa e Ramalho ficam mal na fotografia

A versão final do relatório do Novo Banco apontou mais responsabilidades a Mário Centeno e António Costa, visto estarem ambos no governo durante a venda. A tese do Banco de Portugal sobre as injecções de …

OE. PSD fecha a porta a negociações, mas socialistas preferem mantê-la aberta

Rio remete a posição do PSD para declarações de António Costa em que o primeiro-ministro admitiu a intenção de se demitir caso o Orçamento só seja aprovado com votos dos sociais-democratas. Já José Luís Carneiro, …

FC Porto empata com a Roma em jogo manchado por conflito entre jogadores

O FC Porto empatou hoje 1-1 com os italianos da Roma, treinados pelo português José Mourinho, em jogo de preparação para a próxima temporada, disputado no Estádio Municipal da Bela Vista, em Lagoa. A equipa italiana, …