Portugueses vão pagar mais 15% em taxas e taxinhas em 2019

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Governo conta amealhar mais de 3 mil milhões de euros em 2019, com taxas, multas, juros e outras penalidades, conforme está inscrito no Orçamento de Estado para o próximo ano. Trata-se de um crescimento de 15% relativamente a este ano.

O Jornal de Negócios fez as contas às taxas e taxinhas que o Governo espera cobrar no âmbito da proposta de Orçamento de Estado para 2019 (OE2019), e concluiu que os portugueses vão pagar mais de 3 mil milhões de euros neste capítulo.

Estamos perante um aumento de 15%, de acordo com a mesma publicação. E entre as taxas com que o Governo mais espera obter dividendos estão os impostos sobre os combustíveis.

A proposta de OE2019 não prevê alterações no imposto petrolífero (ISP), mantendo-se os valores deste ano. Contudo, há previsões de que a taxa de carbono, que está indexada aos preços dos leilões de licenças de CO2 no mercado europeu, vai subir. O impacto previsto nos preços dos combustíveis ronda um cêntimo por litro.

O Governo conta arrecadar em 2019, mais 211 milhões de euros com o ISP, onde a taxa do carbono é incluída. Trata-se de um aumento de 6% em relação a 2018, como constata o Observador.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Nos entretantos, os salários, as pensões de reformas, sobrevivência, etc., continuam estagnadas ou com umas parcas migalhas de aumento e não acompanham a evolução do enorme custo de vida deste País! É isto a que o Costa chama de “o objectivo é continuar a melhorar a vida dos portugueses”? Penso que os portugueses a que ele se refere, são os abastados e que não têm de andar a contar os cêntimos para chegarem até final do mês…

    • Sorrateiramente, e por trás, lá nos vão comendo as parcas migalhas que nos vão dando pela frente e com muito folclore.

  2. Já em alguma vez se viu fazer promessas de mais benefícios para os portugueses e, depois encobertamente ter um esquema de tirar ? Os governantes é que vão melhorando a vida deles e de mais boys, ligados aos partidos (todos). Rua com os mentirosos que prometem uma coisa e não cumprem.

  3. È melhor mesmo começarmos a andar todos de cuecas porque quase nus já nos deixaram.
    Quando a merda valer dinheiro os Politicos até o cu tiram aos pobres….

  4. Em termos de carga de impostos estamos ao nível de 2012. E esta corja sempre a sacar mais. No global o montante de impostos de ano para ano está sempre a subir. Dão uma migalha com uma das mãos e retiram em impostos indiretos com as duas. Combustíveis, automóveis e tudo quanto eles podem de modo a dar menos nas vistas para enganar parolos até à exaustão. Uma corja de mentirosos e FDP. O meu voto não caçam eles!!

  5. E isto será novidade para alguém? Estas serão apenas algumas, pois o custo de vida com bens de consumo a aumentar não vai falhar, isto é política de engana tolos.

  6. Este governo é um embuste. Quem se lembra de 2009?
    Foi um fartote de dádivas aos do costume, leia-se clientela eleitoral.
    Em 2011 começaram os cortes.
    Os que nos governam são os mesmos que nos governavam àquela data, só falta o Sócrates.
    Alguém acredita que daqui a dois anos, com esta gente a governar não voltamos a 2011?

  7. Para mim considero todos os comentários correctos. Não se deve, a meu ver, incriminar este ou aquele Governo. Afinal todos têm sido iguais. A dita “Direita” também não nos deu melhor. Para os idosos até foi bem penalizadora. Como desde há alguns anos deixei de ter partido, isto é, optar por qualquer um deles, estou à vontade para comentar.

  8. Mas alguém tinha dúvida? Escrevi aqui no primeiro post em que abordaram o orçamento de 2018, e onde todos os anormais comentadores diziam maravilhas do orçamento, que este orçamento era um roubo dissimulado. E isso era bem visível para quem tivesse perdido pelo menos 5 minutos a ler o documento. Este orçamento é um escândalo. E promete igualmente ser atentador contra os princípios mais básicos de qualquer estado de direito, usurpando indiretamente ou até mesmo diretamente o direito propriedade sobre imóveis. Esperem para ver…

  9. Mas o que é que é isto ?!?
    Uma roubalheira à má fila. Não está no OE mas vai ser aplicada.
    Como se previa quando Centeno afirmou que a Receita cobria largamente a Despesa, aqui está a explicação. Dá umas migalhas aos parvos, e ROUBA desta forma os cidadãos.

  10. Mal os “atores” da política à portuguesa começaram a falar em repor o poder de compra e os vencimentos dos portugueses, o que não aconteceu ainda e está longe de alguma vez mais acontecer, logo a “gentinha” começou a comprar, não com o dinheiro que tinha, mas com a promessa da reposição, carros e mais carros, viagens, casas, idas aos restaurantes, concertos do “tony”, ignorando que o país tem dívidas colossais que nunca pagou e que, portanto, a política, as promessas de fachada e os tostões a mais no fim de mês, teriam de ter obscuras, diluídas e tenebrosas contrapartidas nos bastidores feitas de forma que a maioria dos “portugas” não sabe avaliar ou sequer dar-se conta. Nada tão calmo e porreiro como sacar parolos que estão convencidos de que estão a ganhar mais. Esta maneira de fazer as coisas, contra a qual tantas vezes avisaram honestos políticos e economistas, está no ADN das quadrilhas esquerdistas e, mormente, no do Partido Socialista. Só para terem uma ideia – e podem consultar os data-base que andam por aí disponíveis – entre 2015 e o primeiro semestre de 2018 o numero de veículos a circular nas estradas portuguesas aumentou cerca de 30%; e foram comprados não com o dinheiro que se tinha, mas com o dinheiro que se julga que se vai ter em função das promessas e, portanto, a crédito. Vai ser bonito quando lá para 2020 ou 2021 for de novo necessário austeridade draconiana, com cortes de salários, aumento claro e direto de impostos e criação de outros, etc. O défice primário perto do zero significa apenas cativações e mais cativações, com a destruição continuada e perversa do SNS, das infraestruturas ferroviárias, a ausência de manutenção e reparação de bens e serviços, desinvestimento nas forças armadas, no ensino, nas politicas sociais, como o aumento da natalidade, etc. Porventura dirão que as agências de “rating” tem dado sinais positivos e até é verdade, mas à custa de chorudas luvas, ou pensam que as máfias e a maçonaria dão ponto sem nó? – A verdade nua e crua é esta: Portugal esteve, está e há-de continuar a estar falido. Mas façam de contas que nada dissemos e que, afinal, somos os “velhos do restelo”. Quem rir por último rirá melhor – lá dizia o povo outrora, quando Portugal tinha povo.

  11. No meio de tanta palermice, destaco esta:
    “entre 2015 e o primeiro semestre de 2018 o numero de veículos a circular nas estradas portuguesas aumentou cerca de 30%”
    30%?!
    Só se foi aí na tua “estrada da asneira e da estupidez”!…
    “Quem rir por último rirá melhor”
    Além de profeta da desgraça, és um daqueles doentes que só fica contente quando as coisas correrem mal!…
    Tanta tristeza e maldade; vai apanhar um pouco de sol e pode ser que tenhas uma vida menos triste!…

RESPONDER

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …

Árbitros estrangeiros na próxima época? APAF recusa "atestado de incompetência"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) tem a certeza de que o Conselho de Arbitragem (CA) não irá passar um "atestado de incompetência" aos árbitros portugueses, chamando estrangeiros para encontros de Ligas nacionais. Segundo …

Depois do desconforto que a série causou na Família Real, Harry defende "The Crown"

Durante uma entrevista a James Corden, para o programa americano The Late Late Show, o príncipe Harry defendeu a série The Crown da Netflix, explicando que embora não seja “estritamente precisa”, retrata a pressão da …

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …